ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

TEMER PÕE EM BOLSONARO A FAIXA PRESIDENCIAL DE DILMA QUE DEVERIA SER DE LULA

Michel Temer, o traidor que conspirou contra a presidente Dilma Rousseff e usurpou a chefia do Poder Executivo, de onde sai como o político mais rejeitado do Brasil, entregou a faixa presidencial a Jair Bolsonaro, que só foi eleito porque o ex-presidente Lula foi arrancado do processo eleitoral por meio de um processo judicial forjado; imagem retrata o fim da Nova República e a volta dos militares ao poder. Jair Bolsonaro surpreendeu o país em seus discursos no Congresso e no púlpito do Palácio do Planalto: no primeiro, acusou “inimigos da pátria, da ordem e da liberdade” pelo atentado a faca que sofreu em Juiz de Fora em 6 de setembro; no segundo, disse que seu governo irá “restabelecer a ordem neste país” e que, com sua vitória, o Brasil irá “se libertar do socialismo” e do “politicamente correto”; ao final, falou em derramar sangue para defender a bandeira “verde e amarela”; qual será o próximo passe de seu governo?  Nunca antes na história deste país, os jornalistas foram tão humilhados como na posse de Jair Bolsonaro. Tudo foi relatado de forma cinematográfica pela jornalista Mônica Bergamo. Os jornalistas foram forçados pelo cerimonial a chegar aos locais de cobertura com oito horas de antecedência, não tiveram acesso a banheiros ou bebedouros e uma fotógrafa chegou a temer ser abatida por um sniper. Depois de tanto acusar o PT de querer censurar a imprensa, os jornalistas viram de perto como funciona uma ditadura.

Levantamento revela que a posse de Jair Bolsonaro trouxe apenas 46 delegações estrangeiras à capital federal, número bem abaixo se comparado às últimas posses; a de Fernando Collor, em 1990, reuniu 72 delegações; a de FHC, cinco anos depois, 120; a de Lula, 110 e a de Dilma, 130.

Reprodução TV

A transmissão da TV sobre os percursos em que o Roll-Royce presidencial percorreu com o Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e a esposa, Michelle Bolsonaro, captou uma imagem inusitada. Em uma das cenas, a mensagem Lula Livre pintada em letras garrafais no asfalto apareceu. Na imagem, Bolsonaro desfila no carro acompanhado de batedores da Polícia Federal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *