Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Restaurante Império Gourmet SJE
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Dr. Roberto Calumbí
Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Deixe Seu Like

13º ATRASADOS , PREFEITURA NEGA.

Entre as Prefeituras do Pajeú com dificuldades para atualizar pagamento de salários com os seus servidores estão São Jose do Egito e Santa Terezinha.

O ano de 2018 passou e até agora os prefeitos Evandro Valadares e Vaninho de Danda não conseguiram pagar o 13º salário.

O blog do Marcelo Patriota recebeu a denuncia dos Vereadores da oposição de SJEgito, dentre eles: Albérico Tiago, Alberto Loló, Antonio Andrade e Aldo da Clipsi. E foi repassado  ontem a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM que a oposição na Câmara acusa a gestão de,  além do 13º em São José do Egito, estar sem pagar dezembro e o 13º salário de aposentados e pensionistas, e já soma três meses sem pagar aos secretários municipais e servidores terceirizados. Em Stª Terezinha, a informação vem do Grupo da oposição liderado pelo Presidente da Câmara Dr. Junior.

 

Parte das secretarias receberão dezembro dia 10, como em outras cidades. Secretários, prefeito, vice e inativos são atuais gargalos, diz em nota

A prefeitura de São José do Egito negou em nota que haja atraso de servidores tal qual foi informado por esse blog, em nota que teve por base informações da oposição ao blog de Marcelo Patriota.

Segundo o setor econômico da municipalidade, o 13º salário do funcionalismo do município foi pago.

Também afirma que a Secretaria de Educação está com salários rigorosamente em dia e a Saúde já pagou dezembro aos efetivos também, assim como a Assistência Social.

A Prefeitura diz que algumas secretarias receberão dezembro até o dia dez de janeiro, como tem feito e anunciado parte das prefeituras na região.

Os gargalos, reconhece a prefeitura, são novembro e dezembro dos secretários, prefeito e vice, novembro, dezembro e 13º do aposentados e dezembro de alguns terceirizados, que geralmente é pago todo dia 10.

No caso dos aposentados e pensionistas, a prefeitura diz haver um déficit mensal, mas tem se reunido para buscar uma solução, já que tecnicamente a conta não fecha e, como em outras cidades, tem que complementar a folha dos inativos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *