Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Transbraz

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE!

O Centenário

Informatic Center

Dr. Gilson Brito

Vêronica alexandre

Dr. Júnior Prata

Costa Lira

ASB Imobiliária

Dr. Roberto Calumbí

Curta o Blog no Facebook

Login Form

Coluna Fogo Cruzado – 22 de dezembro

O ministro Gilmar Mendes já foi chamado de “líder do PSDB” na Suprema Corte

As prévias eleitorais demonstram que o ex-presidente Lula está se cacifando para concorrer à Presidência da República em 2018, apesar dos muitos processos a que ainda responde na justiça. Paradoxalmente, um dos grandes responsáveis pelo seu fortalecimento eleitoral é o ministro Gilmar Mendes, indicado para o STF pelo então presidente FHC e o mais polêmico e político membro da Suprema Corte. Gilmar se identifica tanto com o partido de FHC que já foi rotulado como “líder do PSDB” no STF, sem se incomodar com esse tipo de crítica. Ele não leva em conta decisões colegiadas, que deveria ser a regra naquela Corte. E, monocraticamente, mandou pôr em liberdade um empresário de ônibus do Rio de Janeiro acusado da prática de corrupção e o ex-governador Anthony Garotinho, igualmente citado em práticas nada republicanas. Ora, se um ministro do STF está reconhecendo que muitos dos envolvidos na Lava Jato estão presos sem culpa no cartório, o cidadão comum fica no mínimo na dúvida sobre se o ex-presidente Lula praticou, de fato, os malfeitos que o levaram a ser condenado a 9 anos e 6 meses de prisão. E intimamente pensa o seguinte: “Bem, já que todos calçam 40, fico com aquele que, pelo menos, melhorou a vida dos mais pobres”.

O vice não é amador

Entenda-se como simples “desabafo” a declaração de Raul Henry segundo a qual o grupo que ora comanda o PMDB-PE não trabalha com “Plano B” para 2018, apesar de ameaçado de perder esse controle do partido para o senador Fernando Bezerra Coelho. O vice-governador é um político expediente e sabe que, na política, sempre se leva em conta o “imponderável”.

Elas por elas – O deputado Tadeu Alencar (PSB) está convicto de que Michel Temer retalia Pernambuco pelo fato de o PSB não apoiar o governo no Congresso Nacional. Esse fato pode incomodar o PSB, mas não é novidade na política. Se o partido faz oposição ao governo, que boa vontade teria o presidente da República para atender aos pleitos de Paulo Câmara?

Punição moral – Com medo de viajar de avião, onde certamente seria hostilizado por passageiros, o ex-ministro José Dirceu se sujeitou a viajar de carro, de Brasília para Curitiba (34 horas de viagem), para trocar a tornozeleira eletrônica. Essa punição moral é muito pior que a pena restritiva de liberdade a que foi condenado.

Cobiça – Pernambuco tem até agora três postulantes a governador para 2018: Paulo Câmara (PSB), Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra (PMDB). Mas para o Senado (duas cadeiras), em que não haverá 2º turno, o time é maior: Sílvio Costa (Avante), Antônio Campos (Podemos), Jarbas Vasconcelos (PMDB), André Ferreira (PSC) e Luciana Santos (PCdoB).

Prescrição – O Brasil inteiro sabe que Paulo Maluf (PP) é corrupto e que o verbo “malufar” (roubar) se originou da conduta dele. Mandá-lo à prisão aos 86 anos de idade, e 21 anos após a origem do processo, depõe contra a Justiça. Até por que a maioria dos crimes de que é acusado já prescreveu.

Homenagem – Inaugurado ontem pelo presidente Carlos Porto, o novo edifício-garagem do TCE ganhou o nome de “Conselheiro Ruy Lins de Albuquerque”. Ruy nasceu no Recife e estudou no RJ. Mas era apaixonado por Sertânia, terra do seu pai, Ulysses, e do irmão mais velho, Etelvino Lins, ambos constituintes em 1946.


Copyright © 2017. All Rights Reserved.