ProntoMaisLab
Sertão Online
Supermercado Queiroz

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

AS NOVAS DE INALDO SAMPAIO E MAGNO MARTINS

Coluna Fogo Cruzado – 17 de abril de 2019

1- Cidade com cerca de 110 mil habitantes, Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, vai presenciar uma eleição inusitada em 2020.

2- Está em curso a reunificação de importantes forças políticas do município, que estiveram juntas até 2011 e depois se separaram.

3- Essas forças são o deputado estadual Diogo Moraes (PSB), o ex-prefeito José Augusto Maia (Avante) e o ex-vereador Fernando Aragão (PSB), tio de Diogo.

4- Esse trio caminhou junto em várias eleições que se realizaram naquele município. Quem promoveu a separação, litigiosa, foi o então governadorEduardo Campos em 2013.

5- Na ocasião, o governador estava com raiva de José Augusto, que se bandeara para o PTB a fim de apoiar Armando Monteiro Neto para o governo estadual. O governador queria que ele apoiasse Paulo Câmara (PSB).

6- Em julho de 2013, após conceder audiência ao então deputado estadual, Édson Vieira (PSDB), já se preparando para ser candidato a prefeito na sucessão de Toinho do Pará, Eduardo disse o seguinte a este repórter:

7- “Precisamos juntar esses dois meninos (Diogo e Édson) para tirar a prefeitura das mãos de José Augusto”. Toinho do Pará era liderado deste último e não foi reeleito.

8- Em 2016, os dois de fato se juntaram e Édson ganhou a eleição com o apoio de Diogo Moraes, que fora seu adversário. O candidato da oposição, que perdeu por cerca de 900 votos, foi o então vereador Fernando Aragão (PTB), tio de Diogo.´

9- Em 2018 a aliança se desfez, porém foi infinita enquanto durou. O prefeito apoiou para o governo estadual o então senador Armando Monteiro Neto (PTB), ao passo que Diogo e Aragão votaram na reeleição de Paulo Câmara.

10 – Um ano depois, esse grupo que apoiou Armando para o governo estadual apoiou o vereador Augusto Maia (Avante), filho de José Augusto, para o cargo de presidente da Câmara Municipal.

11 – Agora, Zé Augusto está conversando com Diogo visando às eleições do próximo ano. Zé quer ser prefeito novamente, assim como Fernando Araújo que também deseja ser candidato mais uma vez. O prefeito ainda não definiu o nome do seu candidato.

É isso aí.

PRELIMINARES DA UNIDADE  \  Do vereador e presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia, filho do ex-prefeito deputado federal José Augusto Maia (Avante), sobre a conjuntura política municipal: “Para a gente chegar forte, com possibilidade de ganhar, é preciso que marchemos juntos nas próximas eleições”. Estão colocados até agora os nomes de José Augusto, Fernando Aragão, Helinho, Diogo Moraes e Augusto Maia.

UVA PARA EXPORTAÇÃO \  Ministro de estado que visita Petrolina não chega lá com as mãos abanando e nem sai de barriga seca. Foi o que ocorreu com a ministra Teresa Cristina (Agricultura). Ela pousou lá na última segunda-feira (15) e foi logo anunciando a liberação de R$ 3 milhões para a continuidade de um projeto de irrigação que produz uvas de vários tipos para exportação. Em reunião com produtores rurais, ela também anunciou que vai buscar uma parceria com o Governo de Israel para importar tecnologia de irrigação por gotejamento, prometendo também revitalizar a Embrapa que tem uma superintendência no município. A ministra estava acompanhada pelos secretários de Agricultura Familiar, Fernando Schwanke, e de Política Agrícola, Eduardo Sampaio,

UM DENTRO DO OUTRO  \  Ante a boataria que circula em Brasília de que o presidente Jair Bolsonaro estaria admitindo deixar o PSL por não ter uma relação harmônica com o presidente nacional do partido, deputado Luciano Bivar (PE), a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (SP), saiu-se com esta: “Quando há uma declaração de algum integrante do PSL, que às vezes chega distorcida no Palácio do Planalto), pode gerar algum ruído, aqui ou acolá. Mas não há nenhuma informação sobre o presidente deixar o PSL ou o PSL deixar o presidente. Isso não existe. É intriga da oposição. E vejam que há oposição dentro do próprio partido”.

ABUSO DE AUTORIDADE

O Congresso precisa aprovar urgentemente uma “Lei de Abuso de Autoridade” a fim de pôr um freio em abusos do Ministério Público e do Poder Judiciário. Só para citar um exemplo, o juiz federal Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, aceitou uma denúncia do Ministério Público contra o ex-governador Geraldo Alckmin, que será sucedido na presidência nacional do PSDB pelo ex-deputado Bruno Araújo (PE). O juiz aceitou denúncia protocolada pelo promotor do Patrimônio Público, Ricardo Manuel Castro, que acusa a campanha do tucano para o governo estadual de ter recebido dinheiro de “caixa dois” (quem não recebeu?). Se o Congresso não pôr um freio em certos promotores que se inspiram em Deltan Dallagnoll e vivem em busca de notoriedade, ai de nós!.

UMA INCORPORAÇÃO À VISTA  \  O TSE deve julgar nos próximos dias o pedido de incorporação do PHS com o Podemos que já foi solicitado pela direção nacional de ambos os partidos. Se o pedido for aprovado, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), que Eduardo Campos tentou levar para o PSB e não conseguiu. O PHS tem em Pernambuco um deputado estadual (Frabízio Ferraz) e o Podemos ter um deputado federal (Ricardo Teobaldo). Kalil foi convidado para o PSD pelo presidente nacional do partido, Gilberto Kassab.

E TOME FRENTE PARLAMENTAR! \  Deputados de partidos de esquerda criaram no Congresso uma “Frente parlamentar DM defesa dos bancos públicos”. A Frente vai tentar barrar a incorporação do BNB e do BASA pelo BNDES e a privatização das duas “joias da coroa”, CEF e Banco do Brasil. A Frente tem o apoio dos presidentes das Assembleias Legislativas de vários Estados do Nordeste, entre eles Eriberto Medeiros (PE), Othelino Neto (MA), Themístocles Filho (PI), Adriano Galdino (PB), Nélson Leal (BA) e José Sarto (CE).

CADÊ AS INFORMAÇÕES?   \  A vereadora Zirleide Monteiro, do PTB de Arcoverde, valeu-se da Lei de Acesso à Informação para solicitar ao presidente da AESA (Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde) a relação dos estudantes que recebem bolsa de estudo. Como a pergunta não foi respondida, ela pediu socorro ao Ministério Público. A Lei Complementar n° 02/1999, alterada em 2011 na gestão do então prefeito Zeca Cavalcanti (PTB), hoje opositor da atual prefeita Madalena Brito (PSB), prevê gratuidade para os servidores efetivos da autarquia, filhos ou cônjuges dos professores e servidores do quadro efetivo.

PRIMAVERA ASSUME CACHOEIRA \ Mais tradicional ponto turístico da Mata Sul de Pernambuco, que é a região mais pobre do Estado, a “Cachoeira do Urubu”, na cidade de Primavera, passou a ser gerida pelo município a partir desta terça-feira (16). A área, que pertencia ao Governo do Estado, foi cedida ao município pelo governador Paulo Câmara (PSB). A prefeita Dayse Juliana e o deputado federal Fernando Monteiro (PP) estiveram no Palácio do Campo das Princesas para assistir à assinatura do decreto. A queda d’água, de 77 metros de altura, fica localizada no Parque Ecológico Cachoeira do Urubu. O local tem ainda piscinas naturais, bares e área para pic-nic e camping.

MAIS AGENTES PENITENCIÁRIOS \ A pedido do secretário estadual de Justiça, Pedro Eurico, o governador Paulo Câmara resolveu nomear mais 151 agentes penitenciários aprovados em concurso público realizado em 2017. As nomeações fazem parte de um conjunto de ações visando à melhoria dos nosso sistema penitenciário. Próximos passos serão a entrega do presídio de Tacaimbó (Agreste) e da primeira etapa do Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga (Mata Norte).

COELHO DESPACHA UM MINISTRO E VAI ATRÁS DE OUTRO

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), continua percorrendo os ministérios atrás de recursos para o seu município. Hoje (16), menos de 24h após receber a visita da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o prefeito e seu pai, o senador Fernando Bezerra, já estava em Brasília numa audiência com o ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde).  Na pauta, claro, pedido de liberação de recursos para melhorar a rede municipal. O prefeito pediu autorização ao Ministério para o funcionamento de uma casa de partos municipal, que já está em construção. E recebeu a promessa de que a rede municipal receberá um reforço mensal da ordem de R$ 400 mil.

MEDALHA MANOEL SANTOS  \  Uma das primeiras medidas do deputado estadual e ex-presidente da Fetape, Doriel Barros (PT), na Assembleia Legislativa, foi a apresentação de um projeto de resolução instituindo a “Medalha Deputado Manoel Santos” a ser conferida a diversas personalidades que se destacarem no âmbito da agricultura familiar. Santos também foi líder rural e deputado estadual, tendo falecido em 2015, no exercício do mandato, no Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo. Era natural de Serra Talhada.

PROGRAMAÇÃO DE GRAVATÁ

Por ordem do prefeito Joaquim Neto (PSDB), a Secretaria de Turismo de Gravatá preparou uma programação tipicamente religiosa para o período da Semana Santa, período em que o município recebe milhares de turistas. A programação, que vai da quinta (18) ao sábado (20), terá shows e apresentações teatrais. Maria Clara, Forró do Muído e Davi Firma são atrações confirmadas, além da peça “A Paixão de Cristo” que será apresentada de quinta (18) a sábado (20) ao lado do pátio de eventos Chucre Zarzar.

MAIS UMA VIDA CEIFADA POR IRRESPONSABILIDAD \ A prefeita de Brejinho, Tânia Maria (PSB), decretou luto oficial de três dias, nesta terça-feira (15), pelo falecimento, num acidente de moto, da técnica de enfermagem  Thaysnara Pereira Nunes. A técnica residia no vizinho município de Teixeira (PB) e todos os dias se deslocava para Brejinho para atender com o médico Antonio Viana Valadares em três PSFs da zona rural. Hoje, quando se encontrava a caminho do trabalho, sua mota bateu de frente com um Van, que viajava na contramão. Ela, que tinha 26 anos de idade, era separada e deixou um filho, morreu na hora. A prefeita e o vice Manoel da carne se solidarizaram com a família da vítima, lamentando que uma vida tão nova tenha sido ceifada por culpa de um motorista irresponsável. Dois dias antes, um ex-vereador de Sertânia, Zequinha dos Correios, morreu nas mesmas circunstâncias nas proximidades de Tacaimbó.

DIA DO EXÉRCITO \ Oficialmente, o Dia do Exército é comemorado no dia 19 de abril. Mas, devido à Semana Santa, o Comando Militar do Nordeste decidiu comemorar nesta quinta-feira (18) o 371º aniversário do Exército Brasileiro. Haverá uma solenidade, às 10h, no seu Quartel-General, localizado na BR-232, Km 7, Bairro do Curado, no Recife. O novo comandante do Comando Militar do Nordeste é o general de Exército Marcos Antônio Freire Gomes. Ele assumiu o cargo no dia 21 de agosto de 2018 em substituição ao general Artur Costa Moura. Freire Gomes, ao ser nomeado Comandante Militar do Nordeste, exercia o cargo de Secretário-Executivo do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

TUDO PELA CASSAÇÃO DE LUPÉRCIO\  O advogado e candidato derrotado à prefeitura de Olinda, Antônio Campos (Podemos), não sossega enquanto não cassar o mandato do prefeito Lupércio Nascimento (SD). Nesta terça-feira (16), o TSC confirmou decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e devolveu para a 10ª Zona Eleitoral de Olinda o julgamento de uma “Ação de Impugnação de Mandato Eletivo” ajuizada pelo irmão de Eduardo Campos. A ação tinha sido extinta sem julgamento do mérito. Recentemente, porém, o juiz de 1ª instância proferiu despacho para as partes apresentassem provas, dando seguimento ao feito, sendo que Campos já as apresentar. Já a promotora eleitoral, Rosângela Furtado Alvarenga, solicitou prorrogação de prazo para conclusão do inquérito, que tramita na Polícia Federal, sobre as contas da campanha de Lupércio.

CORRIDA DE CEM METROS

Do próprio advogado Antônio Campos sobre a batalha que trava desde 2017 para tentar cassar o mandato do prefeito de Olinda, algo que dificilmente conseguirá: “Tem processo que é uma corrida de cem metros e outro que é uma maratona. Esse feito terá desfecho ainda esse ano e os fatos e as provas levarão inexoravelmente o prefeito Lupércio e o seu vice a terem os seus diplomas cassados”. A conferir.

Censura nunca mais

A abertura de um inquérito pelo Supremo para apurar fakes news, redundando na suspensão de algumas figuras notáveis nas redes sociais, entre as quais um general da reserva, gerou um pandemônio em Brasília. Em consequência, o ministro Alexandre de Moraes censurou o site Crusoé, por trazer uma informação comprometendo o presidente da STF, Dias Toffoli, na operação Lava Jato.

Ontem, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu o arquivamento do inquérito e a anulação de todos os atos praticados no âmbito da investigação, como buscas e apreensões e a censura a sites. No documento divulgado pela Procuradoria Geral da República, o órgão informa sobre o arquivamento do inquérito por considerar a investigação ilegal. Mas o inquérito, polêmico desde a instalação, foi aberto pelo Supremo sem participação da PGR. Por isso, a decisão sobre o arquivamento ou não caberá ao próprio STF.

O corregedor do Conselho Nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, determinou abertura de reclamação disciplinar para apurar o vazamento de trecho de delação do empresário Marcelo Odebrecht e que cita Dias Toffoli. Ele atendeu a pedido do conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, que solicitou que a Corregedoria verifique se algum integrante do MP está envolvido na divulgação de informações sigilosas.

Segundo reportagem publicada na quinta (11) pela revista Crusoé, a defesa do empresário Marcelo Odebrecht juntou em um dos processos contra ele na Justiça Federal em Curitiba um documento no qual esclareceu que um personagem mencionado em e-mail, o “amigo do amigo do meu pai”, era Dias Toffoli, que, na época, era advogado-geral da União.

Desde a ditadura militar não se via tamanho absurdo de censura. Os 11 ministros do Supremo se julgam deuses intocáveis, se acostumaram a meter a sua colher em tudo. Tiraram, por exemplo, várias atribuições do Congresso, interferindo em decisões polêmicas do parlamento. Se julga, igualmente, blindado. Tanto que interferiu e impediu a instalação de uma CPI no Senado para investigar o comportamento nada republicano de alguns dos ministros daquela corte.

Gilmar Mendes, por exemplo, é acusado pelo senador Jorge Kajuru (PSB-GO) de vender sentenças. Ofendido, o ministro abriu um processo criminal contra o político alagoano. Raquel Dodge não conseguiu arquivar o inquérito, sendo derrotada pelo próprio ministro Alexandre de Moraes. Não podemos permitir igual retrocesso no País. Censura nunca mais.

Cara de pau – Raquel Dodge pediu o arquivamento do inquérito por considerar a investigação ilegal. Mas o processo foi aberto pelo Supremo, sem participação da PGR, e a decisão sobre o arquivamento ou não caberá ao próprio STF. Na decisão de quatro páginas, o ministro Alexandre de Moraes, que negou o arquivamento, afirma que tal procedimento, como desejava a procuradoria, “não encontra qualquer respaldo legal, além de ser intempestivo, e, se baseando em premissas absolutamente equivocadas, pretender, inconstitucional e ilegalmente, interpretar o regimento da Corte”.

A voz das ruas – Vida de líder de Governo não é fácil. Na sexta-feira passada o senador Fernando Bezerra Coelho, líder no Senado, foi visto no aeroporto de Brasília pegando a fila de prioridades para embarcar com destino ao Recife. Ao ser reconhecido por três senhores que também iam no mesmo voo, teve que ouvir o sentimento de rejeição à proposta de reforma da Previdência. “Senador, cuide das nossas aposentadorias”, clamou os mesmos senhores em alto e bom som.

Mais irrigação – Na sua passagem por Petrolina e Juazeiro (BA), na última segunda-feira, a ministra da Agricultura, Teresa Cristina, prometeu retomar os investimentos nos projetos públicos de irrigação Pontal e Senador Nilo Coelho, que não recebem investimentos do Governo há mais de dez anos. Segundo ela, a ideia é ampliar em pelo menos três mil hectares de áreas irrigáveis para distribuição com pequenos agricultores. A medida será anunciada provavelmente pelo presidente Bolsonaro.

Agenda de Bolsonaro – Por falar em Bolsonaro, na sua primeira viagem ao Nordeste, prevista para maio, ele deve cumprir em Pernambuco uma agenda na Região Metropolitana e outra no Interior. Segundo o senador Fernando Bezerra Coelho, o presidente deve visitar a adutora do Agreste, uma das mais importantes do Estado, alimentada pela vazão da transposição do São Francisco. A obra está bem adiantada e fruto de uma parceria entre a União e o Governo do Estado.

Agradecimentos – Quero agradecer as centenas de mensagens que recebi pelas redes e no programa Frente a Frente pela minha volta ao batente. Foram manifestações sinceras, carinhosas, repletas de amor e muita emoção. Agradeço, igualmente, ao deputado Gonzaga Patriota (PSB), que também andou adoentado, pelo registro da Tribuna da Câmara dos Deputados, com direito a citação pelo programa Voz do Brasil. Tudo isso só nos encoraja ainda mais a continuar fazendo jornalismo com imparcialidade.

Abaixo o socialismo – Vereador no Rio e responsável pela alimentação das redes sociais do Governo Federal, Carlos Bolsonaro, filho do presidente da República, não perde uma oportunidade para bater em governos socialistas. O governador Paulo Câmara foi vitima ontem de uma postagem provocativa nas redes sociais. Carlos puxou um site informando que o Governo pernambucano havia dado um aumento absurdo no ICMS da carne bovina da ordem de 140%. E ainda provocou: “Eis como governam os socialistas”.

CURTAS

EM OLINDA – O deputado João Paulo, da bancada do PCdoB na Assembleia Legislativa, vai disputar a Prefeitura de Olinda e não de Jaboatão, conforme registamos ontem. O que se comenta é que sua candidatura já está sendo articulada pela vice-governadora Luciana Santos, junto com o deputado federal Renildo Calheiros, ambos do PCdoB e ex-prefeitos da Marim dos Caetés.

CURIOSIDADE – Dos 25 deputados federais eleitos em Pernambuco, 13 disputaram o pleito usando o número de campanha como número duplicado do respectivo partido. Confira: João Campos (4040), André Ferreira (2020), Luciano Bivar (1717), André de Paula (5555), Pastor Eurico (5151), Eduardo da Fonte (1111), Silvio Costa Filho (1010), Daniel Coelho (2323), Raul Henry (1515), Tulio Gadelha (1212), Ricardo Teobaldo (1919), Augusto Coutinho (7777) e Fernando Rodolfo (3131).

OLHO NO PLANALTO – Na entrevista que concedeu ao programa Roda Viva, da TV-Cultura, na última segunda-feira, o governador de São Paulo, João Dória, posou de candidatíssimo à Presidência da República. E quer unir todas as correntes do partido, tanto que retirou seu nome na disputa pela presidência do PSDB, anunciando que o seu candidato é o ex-deputado pernambucano Bruno Araújo.

Perguntar não ofende: Quando o plenário do Senado vai votar a CPI da Lava Toga, já derrotada na Comissão de Justiça?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *