1-banner1500x363

POLÊMICA – O SINDICATO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE STª TEREZINHA PERDEU OU NÃO SUA IMPARCIALIDADE POLÍTICA?

O atraso nos salários dos professores e aposentados da prefeitura de Santa Terezinha esquentou ainda mais o clima na cidade durante esta semana. Não faltou críticas ao gestor municipal e ao setor financeiro, queimaram até a imprensa; e agora o Sindicato dos Servidores Municipais. O blog do Pereira recebeu várias mensagens em Inbox de funcionários da prefeitura e de terceiros descendo a lenha dizendo que o Sindicato perdeu sua neutralidade política em Santa Terezinha ao se juntar com um vereador oposicionista para protocolar um ofício no meio da semana no MP cobrando o pagamento dos salários atrasados. Segundo os reclamantes a imparcialidade do sindicato foi por água a baixo e que o político aproveitou a ocasião para se alto promover; que o sindicato não era para ter aceito sua presença numa reivindicação completamente justificada como aquela.‘Nem ele e nem qualquer outro político’, diz um deles. Como um dos trabalhos do blog é socializar e com a isonomia do sindicato sendo questionada severamente, o canal foi ouvir o outro lado da história entrando em contato na manhã deste sábado (19) com o presidente Damião Nascimento para repercutir a polêmica. Segundo Damião Nascimento foi feita uma assembleia com os servidores municipais e em comum acordo foi escolhida uma comissão para protocolar o ofício no MP.

Damião disse que a decisão já havia sido tomada antes da divulgação  na imprensa da previsão de pagamentos, porque nada de oficial havia chegado as suas mãos como presidente. Ainda de acordo com Damião, o sindicato foi quem procurou a ajuda do vereador como presidente e representante do legislativo municipal, na intenção de resolver o problema. Foi uma questão trabalhista, nada haver com a política’. O presidente ainda informou que vai protocolar novos ofícios no MP e que convida os outros vereadores a participar. Quem não foi pode ir, estão todos convidados`. Segundo o presidente do sindicato, a prefeitura de Santa Terezinha tem mais de 500 funcionários efetivos e aposentados, mas nem um terço desses trabalhadores são associados