ProntoMaisLab

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Dr. Roberto Calumbí
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Marcelo Patriota

O GOVERNO DE TUPARETAMA OFERECEU NA CAMPANHA DO OUTUBRO ROSA ATENDIMENTO GINECOLÓGICO

A prefeitura de Tuparetama através da Secretaria de Saúde do Município realizou, na manhã desta quinta-feira (1°), o encerramento da Campanha Outubro Rosa com limpeza de pele, massagem e atendimento ginecológico. Este atendimento foi realizado por a ginecologista Drª Natália Magalhães. A Campanha do Outubro Rosa teve o objetivo de realizar a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama e do colo de útero.
Esta ação com a ginecologista atendeu 100 mulheres, hoje e na quarta-feira 31 de outubro de 2018, a quem foi oferecido limpeza de pele e massagem. Esta ação foi feita na sede da Secretaria de Saúde, na Rua Farmacêutico Aleixinho, nº 39, no Bairro do Centro, em Tuparetama. O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) da Secretaria de Saúde de Tuparetama foi quem realizou a massagem e a limpeza de pele com orientações sobre a necessidade das mulheres usarem o protetor solar. “Porque não deixa de fazer parte da atenção básica que é a questão da prevenção e promoção da saúde”, disse Camila Patriota, Fisioterapeuta e Coordenadora do Nasf da Secretaria de Saúde de Tuparetama.

Itapetim : O poeta Leonardo Bastião lançará o “Minha herança de matuto”.

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Wennys Cavalcante e Lenelson Piancó, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e atividades ao ar livreItapetim tem uma cultura riquíssima, principalmente na poesia. Mais um de nossos grandes poetas lançará um livro. Desta vez, o poeta Leonardo Bastião lançará o “Minha herança de matuto”. O lançamento oficial será no dia 15 de novembro, no mercado público.

Na ocasião, também será realizada a Noite da Poesia. Estive em sua residência conhecendo de perto este bonito trabalho! Visitei Leonardo ao lado do secretário de Cultura, Ailson Alves e do amigos da Associart, os poetas Zé Adalberto, Lenelson Piancó e Wennys Cavalcante. Quero parabenizar este grande poeta e convidar todos os itapetinenses para este grande evento.

Publicado por Adelmo Moura em Quinta-feira, 1 de novembro de 2018

TUPARETAMA – REUNIÃO DO PROMOTOR COM CREAS E CONSELHO TUTELAR SOBRE SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS

A Equipe do CREAS MUNICIPAL participou na manhã dessa terça-feira, 02 de outubro, de uma reunião com o Promotor de Justiça Dr. Aurinilton Leão Carlos Sobrinho e com a presença do Conselho Tutelar. O encontro teve como objetivo a discussão do Sistema Municipal de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente, onde foram pontuadas as potencialidades e fragilidades do território, o serviço de articulação em Rede, bem como as estratégias necessárias para garantia e promoção dos direitos das crianças e adolescentes de Tuparetama. (Blog Tarcio Viu Assim 2)

URGENTE: MORO ACEITA CONVITE DE BOLSONARO PARA SER MINISTRO DA JUSTIÇA

Fotos: Reuters

Sérgio Moro aceitou nesta quinta-feira (1) o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para comandar o superministério da Justiça; Moro divulgou uma nota confirmando que aceitou o “honrado convite”;  ele eixou o condomínio onde mora o presidente eleito, no Rio, às 10h45, após cerca de 1h30 de reunião “na qual foram discutidas políticas para a pasta”; Moro, responsável pela condenação sem provas do ex-presidente Lula, teria sido chamado para compor o ministério ainda durante o primeiro turno da eleição presidencial, segundo o general Hamilton Mourão, vice na chapa de Bolsonaro; no dia 1 de outubro, faltando menos de uma semana para a realização do primeiro turno, Moro determinou a quebra do sigilo da delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci com o objetivo de prejudicar a campanha do PT. –Em nota Moro na sua que sua assessoria distribuiu a partir de Curitiba depois da confirmação de seu nome como ministro da Justiça, Sergio Moro anunciou que deixará a Lava Jato; mas não o fará por um imperativo moral, obrigação legal ou dever ético; afirmou que será uma concessão magnânima sua para “evitar controvérsias desnecessárias”; na nota, Moro afirmou que sua agenda será “anticorrupção e anticrime organizado”-Os advogados de defesa do ex-presidente Lula ingressaram no final da tarde desta quarta (31) em Curitiba com um pedido de nulidade do processo relativo ao Instituto Lula movido pelo Ministério Público Federal em consórcio com Sergio Moro; as razões são prática de lawfare (uso das leis e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política) agravada pela conexão política agora revelada entre o juiz e Jair Bolsonaro. Advogados e especialistas são unânimes em dizer: o mero encontro do juiz federal Sergio Moro com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), já o coloca sob suspeição para continuar julgando processos do ex-presidente Lula; a reunião entre Moro e Bolsonaro está marcada e eles irão discutir a eventual ida do juiz para o Ministério da Justiça; Moro tem agendada audiência para interrogar Lula e julga ação penal que associa a Odebrecht ao ex-presidente no próximo mês.

Michel O Temer, aprova MP 844 que privatiza serviço de água e esgoto

:

O governo Michel Temer aprovou, na Comissão Mista no Senado, a MP 844 que, entre outros pontos, determina que os município devem publicar “chamamento público” para contratar prestadores do serviço de água e esgoto; segundo a oposição, com a imposição de licitação a todos os municípios para empresas privadas prejudicará a qualidade e o custo dos serviços para a população.

Em Solidão Djalma Alves anuncia pagamento e admite disputar reeleição

O Prefeito de Solidão Djalma Alves admitiu ter pensado em deixar o pagamento dos servidores para 09 de novembro, por conta de redução de receita. A revelação foi feita a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM.

Em seguida ele reuniu a equipe e decidiu pagar hoje, dia 1º de novembro apenas os salários dos servidores ativos e inativos.

Com isso, cargos comissionados, prefeito, vice, contratados, empresas e terceirizados ficaram para o próximo dia 09.

Alves concedeu Ponto Facultativo hoje pelo dia do servidor em 28 de outubro. As aulas na rede municipal foram mantidas.

Provocado sobre a possibilidade de reeleição, o prefeito Djalma Alves informou que deverá mesmo disputar outra vez a Prefeitura de Solidão. E foi mais longe, assegurou que a ex-prefeita Cida Oliveira apoia em 100% a sua reeleição.

Oposição vai à justiça para fazer valer sessão que elegeu Chapa II para comandar Câmara de Tabira

A Chapa II composta por Aldo Santana, Aristóteles Monteiro e Cléber Paulino discordou da publicação do Edital de Reconvocação de Eleições, assinado pela Presidente Maria Nely Sampaio, reabrindo prazo para o registro de chapas para renovação da Mesa Diretora da casa para o mandato 2019-2020.

A discordância se dá inclusive para a substituição de candidatos até o dia 30 de novembro, registro até o dia 02 seguinte, e definindo 10 de dezembro como data para a eleição.

Os seis vereadores que integram e apoiam a Chapa II não aprovaram a ata da sessão anterior no encontro da ultima segunda-feira.

Por seu lado a vereadora Nely Sampaio relatou que foi ilegítima a nova sequência e quem tem que abrir e encerrar a sessão é a Presidente da casa. Nelly disse que se reuniu com a promotora de Tabira, Eryne Ávila dos Anjos Luna, que a convidou para encontrar uma saída e ouviu que a decisão será Interna Corporis, ou seja, deverá ser resolvida internamente pelo Poder Legislativo Municipal. Nely falou a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM.

Nelly adiantou que a Chapa II acionou a justiça com um Mandado de Segurança e vai esperar a decisão.

Os liderados do vereador Aldo Santana querem fazer valer a sessão presidida por Aristóteles Monteiro que votou e elegeu a chapa II.

Sobre as substituições dos nomes de Djalma das Almofadas na Primeira Secretaria da Chapa I e o seu nome na Presidência, “ainda não há definição até porque o prazo vai até 30 de novembro”, disse Nelly.

Tabira recebe 2 tratores através de emenda do deputado Gonzaga Patriota

Na últimaterça-feira, 30, o município de Tabira recebeu dois tratores. A conquista que beneficiará toda população é fruto de uma emenda parlamentar do deputado federal Gonzaga Patriota.

Os equipamentos servirão para auxiliar os trabalhos desenvolvidos pela secretaria de agricultura, dando maior suporte aos projetos da pasta, sobretudo na zona rural.

“O nosso muito obrigado e a nossa gratidão ao querido amigo Gonzaga Patriota, deputado federal, pela a sua emenda parlamentar que proporcionou ao nosso município esses dois tratores, para que os nossos munícipes fossem beneficiados e contemplados com tão importante ação. Obrigado grande amigo, que Deus abençoe seu mandato, sua luta e sua vida.”, agradeceu o prefeito Sebastião Dias.

Além dos dois tratores, o deputado presenteou o município com a emenda para a ampliação da Praça Gonçalo Gomes, que foi concluída recentemente

CARNAÍBA REALIZA 1ª COPA REGIONAL DE FUTSAL, COM TIMES DE 5 CIDADES

Os jogos vão até 1º de dezembro de 2018, e as equipes disputam R$ 3.200 de premiação.

A Prefeitura de Carnaíba iniciou no dia 23 de outubro a I Copa Carnaíba de Futsal na categoria aberta.

A copa, que conta com apoio de empresários e profissionais liberais, tem tudo pra ganhar status de evento esportivo regional, já que na sua primeira edição, conta com times de quatro cidades do Pajeú e uma do sertão paraibano.

Além da anfitriã Carnaíba, Santa Cruz da Baixa Verde, Flores, Afogados da Ingazeira e Manaíra participam. A organização é de Luiz Henrique, desportista e có-responsável pela Academia Treino Fitness.

Os jogos da competição estão sendo realizados no Ginásio Esportivo José Ângelo de Lima, na terra de Zé Dantas, e a grande final será no dia 1º de dezembro. Ao todo, 12 equipes disputam premiação que chega a R$ 3.200,00, além de troféus para artilheiro e melhor goleiro.

Sávio Torres percorre gabinetes em Brasília

O prefeito de Tuparetama, Sávio Torres (PTB-PE), cumpriu agenda em Brasília.  O prefeito esteve com os Deputados Federais Bruno Araújo (PSDB-PE), Ricardo Teobaldo (PODE-PE), com o Senador Armando Monteiro (PTB-PE) e com o ex-ministro da Educação e Deputado Federal Mendonça Filho (DEM) pleiteando emendas parlamentares para o município de Tuparetama.

O prefeito solicitou aos deputados novas máquinas para a produção rural, recursos para a saúde e para a educação. Este ano,  com as emendas parlamentares do Deputado Federal Ricardo Teobaldo, Sávio conseguiu comprar três ambulâncias, equipamentos para o hospital e três veículos para os PSF do município. “Tuparetama tem o menor Fundo de Participação dos Município (FPM) do país, de zero ponto seis, aí entra a importância das emendas parlamentares na gestão do município”, disse Sávio.  As emendas que os deputados conseguirem aprovar vão ter os recursos liberados em 2019 para o município.

Não se muda o Brasil só com vontade política

Resultado de imagem para BRASILColuna Fogo Cruzado – 1º de novembro de 2018

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, fez toda sua carreira no setor privado

Bolsonaro elegeu-se presidente da República prometendo fazer mudanças no país. Mudança nos critérios de composição do ministério, mudança no tamanho da máquina pública, mudança na qualidade dos homens que comporão o governo, mudança no Estatuto do Desarmamento para que a compra de armas em nosso país seja flexibilizada. Mudanças, enfim, em todas as áreas de todos os setores para que o Brasil se transforme rapidamente num país próspero e justo. Entretanto, não se muda um país como o Brasil apenas com vontade política, ou através de um “tiro só” como Collor prometeu fazer com a inflação em 1989. A vontade é importante, mas serão necessários vários tiros, e necessário também que o atirador acerte o alvo. A fusão dos Ministérios da Fazenda, Planejamento e Desenvolvimento Econômico em torno do super Ministério da Economia, por exemplo, não foi bem recebida pelas classes produtoras, especialmente porque o futuro ministro Paulo Guedes não tem experiência no setor público. É economista formado pela UFMG, com doutorado na Universidade de Chicago, mas fez toda sua carreira no setor privado – Banco BTG Pactual, Ibmec, Instituto Millenium, Bozzano Investimentos, etc. É certo que o presidente eleito prometeu fazer um “governo de ruptura”. Mas o Brasil talvez não esteja preparado para ter no Ministério da Economia alguém que, mesmo antes de assumir, já partiu para o confronto com setor industrial dizendo que “vamos salvar a indústria brasileira, apesar dos industriais brasileiros”. A indústria representa 24% do PIB nacional e não é interessante iniciar o governo comprando uma briga com esse setor. Se o futuro ministro acha que pode, aguardemos para conferir.

Presidente sem porta-voz

Bolsonaro fez a campanha e ganhou a eleição sem um “porta-voz” de imprensa para se comunicar com os jornalistas. Seu partido tem um assessor, a jornalista pernambucana Érika Siqueira, mas ele, não. Tanto que coube a Luciano Bivar anunciar a extinção do Ministério das Cidades e a Ônix Lorenzoni a fusão dos Ministérios da Agricultura com Meio Ambiente.

Barata tonta – Partidos de esquerda que apoiaram Haddad (PT) estão feito “barata tonta” no pós eleições. Cada qual diz uma coisa e não se sabe exatamente como será organizada a oposição. Melhor seria deixar a “poeira abaixar” para depois elaborar um plano de trabalho.

Em todos – O único Estado em que Bolsonaro ganhou em todos os municípios foi Rondônia. Já Haddad venceu em todos do Ceará, Piauí e Sergipe. Em São Paulo, o candidato do PT só ganhou em 13 e em Pernambuco perdeu para Bolsonaro apenas em Santa Cruz do Capibaribe.

Jogo duro – O deputado Bruno Araújo (PSDB) foi próximo de Serra em 2014, de Aécio em 2014 e de Alckmin em 2018. Agora, no pós eleições, já se aliou ao governador eleito de SP, João Doria, para tirar Alckmin da presidência nacional do partido. Joga duro e sem emoção.

Sem trauma – Paulo Câmara não está preocupado com a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa. A maioria que o governo tem lá o tranquiliza, seja para deixar Eriberto Medeiros ((PP) na presidência, seja para substituí-lo por Waldemar Borges ou Aluisio Lessa (PSB).

E depois? – Representantes da Frente Nacional dos Prefeitos, presidida por Jonas Donizette (PSB), de Campinas (SP), insurgiram-se ontem contra a extinção do Ministério das Cidades. Querem saber quem vai cuidar das políticas de habitação, saneamento, drenagem e transportes.

Mordomias – Outra medida que poderia garantir uma maior eficiência da gestão e uma resposta às demandas da sociedade seria reduzir as mordomias dos membros do governo. Acabar com o carro oficial para funções abaixo dos ministérios bem como reduzir a utilização de jatinhos da FAB por parte dos ministros seriam medidas eficazes contra o desperdício do dinheiro público.

Fenômeno – Depois de tentar duas vezes se eleger, primeiro deputado federal em 2014 quando não teve nenhum voto, e em 2016 vereador de Nova Iguaçu quando obteve 480 votos, Helio Fernando acabou sendo eleito em 2018 como o deputado federal mais votado do Rio de Janeiro com 345.234 votos. Aliado do presidente Jair Bolsonaro, Helio foi mais um dos fenômenos das eleições deste ano.

Recorde – Não foi Kaio Maniçoba o deputado federal que mais ampliou sua votação em 2014 como dissemos ontem nesta coluna. O maior crescimento proporcional foi do deputado federal eleito Luciano Bivar, no pleito passado ele obteve 24.840 votos, e agora atingiu 117.943, quase cinco vezes a votação anterior. Bivar foi mais um político impulsionado por Jair Bolsonaro.

Sergio Moro – Caso se confirme a ida do juiz Sergio Moro para o ministério da Justiça, o juiz da Lava-Jato assumirá um superministério, que reunirá o Coaf e a Polícia Federal, com isso ele ficaria com maior autonomia para se debruçar sobre a roubalheira do BNDES, da Caixa, do Banco do Brasil e outras estatais importantes, o que não somente fortaleceria a Lava-Jato como ampliaria seu raio de alcance.

Gravatá – O prefeito Joaquim Neto (PSDB) conseguiu transferir 4.519 votos para Eduardo da Fonte e 3.595 para Lucas Ramos. Na disputa pelo governo, Armando Monteiro foi o majoritário com 12.774 votos. Os resultados de 2018 consolidam o reconhecimento do eleitorado de Gravatá ao trabalho desempenhado por Joaquim e pavimentam a sua reeleição em 2020.

Reconhecimento – Na hipótese de ser confirmada a indicação do deputado federal Bruno Araújo para a presidência nacional do PSDB, haverá um claro reconhecimento ao trabalho desempenhado por ele em Brasília e no próprio partido. Bruno tem excelente trânsito com todas as correntes tucanas e ajudaria a pacificar o partido a partir de então.

Inocente quer saber – Por que o governador Paulo Câmara não nomeia a delegada Patricia Domingos para o comando do DRACO?

Por unanimidade, STF confirma: universidade não é lugar de polícia

:

Os ministros do STF foram unânimes em defender a liberdade de expressão no ambiente acadêmico e manter a suspensão de decisões da Justiça Eleitoral que determinaram ações policiais e de fiscalização eleitoral em várias universidades pelo País; “É inadmissível que, justamente no ambiente em que deveria imperar o livre debate de ideias, se proponha o policiamento político-ideológico da rotina acadêmica”, afirmou Gilmar Mendes; decisão representa vitória dos estudantes que se levantaram contra o avanço da intolerância e defenderam a democracia.

Jornalista itapetinense, Jefferson Sousa, vence 3º Prêmio de Jornalismo Literário Cristina Tavares em Recife

O 3º Prêmio de Jornalismo Literário realizado juntamente com a 24ª edição do Prêmio Cristina Tavares de Jornalismo e promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Pernambuco (Sinjope) em parceria com a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), teve como vencedor o jornalista itapetinense Jefferson William Moraes de Sousa. Ele venceu na categoria “Jornalismo Literário – Bacharéis/Estudantes de Jornalismo”, com a série “Poetas Analfabetos do Sertão do Pajeú”.

O trabalho premiado mostra a história de vida e obras de três grandes poetas de Itapetim, no Sertão do Pajeú pernambucano. O especial produzido em 2017 como Trabalho de Conclusão de Curso do jornalista e publicado no Jornal do Commercio onde Jefferson trabalhava como estagiário, dá destaque a Antônio Pereira falecido em 1982, Leonardo Bastião e Pedro Tenório, que sem saber ler e nem escrever, conseguiram e conseguem produzir um conteúdo poético de grande destaque dentro da cultura literária. (Leia as séries de reportagens clicando aqui)

A cerimônia de premiação aconteceu na noite desta terça-feira (30), no auditório da OAB Pernambuco em Recife. O jornalista já havia sido finalista nas duas primeiras edições do prêmio.

“Esta foi a terceira vez que fui finalista do Prêmio de Jornalismo Literário, sendo que o prêmio existe há apenas três edições dentre as 24 edições do Cristina Tavares, ou seja, participei de todas as edições deste prêmio até ontem [terça-feira], quando fui vencedor pela primeira vez”, explica.

Jefferson falou ao Repórter do Sertão sobre a satisfação de poder divulgar a poesia popular do Sertão do Pajeú com as reportagens premiadas através de um jornal de grande circulação no estado, que é o Jornal do Commercio.

“A satisfação é de dever cumprido pelo que eu havia me proposto a cumprir. Conseguir encaixar três páginas completas, exclusivas e limpas com um tema de poesia popular do Pajeú já me deixou alegre, principalmente por ser em um jornal como o Jornal do Commercio, que diariamente distribui para mais de 50 mil assinantes e compradores avulsos. A sensação de que dezenas de milhares de pessoas estão me lendo é ótima, mas a gratificação é pelo tipo de informação que eu estou levando para tanta gente: a minha cultura nativa e minhas admirações”, diz.

Ainda falando ao Repórter, ele fez questão de agradecer aos poetas e a todas as pessoas que contribuíram para essa conquista, principalmente o pai e a mãe.

Jefferson é filho do conselheiro tutelar Bernardo Sousa(Bernardo Garapa) e de Janete Salvador. Há um mês ele perdeu a mãe que não resistiu a um câncer no fígado e faleceu em um hospital do Recife. O pai de Jefferson é editor do blog Itapetim.net e um dos maiores divulgadores da cultura poética local e regional através de vídeos gravados e publicados no YouTube. (Blog Repórter do Sertão.com-João Paulo)

AÇÃO SOCIAL E SECRETARIA SAÚDE COM AÇÕES EM ITAPETIM.

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Júnior Prata e Rosângela Bezerra Alves, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Nessa quarta-feira(31) foi a vez da equipe do PSF do Logradouro, na zona rural do Sítio Recanto, receber mais ação do Outubro Rosa, finalizando o mês voltado especificamente a nossa população feminina. A equipe da saúde bucal do PSF realizou palestras sobre o câncer de boca. Mais uma vez a gestão Adelmo Moura juntamente com a secretária de Saúde proporcionou esses atendimentos pensando no bem estar da população.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Lenelson Piancó, pessoas sentadas e área interna

A Assistência Social de Itapetim realizou reunião com os Coordenadores do CRAS, Cadastro Único, Serviço de Convivência, Criança Feliz e Diretoria. O objetivo foi estudar o pacto de aprimoramento de gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) para 2019.

O encontro aconteceu no CRAS e teve como facilitadora, a assistente social Francimeire de Andrade, de Santa Terezinha.

O prefeito Adelmo Moura esteve presente e dará todo apoio para que o que for necessário.

SÁBADO (03), ACONTECE MAIS UMA EDIÇÃO DO BALAIO CULTURAL DE TUPARETAMA

A prefeitura de Tuparetama através da Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo do Município vai apoiar a realização do Balaio Cultural, do sábado (03), iniciando às 21hs. Este está sendo realizado por a Associação dos Artistas de Tuparetama (ACATU) e por Fernando Marques, secretário de Cultura, Desporto e Turismo de Tuparetama. O objetivo do Balaio Cultural está sendo divulgar, em novembro, mais uma vez a cultura e os talentos sertanejos.
Este vai ter as apresentações de Chiquinho de Belém, Priscila Almeida, Juninho Ribeiro fazendo um recital violado com poetas convidados, Adelmo Aguiar e Denílson Nunes. Este vai ser realizado no Espaço Cultural da Praça da Academia das Cidades de Tuparetama. “A gente fez um convite aberto aos poetas que vão chegando vão participando do recital”, disse Fernando.
Na apresentação do sábado (03), Chiquinho de Belém que foi sanfoneiro da Banda Magníficos vai levar para o público uma exibição de forró. Nesta apresentação, Priscila Almeida vai levar para os balaieiros música com voz e violão e Adelmo Aguiar e Denílson Nunes vão levar ao público poesias e forró.
Segundo Fernando, o Balaio Cultura que é realizado no 1º sábado de cada mês, não foi realizado, no sábado 6 de outubro de 2018, por conta das eleições. “A expectativa é de reencontrar os amigos que todos os meses estão no Balaio Cultural”, disse Fernando.

Obelisco em homenagem ao centenário de Walfredo Siqueira é destruído por carro em SJEgito

(Obelisco foi destruído. )

O obelisco que celebra o centenário de nascimento de Walfredo Siqueira, na praça central da avenida homônima, também conhecida como Rua da Baixa, em São José do Egito, foi destruído na madrugada desta quarta (31).

Um veículo ainda não identificado subiu o canteiro central e atingiu a estrutura de granito onde estavam afixadas três placas comemorativas. O vidro traseiro do carro ficou no chão junto aos pedaços do marco centenário.

O obelisco foi inaugurado em 21 de maio de 2011, dia tomado por eventos em homenagem ao líder político e industrial que foi prefeito da Terra dos Poetas, deputado estadual – inclusive presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, e que assumiu o governo do Estado algumas vezes.

O secretário de Trânsito de São José do Egito Júnior Siqueira esteve pela manhã na Delegacia de Polícia para registrar a ocorrência.

As investigações devem identificar o infrator para que as responsabilidades possam ser aplicadas.

(O obelisco era fixado na praça central da Rua da Baixa, defronte ao Banco do Brasil.)

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

(Praça após retirada dos restos do obelisco em homenagem ao centenário de Walfredo Siqueira.)

BREJINHO; “PARÓQUIA DE SÃO SEBASTIÃO CELEBRA MISSA DE ORDENAÇÃO DE PRESBÍTERO – PADRE ANDRÉ FERREIRA DA CRUZ”

A diocese de Afogados da Ingazeira ganhou mais um Padre na noite desta terça (30). Após ser ordenado diácono transitório no dia 15 de novembro do ano passado, em Triunfo, André Ferreira da Cruz foi ordenado sacerdote na noite desta terça em sua paróquia natal, São Sebastião, em Brejinho.

A missa solene de ordenação teve início às 18h e foi presidida pelo Bispo diocesano, Dom Egidio Bisol. A Rádio Pajeú esteve transmitindo mais um  momento importante para a Diocese do Pajeú.

Padre André estudou na Escola São Sebastião em Brejinho e formou-se na Universidade Católica de PE, é natural da Terra Mãe do Rio Pajeú, Brejinho. Estavam prestigiando a Cerimonia da Missa Inaugural na Igreja Matriz de São Sebastião, além do Bispo  , o Padre Cicero, que estava há quase 10 anos na Matriz de Brejinho. A Prefeita Tania Maria, o vice Manoel da Carne o Ex. Prefeito Jose Vanderlei, Vereadores e Secretários do Governo Municipal.

SOLIDÃO, INGAZEIRA E IGUARACY PAGANDO SALÁRIOS DE OUTUBRO

Pagou –

O prefeito de Iguracy, Zeinha Torres, autorizou ontem (30), o pagamento dos servidores ativos, aposentados e fornecedores, está na conta nessa quarta(31). “Trabalhamos firme no propósito de manter a folha de pagamento sempre em dia, pois salário é algo sagrado”, disse o prefeito.

 

PAGOU-

Em contato com este blogueiro agora há pouco, o prefeito da Ingazeira, Lino Morais, confirmou que os salários dos servidores municipais ativos, inativos, pensionistas e contratados foram efetuados nesta terça-feira (30). “Desde que assumimos o governo, temos a responsabilidade de pagar em dias. Nossos servidores passarão o feriadão com dinheiro na conta.” disse o prefeito.

Resultado de imagem para SOLIDÃO PREFEITURA

PAGANDO-

Mais uma vez a Prefeitura Municipal de Solidão realizará o pagamento do salário dos funcionários municipais em dia. O salário do mês de outubro será pago nesta a tarde quarta-feira (31).

“As secretarias de Educação, Saúde, Cultura, Infraestrutura, Administração e Finanças, Desenvolvimento Social e Gabinete, Conselho Tutelar, além de inativos e pensionistas estarão com o dinheiro na conta amanhã dia 01 quinta-feira.” Disse Djalma Alves ao blog.

Definida a data para o Julgamento de acusados pela morte da esposa do vereador Marcilio Pires em Tabira

O julgamento dos acusados pelo assassinato de Érica de Souza Leite, conhecida como Paula, 30 anos, esposa do odontólogo e vereador de Tabira, Marcílio Pires, já tem data confirmada.

O Tribunal do Júri de Tabira julgará a fisioterapeuta Silvia Silvaneide da Silva Patrício, conhecida como Paquita, acusada como mandante e José Tenório da Silva o popular Zé Galego, de 60 anos, citado como executor no próximo dia 22 de novembro.

O Juiz Direito da Comarca de Tabira, Dr. Rodrigo Barros Tomaz do Nascimento presidirá o Tribunal do Júri. O crime que chocou todo estado, aconteceu no dia 1º de novembro de 2016, completando assim dois anos amanhã. A informação é de Anchieta Santos ao blog.

REQUIÃO CALA O SENADO COM DISCURSO HISTÓRICO SOBRE ENTREGA DO PRÉ-SAL

Moreira Mariz

O primeiro discurso do senador Roberto Requião no senado logo após a eleição do extremista Jair Bolsonaro chamou a atenção pelo conteúdo emocional e pela contundência política. Os relatos são de que após a fala, houve um grande silêncio na tribuna. Em um dado momento, Requião fala sobre a Petrobrás e sobre a indiferença que tomou conta do zelo pelas riquezas naturais do país: “Um trilhão de isenções graciosamente cedidas às maiores e mais ricas empresas do planeta Terra. Injustificadamente. Sem qualquer amparo em dados econômicos, em projeções de investimentos, em retorno de investimentos. Sem o apoio de estudos sérios, confiáveis”.

“Abaixo, leia a íntegra do discurso de Requião:

Lava Jato, trair a Pátria não é crime? Vender o país não é corrupção?

O juiz Sérgio Moro sabe; o procurador Deltan Dallagnol tem plena ciência. Fui, neste plenário, o primeiro senador a apoiar e a conclamar o apoio à Operação Lava Jato. Assim como fui o primeiro a fazer reparos aos seus equívocos e excessos.

Mas, sobretudo, desde o início, apontei a falta de compromisso da Operação, de seus principais operadores, com o país. Dizia que o combate à corrupção descolado da realidade dos fatos da política e da economia do país era inútil e enganoso.

E por que a Lava Jato se apartou, distanciou-se dos fatos da política e da economia do Brasil?

Porque a Lava Jato acabou presa, imobilizada por sua própria obsessão; obsessão que toldou, empanou os olhos e a compreensão dos heróis da operação ao ponto de eles não despertarem e nem reagirem à pilhagem criminosa, desavergonhada do país.

Querem um exemplo assombroso, sinistro dessa fuga da realidade?

Nunca aconteceu na história do Brasil de um presidente ser denunciado por corrupção durante o exercício do mandato. Não apenas ele. Todo o entorno foi indigitado e denunciado. Mas nunca um presidente da República desbaratou o patrimônio nacional de forma tão açodada, irresponsável e suspeita, como essa Presidência denunciada por corrupção.

Vejam. Só no último o leilão do petróleo, esse governo de denunciado como corrupto, abriu mão de um trilhão de reais de receitas.

Um trilhão, Moro!
Um trilhão, Dallagnoll!
Um trilhão, Polícia Federal!
Um trilhão, PGR!
Um trilhão, Supremo, STJ, Tribunais Federais, Conselhos do Ministério Público e da Justiça.
Um trilhão, brava gente da OAB!

Um trilhão de isenções graciosamente cedidas às maiores e mais ricas empresas do planeta Terra. Injustificadamente. Sem qualquer amparo em dados econômicos, em projeções de investimentos, em retorno de investimentos. Sem o apoio de estudos sérios, confiáveis.

Nada! Absolutamente nada!

Foi um a doação escandalosa. Uma negociata impudica.

Abrimos mão de dinheiro suficiente para cobrir todos os alegados déficits orçamentários, todos os rombos nas tais contas públicas.

Abrimos mão do dinheiro essencial, vital para a previdência, a saúde, a educação, a segurança, a habitação e o saneamento, as estradas, ferrovias, aeroportos, portos e hidrovias, para os próximos anos.

Mas suas excelentíssimas excelências acima citadas não estão nem aí. Por que, entendem, não vem ao caso…

Na década de 80, quando as montadoras de automóveis, depois de saturados os mercados do Ocidente desenvolvido, voltaram os olhos para o Sul do mundo, os governantes da América Latina, da África, da Ásia entraram em guerra para ver quem fazia mais concessões, quem dava mais vantagens para “atrair” as fábricas de automóveis.

Lester Turow, um dos papas da globalização, vendo aquele espetáculo deprimente de presidentes, governadores, prefeitos a oferecer até suas progenitoras para atrair uma montadora de automóvel, censurou-os, chamando-os de ignorantes por desperdiçarem o suado dinheiro dos impostos de seus concidadãos para premiarem empresas biliardárias.

Turow dizia o seguinte: qualquer primeiroanista de economia, minimamente dotado, que examinasse um mapa do mundo, veria que a alternativa para as montadoras se expandirem e sobreviverem estava no Sul do Planeta Terra. Logo, elas não precisavam de qualquer incentivo para se instalarem na América Latina, Ásia ou África. Forçosamente viriam para cá.

No entanto, governantes estúpidos, bocós, provincianos, além de corruptos e gananciosos deram às montadoras mundos e fundos.

Conto aqui uma experiência pessoal: eu era governador do Paraná e a fábrica de colheitadeiras New Holland, do Grupo Fiat, pretendia instalar-se no Brasil, que vivia à época o boom da produção de grãos.

A Fiat balançava entre se instalar no Paraná ou Minas Gerais. Recebo no palácio um dirigente da fábrica italiana, que vai logo fazendo numerosas exigências para montar a fábrica em meu estado. Queria tudo: isenções de impostos, terreno, infraestrutura, berço especial no porto de Paranaguá, e mais algumas benesses.

Como resposta, pedi ao meu chefe de gabinete uma ligação para o então governador de Minas Gerais, o Hélio Garcia. Feito o contanto, cumprimento o governador: “Parabéns, Hélio, você acaba de ganhar a fábrica da New Holland”. Ele fica intrigado e me pergunta o que havia acontecido.

Explico a ele que o Paraná não aceitava nenhuma das exigências da Fiat para atrair a fábrica, e já que Minas aceitava, a fábrica iria para lá.

O diretor da Fiat ficou pasmo e se retirou. Dias depois, ele reaparece e comunica que a New Holland iria se instalar no Paraná.

Por que?

Pela obviedade dos fatos: o Paraná à época, era o maior produtor de grãos do Brasil e, logo, o maior consumidor de colheitadeiras do país; a fábrica ficaria a apenas cem quilômetros do porto de Paranaguá; tínhamos mão-de-obra altamente especializada e assim por diante.

Enfim, o grande incentivo que o Paraná oferecia era o mercado.

O que me inspirou trucar a Fiat? O conselho de Lester Turow e o exemplo de meu antecessor no governo, que atraiu a Renault, a Wolks e a Chrysler a peso de ouro e às custas dos salários dos metalúrgicos paranaenses, pois o governador de então chegou até mesmo negociar os vencimentos dos operários, fixando-os a uma fração do que recebiam os trabalhadores paulistas.

Mundos e fundos, e um retorno pífio.

Pois bem, voltemos aos dias de hoje, retornemos à história, que agora se reproduz como um pastelão.

O pré-sal, pelos custos de sua extração, coisa de sete dólares o barril, é moranguinho com nata,, uma mamata só!

A extração do óleo xisto, nos Estados Unidos, o shale oil , chegou a custar até 50 dólares o barril;
o petróleo extraído pelos canadenses das areias betuminosas sai por 20 a 30 dólares o barril; as petrolíferas, as mesmas que vieram aqui tomar o nosso pré-sal, fecharam vários projetos de extração de petróleo no Alasca porque os custos ultrapassavam os 40 dólares o barril.

Quer dizer: como no caso das montadoras, era natural, favas contadas que as petrolíferas enxameassem, como abelhas no mel, o pré-sal. Com esse custo, quem não seria atraído?

Por que então, imbecis, por que então, entreguistas de uma figa, oferecer mais vantagens ainda que a já enorme, incomparável e indisputável vantagem do custo da extração?

Mais um dado, senhoras e senhores da Lava Jato, atrizes e atores daquele malfadado filme: vocês sabem quanto o governo arrecadou com o último leilão? Arrecadou o correspondente a um centavo de real por litro leiloado.

Um centavo, Moro!
Um centavo, Dallagnoll!
Um centavo, Carmem Lúcia!
Um centavo, Raquel Dodge!
Um centavo, ínclitos delegados da Policia Federal!

Esse governo de meliantes faz isso e vocês fazem cara de paisagem, viram o rosto para o outro lado.

Já sei, uma das razões para essa omissão indecente certamente é, foi e haverá de ser a opinião da mídia.

Com toda a mídia comercial, monopolizada por seis famílias, todas a favor desse leilão rapinante, como os senhores e as senhoras iriam falar qualquer coisa, não é?

Não pegava bem contrariar a imprensa amiga, não é, lavajatinos?

Renovo a pergunta: desbaratar o suado dinheiro que é esfolado dos brasileiros via impostos e dar isenção às empresas mais ricas do planeta é um ou não é corrupção?

Entregar o preciosíssimo pré-sal, o nosso passaporte para romper com o subdesenvolvimento, é ou não é suprema, absoluta, imperdoável corrupção?

É ou não uma corrupção inominável reduzir o salário mínimo e isentar as petroleiras?

Será, juízes, procuradores, policiais federais, defensores públicos, será que as senhoras e os senhores são tão limitados, tão fronteiriços, tão pouco dotados de perspicácia e patriotismo ao ponto de engolirem essa roubalheira toda sem piscar?

Bom, eu não acredito, como alguns chegam a acusar, que os senhores e as senhoras são quintas-colunas, agentes estrangeiros, calabares, joaquins silvérios ou, então, cabos anselmos.

Não, não acredito.

Não acredito, mas a passividade das senhoras e dos senhores diante da destruição da soberania nacional, diante da submissão do Brasil às transnacionais, diante da liquidação dos direitos trabalhistas e sociais, diante da reintrodução da escravatura no país…. essa passividade incomoda e desperta desconfianças, levanta suspeitas.

Pergunto, renovo a pergunta: como pode um país ser comandado por uma quadrilha, clara e explicitamente uma quadrilha, e tudo continuar como se nada estivesse acontecendo?

Responda, Moro.
Responda, Dallagnoll.
Responda, Carmem Lúcia.
Responda, Raquel Dodge.

Respondam, oh, ínclitos e severos ministros do Tribunal de Contas da União que ajudaram a derrubar uma presidente honesta.

Respondam, oh guardiões da moral, da ética, da honestidade, dos bons costumes, da família, da propriedade e da civilização cristã ocidental.

Respondam porque denunciaram, mandaram prender, processaram e condenaram tantos lobistas, corruptores de parlamentares e de dirigentes de estatais, mas pouco se dão se, por exemplo, lobistas da Shell, da Exxon e de outras petroleiras estrangeiras circulem pelo Congresso obscenamente, a pressionar, a constranger parlamentares em defesa da entrega do pré-sal, e do desmantelamento indústria nacional do óleo e do gás?

Eu vi, senhoras e senhores. Eu vi com que liberdade e desfaçatez o lobista da Shell, semanas atrás, buscava angarias votos para aprovar a maldita, indecorosa MP franqueando todo o setor industrial nacional do petróleo à predação das multinacionais.

Já sei, já sei…. isso não vem, ao caso.

Fico cá pensando o que esses rapazes e essas moças, brilhantíssimos campeões de concursos públicos, fico pensando…..o que eles e elas conhecem de economia, da história e dos impasses históricos do desenvolvimento brasileiro?

Será que eles são tão tapados ao ponto de não saberem que sem energia, sem indústria, sem mercado consumidor, sem sistema financeiro público, para alavancar a economia, sem infraestrutura não há futuro para qualquer país que seja? Esses são os ativos imprescindíveis para o desenvolvimento, para a remissão do atraso, para o bem-estar social e para a paz social.

Sem esses ativos, vamos nos escorar no quê? Na produção e exportação de commodities? Ora…

Mas, os nossos bravos e bravas lavajatinos não consideram o desbaratamento dos ativos nacionais uma forma de corrupção.

Senhoras, senhores, estamos falando da venda subfaturada –ou melhor, da doação- do país todo! Todo!

E quem o vende?

Um governo atolado, completamente submerso na corrupção.

E para que vende?

Para comprar parlamentares e assim escapar de ser julgado por corrupção.

Depois de jogar o petróleo pela janela, preparando assim o terreno para a nossa perpetuação no subdesenvolvimento, o governo aproveita a distração de um feriado prolongado e coloca em hasta pública o Banco do Brasil, a Caixa Econômica, a Eletrobrás, a Petrobrás e que mais seja de estatal.

Ladrões de dinheiro público vendendo o patrimônio público.

Pode isso, Moro?
Pode isso, Dallagnoll?
Pode isso, Carmem Lúcia?
Pode isso, Raquel Dodge?
Ou devo perguntar para o Arnaldo?

À véspera do leilão do pré-sal, semana passada, tive a esperança de que algum juiz intrépido ou algum procurador audacioso, iluminados pelos feéricos, espetaculosos exemplos da Lava Jato, impedissem esse supremo ato de corrupção praticado por um governo corrupto.

Mas, como isso não vinha ao caso, nada tinha com os pedalinhos, o tríplex, as palestras, o aluguel do apartamento, nenhum juiz, nenhum procurador, nenhum delegado da polícia federal, e nem aquele rapaz do TCU, tão rigoroso com a presidente Dilma, ninguém enfim, se lixou para o esbulho.

Ah, sim, não estava também no power point….
É com desencanto e o mais profundo desânimo que pergunto: por que Deus está sendo tão duro assim com o Brasil.

*Roberto Requião é senador da República no segundo mandato. Foi governador de estado por 3 mandatos, 12 anos, prefeito de Curitiba, secretário de estado, deputado, industrial, agricultor, oficial do exército brasileiro e advogado de movimento sociais. É graduado em direito e jornalismo com pós graduação em urbanismo e comunicação.

AS INCERTEZAS DO PODER !

Coluna Fogo Cruzado – 31 de outubro de 2018 

Cabe ao PCdoB e aos outros partidos de oposição respeitar a vitória de Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro obteve vitória incontrastável nas eleições do último domingo, derrotando o candidato do PT, Fernando Haddad, por mais de 10 milhões de votos. A campanha teve muito radicalismo do inicio ao fim devido às posições polêmicas do capitão sobre democracia, direitos humanos, respeito às minorias e o golpe militar de 64. Mas não se pode acusá-lo de ter escondido o pensamento para ganhar a eleição. Ele disputou dentro das regras do jogo, por um partido nanico que tinha apenas oito segundos de televisão e, sem nenhuma aliança relevante, chegou ao segundo turno e sagrou-se vitorioso. Até aí, nada demais! Há que se respeitar a vontade da maioria do eleitorado como fizeram, entre outros, Marina Silva, Ciro Gomes e Fernando Haddad. O surpreendente nessa história foi nota infantil divulgada pelo PCdoB, mais para grêmio estudantil do que para partido político com quase um século de existência. A nota assinada pela presidente nacional do partido, Luciana Santos, vice-governadora eleita de Pernambuco, não faz jus à sua inteligência e nem à história dos comunistas. Ela contém uma série de obviedades sobre a influência das “fake news” no processo eleitoral, diz que Bolsonaro é uma ameaça à democracia e à soberania nacional, que foi eleito pregando a violência e o ódio, e que a “lisura” do pleito foi comprometida “para favorecer o candidato da extrema direita”. Ora, se a lisura do pleito estava comprometida, por que o PCdoB participou dele como a candidata a vice Manoela D’Ávila? O país não está à beira do caos como se diz e nem vai acabar-se por causa da vitória de Bolsonaro. Houve um processo normal de alternância de poder e cabe ao PCdoB curvar-se ao resultado das urnas. É assim que as democracias funcionam.

O gás derrotou Bolsonaro

Formado em marketing nos EUA, o engenheiro João Sombra tem uma explicação para Bolsonaro ter vencido a eleição no grande Recife no 1º turno, e perdido no 2º: a promessa de Haddad de baixar o preço do gás para R$ 49,00. Sombra diz que enquanto as elites estavam preocupadas com o “futuro da democracia”, o povão colocou o “bolso” em primeiro lugar.

Sem perfil – É normal que Bolsonaro coloque o senador não reeleito Magno Malta (PR-ES) em algum cargo no governo, mas no Ministério da Educação seria uma afronta à inteligência nacional. Se o presidente eleito deseja convidar um “técnico competente”, há nomes de sobra.

Voto duro – Era tão acentuado o desejo de uma parcela dos brasileiros de derrotar o PT nessas eleições que nem os absurdos ditos por Bolsonaro sobre minorias e direitos humanos mexeram nesses votos. O objetivo era impor uma derrota ao ex-presidente Lula e ele foi alcançado.

Guerra fria – Em nenhum outro estado do Brasil o “comunismo” foi tão discutido nessas eleições como em SP. O governador eleito, João Doria (PSDB), ganhou a eleição pegando carona em Bolsonaro e acusando seu adversário, Márcio França (PSB), de ser “comunista”.

Ponta a ponta – Em seu 2º mandato, Paulo Câmara poderia se inspirar no governador reeleito Camilo Santana (PT-CE), que através do programa “Ceará de ponta a ponta” fez 1.600 km de estradas entre restaurações e duplicações. Nesse particular, Pernambuco leva desvantagem.

Rolo compressor – O projeto de Lei que extinguiu a Delegacia de Polícia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) para criar o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), foi aprovado pela Assembleia Legislativa de Pernambuco através do rolo compressor da base governista. A decisão da Casa gerou muita insatisfação popular.

Quintal – Uma das deputadas que votou contra o PL apresentado pelo executivo, Socorro Pimentel (PTB) afirmou que a Assembleia Legislativa de Pernambuco era o quintal do Palácio do Campo das Princesas e tudo que o governo apresenta, por mais questionável que seja, acaba sendo aprovado sem grandes discussões.

Oposição – O senador Fernando Bezerra Coelho está sendo visto pelo meio político como o líder da oposição a Paulo Câmara a partir de então, pois dentre os figurões da oposição é o único que terá mandato a partir de 2019. Por falar em FBC, ele deverá ficar no MDB mesmo que não consiga assumir em definitivo o comando do partido.

Desempenho – Proporcionalmente, Kaio Maniçoba foi o deputado que mais cresceu em relação a 2014. Ele obteve 28.585 votos no pleito anterior e em 2018 atingiu 61.287 votos, mais do que dobrando seus votos. O resultado lhe colocou na primeira suplência da coligação formada por PP, PR, PMN e Solidariedade, e evidenciou a sua força política e eleitoral. Kaio obteve mais votos que três eleitos: Renildo Calheiros, Tadeu Alencar e Fernando Rodolfo.

Emendas – A vereadora Michele Collins (PP) apresentou 30 emendas, nesta terça-feira (30), ao Plano Plurianual da Cidade do Recife. Sendo a Campeã de emendas à PPA 2018-2021. Foram 12 aprovadas e oito estão em análise na Comissão de Finanças da Câmara do Recife.

Jarbas Vasconcelos – Eleito para o segundo mandato como senador e conquistando a sua sexta vitória majoritária, Jarbas Vasconcelos está exalando alegria. Ontem recebeu uma romaria de prefeitos pernambucanos e foi bastante cumprimentado por colegas na Câmara dos Deputados pela sua vitória para o Senado Federal.

Inocente quer saber – Priscila Krause será oficializada como líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco?

Participou – O governador de pernambuco Paulo Câmara, participou ontem (30), da inauguração do Shopping Igarassu. “Este é um um moderno empreendimento que vai movimentar a economia de todo o Litoral Norte do nosso Estado, gerando emprego e renda. Serão mais de mil novos postos de trabalho. Isso é o que a gente quer nos próximos quatro anos: induzir desenvolvimento para melhorar a vida do nosso povo”, disse o governado.

 

Você sabia –

Que o Presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (foto), será um dos palestrante, no Seminário Internacional de Iluminação Pública do Recife, a ser realizado no Espaço A Ponte, no Cais do Apolo,594- Bairro do Recife, nos dias 7 e 8 de novembro, evento promovido pela Unidade de Eficiência Energética (UNEE), com apoios institucionais da Prefeitura do Recife e dos Consulados da França e Alemanha.

Patriota abordará o tema Iluminação Pública a Caminho de Políticas Públicas e Estratégicas em Municípios.

Pagam – As prefeituras das cidades de Brejinho e Itapetim, estarão pagando os salários dos servidores ativos, inativos e pensionistas, nesta quarta-feira (31). “Os nossos servidores vão passar o dia de finados com o salário na conta”, disse a prefeita de Brejinho Tânia Maria.

 

(Colaboraram Junior Finfa, Inaldo Sampaio e Edmar Lyra)

Pe. Aldo Guedes assume interinamente o lugar do Padre Genildo em Solidão

Pe. Aldo Guedes – Foto Reprodução

padre Aldo Guedes, pároco da Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios, em Tabira foi nomeado pelo bispo diocesano, dom Egidio Bisol, administrador paroquial da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes em Solidão.  Padre Aldo assume interinamente o lugar do padre Genildo Herculano que se encontra internado na capital pernambucana.  Em conversa com o Blog Afogados Online, dom Egidio disse que houve um bom sinal na recuperação do padre, já que os rins que estavam paralisados voltaram a funcionar, mas que o quadro ainda é considerado grave.

CÂMARA DE VEREADORES DE STª TEREZINHA SE REUNE NESTA QUARTA-(31)

A Câmara de Vereadores de Santa Terezinha tem sessão ordinária na noite desta quarta-feira (31) no horário habitual e discutirá alteração na Lei Municipal que  dispõe sobre o Conselho Municipal de Assistência Social. Amanhã haverá duas emendas modificativas, uma que revisa pela primeira vez o Plano Plurianual para o Período 2018/2021 do município – e o segundo que trata de modificar os anexos do Projeto de Lei Ordinário que dispõe sobre as modificações de programas e Ações Governamentais do Município para o ano que vem, ambos são da oposição. Para votação ainda haverá moção de aplausos para o Centro de Referencia da Assistência Social (CRAS) e também para a EREM  Santa Terezinha que celebrou no último final de semana 70 anos de fundação numa pela cerimônia, onde só faltou uma coisa, os alunos.

MAIS UMA VEZ A PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJINHO PAGA ANTECIPADO

Resultado de imagem para prefeita de brejinho Tânia MariaMais uma vez a prefeita Tânia Maria honra os seus compromissos.  A gestora anunciou que o salário do mês de outubro foi antecipado. O pagamento será feito nestas quarta-feira (31).

Aposentados, inativos e servidores da Prefeitura Municipal de Brejinho vão passar o dia de finados com o salário na conta.

O pagamento referente aos servidores do Fundo Municipal de Saúde de Brejinho, será realizado na quarta-feira (31).

Bolsonaro quer a reforma da Previdência, rejeitada por 71%

:

“Aplicando a estratégia de Choque e Pavor das guerras modernas, Bolsonaro tem pressa total para aprovar a reforma da Previdência e a liberação do comércio de armas, impedindo que a população possa se organizar para derrotar projetos que sempre rejeitou”, escreve Paulo Moreira Leite, articulista do 247.  “Enquanto a liberação do comércio de armas é recusada por uma parcela importante de eleitores do PSL, a única esperança de ressuscitar a reforma do sistema de aposentadorias reside no apoio de 51% dos atuais deputados, que não conseguiram renovar o mandato nas urnas e podem fazer qualquer coisa para arrumar um novo rumo na vida.” – No Brasil da reforma Trabalhista de Michel Temer (MDB-SP) falta emprego para 27,3 milhões de pessoas, segundo a Pnad, do IBGE; presidida por Vagner Freitas, a CUT afirma que a geração de vagas formais de trabalho estagnou e deu lugar a criação de postos informais, sem direitos e em condições precárias de trabalho.

Já o  Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avaliou nesta terça-feira que as condições para aprovação da reforma da Previdência ainda estão distantes da realidade e disse que neste momento seria precipitado fazer uma previsão de quando a medida pode ser votada na Casa; Maia avaliou também que ela não é de simples aprovação entre os parlamentares e que não pode criar expectativas num cenário em que não controla todas as condições.

A Terra perdeu 60% de seus animais silvestres em 44 anos, diz relatório

Divulgação:

O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) divulgou o ‘Relatório Planeta Vivo’ apontando as populações de vertebrados silvestres, como mamíferos, pássaros, peixes, répteis e anfíbios, caíram de 60% entre 1970 e 2014 por causa da ação humana; na área do Caribe e América do Sul, os dados apontam um declive da fauna de 89% em 44 anos.

Clima esquenta na Câmara de Tabira

Nada como um assunto mal resolvido. As duas sessões do Poder Legislativo de Tabira numa mesma noite para eleger a nova mesa diretora da Câmara na semana passada, deixou resquícios para a reunião de ontem.

A sessão era para votar as contas do Prefeito Sebastião Dias. As contas bem que foram votadas, mesmo que quase na lei do apulso.

Em seguida a polêmica veio a tona e o resultado foi o pior possível, chegando ao fundo do poço: vereador Aristóteles Monteiro convidando colega Marcílio Pires para resolver a pendenga no braço fora do recinto. Antes, Aristóteles teria tido sua honra atingida pelo colega.

O chamado decoro parlamentar foi jogado na lata do lixo na sessão dos representantes do povo. A informação é de Anchieta Santos ao blog.

Já em flagrante do Blog do Finfa, a preocupação do vereador Dicinha do Calçamento quando o Procurador Municipal Klênio Pires apresentava a defesa da prestação de contas de 2016 da Prefeitura de Tabira.  Dicinha não estava nem ai para assunto tão sério, preocupado com o zap zap.

Antecipado: “Prefeitura de Itapetim paga outubro nesta quarta”

Mais uma vez a Prefeitura Municipal de Itapetim realizará o pagamento do salário dos funcionários municipais em dia. O salário do mês de outubro será pago nesta quarta-feira (31), segundo nota.

As Secretarias de Educação, Saúde, Cultura, Infraestrutura, Administração e Finanças, Desenvolvimento Social e Gabinete, Conselho Tutelar, além de inativos e pensionistas estarão com o dinheiro na conta amanhã.

“Nosso compromisso mais uma vez será cumprido, que é de valorizar o trabalho dos nossos servidores fazendo o pagamento em dia”, disse o prefeito Adelmo.

Manuca Prefeito de Custódia presidirá Cimpajeú no Biênio 2019-2020

Foto e informações: Júnior Finfa

A nova Diretoria do CIMPAJEÚ – Consórcio Integração dos Municípios do Pajeú, foi eleita agora por unanimidade, na sede do consórcio, para o biênio 2019/2020.  O novo presidente é o prefeito de Custódia, Emmanuel Fernandes, o Manuca, do PSD, prefeito de Custódia.

O atual Presidente, Marconi Santana, assumirá no novo mandato a vice presidência. João Batista, Prefeito de Triunfo, que é Tesoureiro da AMUPE, assume a Secretaria da entidade.

A reunião que escolheu a nova Diretoria é bastante prestigiada. Presentes os prefeitos Zeinha Torres ( Iguaracy), Lino Morais (Ingazeira), Anchieta Patriota (Carnaiba), Geovanne Martins  (Santa Terezinha), Djalma Alves ( Solidão), Mário Flor (Betânia), Sebastião Dias ( Tabira), Alessandro Palmeira, vice-prefeito de Afogados da Ingazeira e Márcio Oliveira, vice-prefeito de Serra Talhada.

Câmara de Vereadores homenageia Escola Ernesto de Souza Leite de Tuparetama

Dando sequência às comemorações dos 70 anos da Escola Estadual Ernesto de Souza Leite, a instituição de ensino mais antiga do município, a Câmara de vereadores realiza sessão solene em sua homenagem.

Será na quadra poliesportiva da referida instituição, na próxima quinta-feira às 10 da manhã. Na ocasião serão entregues moções de aplauso aos ex-gestores da instituição, à Gerente Regional de Educação Cecília Patriota.

Ainda ao Coordenador Regional do Programa Travessia, Paulo Silva, além do título de cidadã tuparetamense à professora Lucivanda Patrícia.

Quadro de Padre Genildo ainda é grave, mas dá sinais de esperança por recuperação

O padre Aldo Guedes, pároco da Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios, em Tabira, foi nomeado pelo bispo diocesano dom Egidio Bisol, Administrador da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes em Solidão.

Padre Aldo assume interinamente o lugar do padre Genildo Herculano que se encontra internado na capital pernambucana.

Em conversa com o blog Afogados On Line, dom Egidio Bisol disse que houve um bom sinal na recuperação do padre, já que os rins que estavam paralisados voltaram a funcionar, mas que o quadro ainda é considerado grave por conta da infecção que o acometeu.

Diante dos bons sinais, o padre teve a sedação reduzida e passou a ser alimentado por sonda. Também houve redução de um dos cinco antibióticos administrados. Como dito, o quadro ainda é grave.

O Nordeste não é de esquerda por ter derrotado Bolsonaro aqui.

Coluna Fogo Cruzado – 30 de outubro de 2018

Sul e Sudeste entendem que o discurso de Bolsonaro encarna melhor interesses dessas regiões

O Nordeste tinha tudo para embarcar no discurso messianista do presidente eleito Jair Bolsonaro, mas se manteve fiel à pregação de Haddad que se apresentou aos eleitores como continuador da obra de Lula. Todo mundo sabe que Lula não é santo. Até porque se o fosse não estaria preso em Curitiba. Todavia, a maioria dos nordestinos não o vê como “presidiário corrupto”, como o define a grande mídia, e sim como um governante que olhou para os mais pobres, inserindo seus interesses na agenda social do governo. Do contrário, o Nordeste não teria sido um ponto fora da curva no 2º turno da eleição presidencial. Bolsonaro foi derrotado em todos os Estados da região, onde sete governadores eleitos cerraram fileiras com o candidato do PT logo no primeiro turno: Flávio Dino (MA), Wellington Dias (PI), Camilo Santana (CE), João Azevedo (PB), Paulo Câmara (PE), Renan Filho (AL) e Rui Costa (BA). Espera-se após a posse do novo presidente que a região não seja retaliada, dado que em seu primeiro pronunciamento à nação, na noite do domingo, Bolsonaro prometeu que será o presidente de “todos os brasileiros”, e que seu futuro governo terá “mais Brasil e menos Brasília”. Não se imagine que o Nordeste virou agora uma “região de esquerda” por ter dado a vitória a Fernando Haddad. Do mesmo jeito que o Sul/Sudeste deram ampla maioria a Bolsonaro por achar que o discurso dele encarna melhor os interesses dessas regiões, o Nordeste entendeu o contrário.

Vitória na Suprema Corte

Quando requereu registro de sua candidatura a deputado estadual, o ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), que conseguiu se eleger, foi surpreendido por uma impugnação do Ministério Público Eleitoral. Ganhou a batalha por 7 x 0 no TRE, mas o MPE recorreu para o TSE. Ontem, finalmente, em decisão monocrática, o ministro Édson Fachin confirmou a sentença do TRE.

Até quando? – Brasília deu impressionantes 70% dos votos a Bolsonaro, ante 30% a Fernando Haddad, mas esse namoro com o presidente eleito deve durar pouco. Se o futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes, cortar privilégios no serviço público, como promete, o DF se rebelará.

Quem te viu? – Minas, que já foi o maior celeiro de políticos do país, mandou para o Palácio da Liberdade nessas eleições o dono de uma rede de lojas (Romeu Zema) por falta de coisa melhor. Tancredo Neves, Benedito Valadares e Afonso Arinos devem estar tremendo no túmulo.

Day after – Pelo menos 4 novos governadores irão herdar estados financeiramente quebrados: Eduardo Leite (RS), Wilson Witzel (RJ), Romeu Zema (MG) e Fátima Bezerra (RN). Esta última é quem mais vai penar para arrumar a casa porque nunca administrou nada na vida.

A varrição – Dos 54 senadores que disputaram a reeleição, apenas 8 conseguiram salvar-se, entre eles dois craques da política: Renan Calheiros (MDB-AL) e Jáder Barbalho (MDB-PA). Jarbas Vasconcelos (MDB) já foi lançado por Humberto Costa (PT) para presidir o Senado.

Sem receita – O TCE tem orientado prefeitos pernambucanos a cobrar os impostos de sua competência, mas eles fazem ouvidos de mercador. A prefeitura de Brejão em 2015 arrecadou apenas R$ 5.996,75 de IPTU e R$ 180,83 de cobrança da dívida ativa.

PT apesar da derrota ainda saiu fortalecido das urnas

Partido hegemônico no Brasil há quatro eleições presidenciais, o Partido dos Trabalhadores sofreu no último domingo sua primeira derrota eleitoral em disputas nacionais desde 2002 quando ascendeu ao Palácio do Planalto com Lula. Antes da eleição de Jair Bolsonaro neste domingo, o PT enfrentou uma série de problemas, primeiro a vitória apertadíssima de Dilma Rousseff em 2014 que deu a sensação de país dividido e deixou a presidente fragilizada para o seu segundo governo.

A operação Lava-Jato, iniciada em 2014, foi derrubando um a um entre petistas importantes, culminando na prisão do ex-presidente Lula em 2018. Antes disso, tivemos o impeachment de Dilma Rousseff em 2016 que deixou o país em sua maioria contrário ao PT. As eleições municipais foram suficientes para praticamente varrer o partido do mapa, sobretudo nas capitais onde o PT teve um desempenho pífio.

Quando todo o enredo se voltou contra o PT, muitos davam o partido como carta fora do baralho e apostava-se que a sigla não sobreviveria as eleições deste ano. Porém, o resultado foi absolutamente diferente. As urnas deste ano garantiram 56 deputados federais eleitos, tornando-se a maior bancada da Câmara dos Deputados, ficando com seis senadores e quatro governadores. Além do mais, Fernando Haddad, substituto de Lula na disputa presidencial, com poucos dias de campanha, ficou com 47 milhões de votos no segundo turno.

Mesmo com a derrota, o PT segue hegemônico na esquerda, sendo o maior partido do Brasil e o principal antagonista do governo Bolsonaro. De quebra, forjou em 2018 uma jovem liderança que poderá falar para o futuro do Brasil. Estando na oposição, o PT fará o que sempre soube com maestria que é contestar governos adversários, e terá fundamental importância na fiscalização do governo Jair Bolsonaro.

O PT fortalecido é sinal de que o presidente Jair Bolsonaro não terá vida fácil, pois terá uma oposição firme e contundente que ajudará a colocar limites em qualquer arroubo do presidente. A volta do PT para a oposição, a alternância de poder, e a manutenção do espaço do Partido dos Trabalhadores são absolutamente salutares para a nossa jovem democracia.

Sergio Moro – O juiz Sergio Moro já teria confidenciado a interlocutores que considera a hipótese de integrar a equipe de Jair Bolsonaro. O convite do presidente foi feito para o ministério da Justiça, e posteriormente ele teria a garantia de assumir em 2020 a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal com a aposentadoria de Celso de Mello.

Confirmado – O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmou, em entrevistas às redes de televisão nesta segunda-feira (29), que irá convidar o juiz Sérgio Moro para o Ministério da Justiça ou para o Supremo Tribunal Federal (STF). “É um reconhecimento ao sucesso da Operação Lava Jato, que o povo apoia tanto e que foi determinante em vários resultados eleitorais. A preferência no meio jurídico é que Moro vá para o STF, onde poderá fazer muito pelo combate à corrupção”, avalia o procurador do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), Cristiano Pimentel.

Base – O presidente Jair Bolsonaro terá uma base parlamentar com 266 apoiadores consistentes e 118 apoio condicionado na Câmara dos Deputados. Com até 384 deputados na sua base governista, Jair Bolsonaro poderá já no início do governo instituir as principais reformas que precisam ser feitas para recuperar a economia.

Bruno Araújo – O deputado federal Bruno Araújo, que não se elegeu senador por Pernambuco, e ocupou o ministério das Cidades durante o governo Michel Temer, foi lembrado pelo governador eleito de São Paulo, João Doria, durante seu discurso de vitória. O nome do pernambucano está sendo ventilado para a equipe do governador, devido a sua vasta experiência no exercício de mandatos parlamentares e também no ministério das Cidades.

Decasp – A sociedade civil se organiza para participar de uma votação na Assembleia Legislativa de Pernambuco que poderá extinguir a Decasp, que vem fazendo um trabalho bastante competente combatendo desvios de dinheiro público em Pernambuco.

RÁPIDAS

Fernando Filho – A passagem do deputado federal Fernando Filho pelo ministério de Minas e Energia rendeu elogios no Brasil inteiro até mesmo no exterior. Até o presente momento, o presidente Jair Bolsonaro não sinalizou para um nome para a pasta. Se porventura o presidente nomear Fernando Filho, estará conquistando de forma significativa o setor que é estratégico para o Brasil.

Substituto – Com a posse de Luciana Santos como vice-governadora, Fernando Monteiro será efetivado como deputado federal em janeiro. Eleito com 82.071 votos, Fernando assumiu o mandato como suplente até abril deste ano. A posse dos novos deputados ocorrerá somente em fevereiro, o que garantirá um mês de Fernando na Câmara dos Deputados.

Inocente quer saber – Quando Paulo Câmara começará a anunciar oficialmente seu novo secretariado?

Secretário de Cultura de SJEgito Henrique Marinho entrega pasta

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna e close-up

O secretário de Cultura, Turismo e Esportes de São José do Egito, Henrique Marinho, neto do saudoso Louro do Pajeú, entregou a pasta. Marinho compõe a equipe do governo de Evandro Valadares (PSB) desde o início desse terceiro mandado do socialista.

Henrique confirmou ao blog do jornalista Geraldo Palmeira que deixou a secretaria na última quinta (25) e sua decisão partiu de motivo de ordem particular.

De tradicional família que atua no segmento de cultura, Henrique Marinho durante o período em que esteve à frente da secretaria desenvolveu projetos voltados à visibilidade da tradição poética do município. Contribuiu em reforma do Beco de Laura, instalação de totens com versos e biografias de poetas em algumas vias, restauração do Beco de Zé Rocha com a implantação de sombrinhas formando um teto e incentivo à cantoria.

PREFEITO ADELMO MOURA SE REÚNE COM VEREADORES EM ITAPETIM

Hoje o Prefeito Adelmo Moura estive  reunido com todos os vereadores do município, inclusive com o presidente da Câmara, Júnior de Diógenes, do diretor de Agricultura, Alexandre Ramos e do advogado Dr.Emerson Dário. Estiveram tratando sobre a Agricultura do  município.

“Queremos repactuar as dívidas dos nossos pequenos agricultores junto ao Banco do Nordeste. Serão aproximadamente 100 agricultores beneficiados, pois a prefeitura quitará as dívidas dos mesmos. O projeto foi encaminhado para a Câmara de Vereadores para aprovação. Estamos sempre buscando o desenvolvimento da nossa cidade e do nosso homem do campo.” Pontuou Adelmo Moura em sua conta no Facebook.

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Diógenes Silva, pessoas sentadas, pessoas comendo, mesa, comida e área internaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas

Além do Presidente Junior de Diogenes, estavam Seu Dido, Carlos Nunes, Clodoaldo Lucene, Jacinto Lucena e Jordania Siqueira.

PREFEITURA DE TUPARETAMA VAI APOIAR A COPA RURAL DE FUTEBOL DO DISTRITO DE SANTA RITA

O prefeito de Tuparetama, Sávio Torres, esteve fechando o patrocínio para a realização da Copa Rural de Futebol do Distrito de Santa Rita, na quarta-feira 24 de outubro de 2018. Este patrocínio vai ser realizado através da Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo de Tuparetama. A Copa Rural de Futebol do Distrito de Santa Rita está sendo organizada por os diretores da equipe de futebol do União, do Distrito de Santa Rita.  Esta copa vai ser realizada com 10 equipes de vários municípios de Pernambuco e Paraíba. O prefeito fechou o patrocínio de R$ 2.500,00 reais na reunião realizada com Carlinhos Branquinho, Diretor de Esportes da Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo de Tuparetama e os diretores da equipe de futebol do União.
A Diretoria de Esportes da Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo de Tuparetama iniciou para incentivar o esporte, no domingo 21 de outubro de 2018, a Copa Rural de Futebol de Campo de Tuparetama. Esta diretoria realizou este ano, entre outras atividades esportistas, os Jogos Escolares, a Taça Pernambuco de Handebol, oficinas de artes marciais da Federação Pernambucana de Kung Fú, Taekwondo, Jiu Jitsu e a Corrida da Fogueira.

Anchieta Patriota agradece votação de Haddad em Carnaíba

Apesar do candidato Fernando Haddad (PT) não ter obtido sucesso eleitoral no pleito deste domingo o Prefeito Anchieta Patriota ficou satisfeito com a votação que o petista teve em Carnaíba, chegando a 89,22%, totalizando 9.624 votos contra 10,78%, 1.163 votos de Jair Bolsonaro (PSL).

“É motivo de agradecimento a quantidade de votos do nosso candidato, Fernando Haddad, junto com as forças progressistas de Carnaíba, meu agradecimento a todos os eleitores e vamos esperar que o futuro Presidente Jair Bolsonaro faça um governo voltado para todos os brasileiros”, disse Anchieta. Patriota aproveitou para agradecer o empenho da militância durante a campanha e disse que “espera um governo de paz e que todos tenham acesso aos serviços públicos assim como acontece em Carnaíba”.

Dor em sepultamento de menina atropelada em Afogados

(Crianças homenageiam Francilene)

Está sendo sepultada agora pela manhã a menina Francileni Alves da Silva, 9 anos. Ela foi atropelada quando atravessava a via duplicada de acesso ao município de Afogados na saída para Carnaíba.

Segundo o pai da criança, Francisco Xavier da Silva, que mora em Natal, houve uma briga de casal e a família na casa de uma vizinha. “Mandaram ela e as crianças para ir mostrar onde estava tendo a briga. A outra filha e uma colega atravessaram. Ela percebeu que não havia tempo e tentou voltar, mas foi atingida pela moto”.

Francileni foi levada para o Hospital Regional Emilia Câmara e de lá transferida, mas morreu antes de chegar a Recife. O motociclista, cujo nome não foi informado, também foi levado ao Hospital. O pai fala em fatalidade, mas alerta que a via deveria ter controle de velocidade, pois podem  ocorrer mais acidentes. Ela estudava na escola Giselda Simões.

“Era uma criança com pensamento de adulto. Carregava a responsabilidade dela e das irmãs. A gente como professor é pai e mãe também”, disse a professora Graças, emocionada.

FALECEU EM CAMPINA GRANDE O MÚSICO EGIPCIENSE FELIPE DE DEDA DO BREGA

Faleceu no Hospital do trauma em Campina Grande o egipciense Felipe Santos de 26 anos, músico , filho de Deda do Brega.  O acidente com Felipe foi na tarde da última segunda-feira dia 22, a  GT ordinária se deparou com um acidente de trânsito tipo abalroamento, envolvendo um caminhão VW/13.180CNM, cor branca, ano 2007/2008, placa KKO 4671, e a motocicleta Honda CB 300R, cor preta, ano 2013, placa ECC 0765.

Segundo relatos do condutor do caminhão tipo Vasculhante, o veículo  estava com o veículo no hospital e ao sair do local foi atravessar a via, pois não tinha avistado nenhum veículo, quando ao iniciar a manobra avistou a motocicleta que Felipe vinha conduzindo, vindo a colidir na lateral do caminhão, ficando a moto presa na lateral do veículo. Fato este também relatado por testemunhas oculares. Felipe Santos  foi socorrido por funcionários do hospital Municipal Maria Rafael de Siqueira e  logo após foi levado para o Hospital de Trauma em Campina Grande-PB, Felipe passou por cirurgias, estava em coma induzido desde o acidente, hoje por volta de 11 da manhã a família recebeu a noticia que Felipe não restira e faleceu de parada Cardio-respiratória.
Felipe Santos era casado com Franciele Lima  e deixou um filho  de 9 anos. O corpo será velado no PASC e o sepultamento será em SJEgito, a família ainda não divulgou horários.

 

54 anos depois, vitoriosos de 64 voltam ao poder pelo voto direto

Coluna Fogo Cruzado – 29 de outubro de 2018

Candidato com perfil para unir o país seria Geraldo Alckmin não fosse um político provinciano

Nem o mais arguto político mineiro seria capaz de prever que 54 anos depois do golpe militar de 64 um legítimo e sincero defensor daquele movimento, que interrompeu a democracia em nosso país durante 21 anos, seria eleito presidente da República ontem por mais de 50 milhões de brasileiros. O próprio Bolsonaro tinha dúvidas sobre suas chances porque sempre fez parte do baixo clero na Câmara Federal, não tinha por trás de si um grande partido e até o convite que fez ao PR para fazer parte de sua coligação foi recusado. Obrigou-se a convidar para vice o general da reserva Hamilton Mourão, filiado ao PRTB, única alternativa que lhe restou para conseguir fechar a chapa. O presidente eleito já provou na prática que não tem propriamente formação democrática, mas foi ajudado pelo fato de 70% dos eleitores brasileiros não terem conhecimento do que se passou no país nos “anos de chumbo” e seu principal meio de informação ser as redes sociais, onde predominam notícias falsas (“fake news”). Daí poder-se dizer com alguma margem de certeza que um terço dos eleitores do capitão votaram em solidariedade às suas teses. Mas os outros foram votos antipetistas em protesto contra a volta do partido ao poder depois que seu principal líder foi parar na cadeira acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Bolsonaro prometeu na campanha que seria o presidente da “pacificação nacional”, mas isto provavelmente não ocorrerá devido à sua ojeriza aos “vermelhos” que deram mais de 40% dos votos a Fernando Haddad. Afinal, como unir o Brasil com um discurso excludente e contra determinados tipos de minorias? Candidato com perfil para pacificar o Brasil seria o tucano Geraldo Alckmin, não fosse um político mais paulista do que nacional e não tivesse sido obrigado a carregar nas costas o desgaste de Aécio Neves e a traição da cobra que ele próprio criou para mordê-lo depois (João Doria).

Empurrão na reforma política

A reforma política que o Congresso não fez, e não fará jamais, acabou sendo empurrada pela eleição presidencial. Bolsonaro terá no Congresso o apoio de todas as “direitas”, independente de siglas (ruralistas, evangélicos, bancada da bala, etc.), e a oposição de todas as “esquerdas” (PT, PCdoB, PSB, PDT, PSOL, PSTU, etc). Teremos na Câmara um bipartidarismo de fato.

Dor doída – Ciro Gomes prestou notável serviço à campanha de Haddad mesmo não tendo declarado apoio ao petista. Só ter pedido aos seus eleitores que não votassem em Bolsonaro já foi uma ajuda. Cobrar-lhe apoio ao PT depois da “rasteira” que levou de Lula seria demais.

As portas – Apenas 2 dos 25 deputados federais pernambucanos têm trânsito com Bolsonaro para não deixar Paulo Câmara sem canal com Palácio do Planalto: Luciano Bivar (PSL) e Pastor Eurico (Patriotas). Parte deles ainda vai aderir à bancada do governo, mas não agora.

O vácuo – O PSDB saiu destroçado em Pernambuco no 1º turno e ninguém ainda se habilitou para tentar reconstruí-lo. O presidente Bruno Araújo vai morar no DF e não quer mais saber do cargo. A prefeita Raquel Lyra (Caruaru) poderia exercer esse papel, mas não mostra vontade.

A tradição – Desde 1998, quando a reeleição foi introduzida do Brasil por emenda de Mendonça Filho (DEM), nenhum governador do RS foi reeleito. O atual, Ivo Sartório (MDB), que encontrou o Estado quebrado, vai devolvê-lo ao ex-prefeito de Pelotas, Eduardo Leite (PSDB), um pouco melhor, mas ainda quebrado.

Reduto forte – Haddad, que é paulista, viu nessas eleições o quanto Lula ainda é forte no Nordeste. Foi nesta região onde aconteceram os maiores comícios de sua campanha: Natal, Fortaleza, São Luís, Recife, João Pessoa e Salvador. Mesmo derrotado, foi um belo consolo.

João Doria – Depois de passar um verdadeiro sufoco na reta final da eleição pelo Palácio dos Bandeirantes ao ver Marcio França igualar o jogo, João Doria acabou sendo eleito governador de São Paulo consolidando-se como a principal liderança do PSDB, desbancando Geraldo Alckmin e Aécio Neves, que saíram dizimados do processo eleitoral de 2018.

Equipe – O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou quatro nomes para a sua equipe ministerial, que são: Paulo Guedes (Fazenda), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), General Heleno (Defesa) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia). A expectativa recai sobre as outras pastas. O deputado federal Mendonça Filho está sendo cotado para voltar ao comando do Ministério da Educação.

Governadores – Foram eleitos neste domingo Waldez Goes (Amapá), Wilson Lima (Amazonas), Ibaneis (Distrito Federal), Reinaldo Azambuja (Mato Grosso do Sul), Romeu Zema (Minas Gerais), Hélder Barbalho (Pará), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Wilson Witzel (Rio de Janeiro), Coronel Marcos Rocha (Rondônia), Antonio Denarium (Roraima)  Comandante Moisés (Santa Catarina) e Belivaldo Chagas (Sergipe).

Descortesia – Segundo colocado na eleição presidencial, Fernando Haddad quebrou a tradição de telefonar para o presidente eleito Jair Bolsonaro cumprimentando-o pela vitória neste domingo. O petista alegou que por conta da dura disputa presidencial não iria estabelecer diálogo com o presidente eleito. A descortesia de Haddad não combina com o perfil democrático que ele apresentou durante a campanha eleitoral.

Vitória – Mesmo com a derrota para Jair Bolsonaro, o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Julio comemoraram a vitória de Fernando Haddad no estado e na capital. Em Pernambuco, Haddad teve 66,50% dos votos válidos, já no Recife a disputa foi mais apertada, Haddad atingiu 52,50% contra 47,50% de Jair Bolsonaro.

Brasília – Embarco nesta segunda-feira rumo à capital federal para acompanhar in loco as movimentações do presidente eleito Jair Bolsonaro e da formação do futuro governo que assumirá em janeiro de 2019. Estejam ligados no nosso blog para ficar por dentro de tudo que acontecerá na política nacional.

Veja números da apuração no Pajeú

Haddad ganhou em todas as cidades. maior percentual foi alcançado em Quixaba e Calumbi. Nas três maiores cidades da região, índice oscilou entre 77,25% e 78,39%.

Em Serra Talhada, maior colégio eleitoral do Pajeú, Haddad teve 77,27% dos votos ou 33.354. Bolsonaro obteve 22,73%, 0u 9.809 votos. Em Tabira, Haddad obteve 13.138 votos contra 2.083 votos de Bolsonaro.

Apuração em Afogados da Ingazeira. Segundo a apuração paralela da Rádio Pajeú, que cravou os o candidato Fernando Haddad obteve 14.965 votos contra 4.729 de Bolsonaro. No primeiro turno, Haddad obteve 11.674 votos e Bolsonaro, 3.979. O candidato petista cresceu 3.291 votos e o candidato do PSL,  750 votos.

Em Iguaracy, Haddad tem 5.217 votos contra 866 de Bolsonaro. Em Flores, Haddad 10.591 (84,37%), Bolsonaro, 1.266 (10,09%). Em Carnaíba, o candidato Haddad  obteve 9.624 votos, contra 1.163 de Bolsonaro.

Haddad venceu ainda em Quixaba (4.169 x 329), Ingazeira (2.637 x 377), Solidão (3.588 x 400), Calumbi (4.270 x 424) e Triunfo (7.109 x 1.286). Em Santa Cruz da Baixa Verde, Fernando Haddad teve 6.019 contra 917 de Bolsonaro.

No Alto Pajeú, o candidato petista também foi mais votado. Em São José do Egito, 12.970 votos contra 3.576 votos de Bolsonaro. Em Tuparetama, 5.203 votos contra 637 de Bolsonaro. Itapetim deu 7.053 votos ao petista contra  1.485 do nome do PSL. Em Santa Terezinha, 4.733 votos contra 808 de Jair. Brejinho, 4.174 contra 732.

Percentuais: as cidades por ordem onde o percentual de Haddad foi maior foram Quixaba (92,69%), Calumbi (90,97%), Solidão (89,97%), Flores (89,32%), Carnaíba (89,22%) e Tuparetama (89,09%). Na sequência, Ingazeira (87,49%), Santa Cruz da Baixa Verde (86,78%), Tabira (86,31%),   Iguaracy (85,97%), Santa Terezinha (85,42%), Brejinho (85,08%) e Itapetim (82,61%).

Chama atenção que proporcionalmente, os três maiores municípios do Pajeú foram os em que Haddad teve menor votação e Jair Bolsonaro a menos baixa, fruto de maior mobilização de grupos em prol do candidato nessas cidades. Foram os casos de São José do Egito (78,39% x 21,61%), Serra Talhada (77,27% x 22,73%) e Afogados da Ingazeira (77,25% x 22,75%).

HADDAD SE APRESENTA COMO LÍDER DA OPOSIÇÃO A BOLSONARO

Fernando Haddad, fez um discurso forte pouco depois de 20h em São Paulo no qual, com uma frase tomada do hino nacional brasileiro, apresentou-se como um dos líderes da frente de oposição ao governo Bolsonaro: “verás que um professor não foge à luta” -em seguida, citou literalmente o hino: “nem teme quem te adora, a própria morte”; foi uma uma referência indireta ao fascismo que, historicamente, tem a morte como um de seus símbolos; Haddad disse que não é hora de “aceitar provocações nem ameaças” e nem “deixar nosso país para trás”; afirmou ainda que está “à disposição do país” e que, “como milhões de pessoas, coloco o país acima do meu bem-estar”.

“Bolsonaro não é um acidente de percurso. Ele é a opção consciente, a aposta escolhida pela classe dominante para cumprir 2 missões especiais no próximo período. A primeira missão consiste em exterminar o petismo, os progressistas, os democratas e tudo o que a esquerda representa”- “A segunda missão do nazi-bolsonarismo consiste em implementar um projeto econômico selvagem e ultraliberal”

COM 55,63% DOS VOTOS, BOLSONARO É ELEITO PRESIDENTE COM PROJETO DE ULTRADIREITA

Com 92,08% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro (PSL) está matematicamente eleito presidente do Brasil, com 55,63% dos votos válidos, enquanto o candidato do PT, Fernando Haddad, aparece com 44,37%; votos brancos até o momento chegam a 4,08%, votos nulos, 7,42%, e abstenções chegam a 21,17%; Bolsonaro foi eleito com base num discurso de ultradireita e numa campanha de fake news pelas redes sociais considerada sem precedentes na história pela OEA.

Coluna do Domingão Publicado por Nill Júnior( 28 de outubro de 2018)

O Brasil escolhe seu 38º presidente

A  se levar em conta as últimas pesquisas divulgadas neste sábado, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) mantém favoritismo para ser eleito presidente da República. Isso porque não desidratou o suficiente para gerar uma possibilidade de virada do candidato petista Fernando Haddad.

A queda de Jair e a subida de Haddad não dão sinais de reversão a horas da votação, a não ser que haja um movimento silencioso, não detectado por nenhum instituto de pesquisas, o Capitão do Exército será o presidente eleito do país, cabendo ao PT organizar a oposição a partir de 1º de janeiro.

Registre-se, se o movimento petista esperou demais para  pôr a campanha na rua.  Acertou na estratégia tarde demais. Bolsonaro se expôs o menos possível, buscando, como no futebol, administrar o resultado.

O blog ouviu o Diretor do Instituto Múltipla, Ronald Falabella, sobre os números de Ibope e Datafolha. Nos votos válidos, oito pontos de vantagem pró Bolsonaro no Ibope e dez no Datafolha. Na espontânea, vantagem entre seis e oito pontos, sem considerar a margem de erro. “Quadro quase irreversível”, diz Falabella.

Para os pró Haddad, a esperança alimentada de que, como no primeiro turno, última pesquisa, boca de urna e apuração tenham a mesma diferença do primeiro. Problema é que no certame anterior, ela favoreceu Bolsonaro e era aparentemente maior que a curva de hoje em favor do petista. Na última Ibope dia 6, tinha 41%. Na boca de urna dia 7, 45%. Teve ao final 46%.

Saindo dos números para o sentimento de que, concluída a apuração, respeite-se o direito de comemorar dos vencedores e evite-se provocações e invasão do espaço de quem lamenta a derrota. Em eleições tão acirradas, como nunca na história, o desafio de reunificação do país é sem precedentes para quem vencer o pleito, sem falar da gestão econômica, política, da saúde, educação, segurança. Isso vale também para as relações rompidas esses dias. Ou seja, ganhar hoje é apenas um primeiro passo…

Reunião errada

O vereador Sargento Argemiro (PEN) foi convidado para um evento no cinema organizado pelo prefeito Patriota. Voltou da porta. Eleitor de Bolsonaro, bradou: “ôxe, tinha uma faixa de Haddad bem grande. Não tinha o que eu fazer lá…”

Uma ação

Os prefeitos José Patriota com o vice Sandrinho, mais Zeinha Torres e Anchieta Patriota não devem mais nada a quem cobrou uma ação que mostre empenho pró Haddad. Quem reclamou, agora aplaudiu.

Totonho vota em Bolsonaro

A coluna perguntou a Totonho Valadares sobre seu voto hoje. “Voto em Bolsonaro. Primeiro, porque meu partido, o PSDB, se manteve neutro . Depois, porque meu filho Toninho Valadares está a frente do PSL”, justificou.

“Haddad não empolga”

Totonho ainda acrescentou que possivelmente votaria em Lula, fosse ele o candidato. “Mas esse Haddad nem se reelegeu prefeito de São Paulo”.

Juntos, por enquanto

Pelo menos por hora, houve trégua entre Luciano Duque e Sebastião Oliveira em Serra Talhada. Os dois anunciaram voto em Fernando Hadadd. “Tenho minhas diferenças com o PT, mas não posso agora por conta de ódio, virar as costas ao candidato que tem uma bandeira de defesa da democracia”, justificou Sebá. Já Augusto César vota em Bolsonaro, depois de algumas eleições votando no PT.

Encruzilhada

A vereadora do Recife Aline Mariano não esconde que está numa encruzilhada política nesse segundo turno. Sempre foi crítica do PT, mas também avalia Jair Bolsonaro como péssimo para o país. “Um mais do mesmo, o outro o obscurantismo”.

UFPE escapou

A ação contra universidades pelo país, barrada por Carmen Lúcia, por pouco não chegou na UFPE. O reitor Anísio Brasileiro já recebeu Dilma no período do impeachment e é militante pró Haddad, sem esconder de ninguém.

Dois discursos

O vereador Cléber Paulino, de Tabira, disse na Cidade FM que votaria em Haddad, mas apareceu em grupos de WhatsApp defendendo Bolsonaro e até propondo ajuda a evento em prol do candidato.

Ficou feio

Os episódios da sessão suspensa com vira de vereador e denuncia de jogo pesado de cooptação em Tabira e os novos rounds entre Wellington JK x resto da Câmara em Afogados foram péssimos para imagem do legislativo no Pajeú.

Central da Apuração

A Rádio Pajeú 104,9  FM repete neste domingo o sucesso de cobertura das eleições no segundo turno. Durante o dia, a movimentação. A partir das 5 da tarde, a Central de Apuração, com informações direto do TSE e os números da região.

Com emoção

Além da disputa Bolsonaro x Haddad, promessa de emoção na apuração em São Paulo, com França x Dória e Rio, com Witzel x Paes, empatados tecnicamente.

Frase da semana:

“Não vou dizer quanto foi, mas foi mais de R$ 30 mil”.

Nelly Sampaio, afirmando quanto custou a pulada e  apoio de Dicinha do Calçamento a Aldo Santana.

BOLSONARO CAI NO IBOPE E DATAFOLHA, HADDAD SOBE

Resultado de imagem para bolsonaro x haddadO deputado Jair Bolsonaro (PSL) chegou à véspera do segundo turno da eleição presidencial com 55% das intenções de votos válidos e vantagem de 10 pontos percentuais sobre o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que está com 45%, de acordo com pesquisa concluída pelo Datafolha neste sábado (27). O levantamento sugere que a diferença entre os dois candidatos se estreitou mais um pouco nos últimos dias, com pequenas oscilações nas suas preferências,detalhe semana passada foi de 18%, hoje está em 10% a diferença.

O Ibope divulgou neste sábado (27) a última pesquisa do instituto sobre a intenção de voto para o 2º turno da eleição presidencial. Segundo o instituto, Jair Bolsonaro (PSL) venceria se eleição fosse hoje. Mas a distância dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu. Nos votos totais, a diferença que era de 50% a 37% foi de 47% a 41% – Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 57% e Haddad, 43% dos votos válidos, hoje é de 56% x 44%, 8 pontos de diferença, semana passada era 16&.

Além disso, ao contrário da Vox Populi, que fez todo o seu questionário neste sábado, o do Ibope e DataFolha foram feitos nos últimos dois dias.   Vox Populi deu empate 50 x 50 e foi feito apenas nesse sábado.

 

Urgente: Joaquim Barbosa abre voto em Haddad

:

“Votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa. Pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo. Por isso, votarei em Fernando Haddad”, postou Joaquim Barbosa, que foi presidente do Supremo Tribunal Federal; Jair Bolsonaro vem sendo apontado pela imprensa global como uma ameaça ao Brasil e ao mundo.

PESQUISA VOX POPULI: HADDAD EMPATA, TEM 50% E DISPUTA SERÁ VOTO A VOTO

Pesquisa Vox Populi realizada neste sábado 27, e financiada pelos eleitores, aponta empate entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), indicando para a possibilidade real de virada neste domingo 28; nos votos totais, os percentuais são de exatamente 43% a 43%; ninguém/brancos/nulos são 9% e “não sabe” ou “não respondeu”, 5%; nos votos válidos (contando apenas a intenção de voto efetiva em cada candidato), os percentuais são de exatamente 50% a 50%. \ “Se eu tiver a honra de receber esse crédito desses brasileiros, a minha atitude será, em primeiro lugar, reconhecer a natureza dessa vitória, que não é de uma pessoa ou de um partido, mas de um projeto de nação. É um voto na esperança, na democracia e na liberdade”, disse neste sábado 27 o candidato da frente democrática, Fernando Haddad (PT), que tem recebido diversos apoios na véspera da eleição.

BREJINHO : “ESCOLA MUNICIPAL SÃO SEBASTIÃO COMPLETA 54 ANOS”

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco, tocando um instrumento musical, multidão e atividades ao ar livreNa última sexta-feira (26), a Escola Municipal São Sebastião completou 54 anos.

Como de tradição, aconteceu uma grande comemoração para festejar a data. O tema deste ano foi “A Matemática nossa de cada dia”, apresentado no dia 07 de setembro, em desfile cívico e agora reapresentado na quadra da escola.

Vários trabalhos sobre o assunto foram realizados e apresentados pelos estudantes da escola, além da apresentação da Banda Professor Heráclito Felipe Barbosa.

Hoje são mais de mil alunos matriculados entre o Ensino Fundamental I e II.

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em péA prefeita Tânia Maria esteve prestigiando a festa junto da nossa secretária de Educação, Silvana Teles, e de todos os professores.

“A diretora Claudiana Nunes, o vice-diretor Abraão e toda a equipe de professores está de parabéns pela linda comemoração.” Disse a prefeita Tania Maria.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em péA imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, campo de beisebol, multidão, sapatos e área internaNenhum texto alternativo automático disponível.

 

TRISTE COINCIDÊNCIA: PAI SE ENVOLVE EM ACIDENTE EM PETROLINA E SE DESESPERA AO SABER QUE FILHA É UMA DAS VÍTIMAS

Um acidente envolvendo uma motocicleta e um carro de passeio, na noite de ontem (25), deixou duas mulheres gravemente feridas. Uma delas foi identificada por Jheniffer Cabral; a outra se chama Beatriz Novais. O fato aconteceu na Avenida Cardoso de Sá, imediações do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (72 BIMtz).
Uma das vítimas foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), e a outra pelo 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros (GCB). A reportagem tentou insistentemente obter mais detalhes junto às duas instituições, mas não foi possível.
O Blog também não conseguiu apurar as causas do acidente. Mas o que se sabe é que o condutor do carro de passeio – um Chevrolet Celta quatro portas, cor prata – é pai de Jheniffer. Ele se desesperou ao tomar conhecimento que a filha é uma das vítimas. Segundo informações, as duas mulheres são cunhadas e fazem o curso de Enfermagem. (Blog do Carlos Britto)