ProntoMaisLab
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Giro pelos Blog’S (11.05.2019)

Blog de Inaldo Sampaio – 11 de maio de 2019

O governador Paulo Câmara recebeu nesta sexta-feira (10) a visita de diretores da empresa espanhola Aena, que a partir de 2020 irá administrar o Aeroporto Internacional dos Guararapes.

Eles informaram ao governador que o Aeroporto do Recife funcionará como base para as outras operações do bloco Nordeste, igualmente geridos pela empresa. O bloco é composto também pelos aeroportos de Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB).

Paulo Câmara destacou que a empresa espanhola tem, inicialmente, previsão de 36 meses de investimento, mas já existem outras ideias para melhorias do aeroporto do Recife além desse aporte.

O diretor de filiais da Aena, Rodrigo Marabini Ruiz, ressaltou a boa impressão que teve do aeroporto do Recife após a visita realizada hoje. “O nosso primeiro desafio será a transição de gestão entre a Infraero e a Aena. Queremos que essa transmissão ocorra sem nenhum problema. Depois, vamos nos ater aos primeiros investimentos, que estão definidos na base do contrato, como melhorias na sinalização e nos banheiros do aeroporto”, disse ele.

Estado empossará na próxima segunda mais 157 agentes penitenciários

O governador Paulo Câmara empossará na próxima segunda (13) 157 novos agentes penitenciários nomeados no mês de abril. Os agentes passaram por um período de três meses de treinamento, com um conteúdo teórico-prático que englobou tecnologia menos letal, escolta e condução, primeiros socorros, combate a incêndios e tiro de defesa, dentre outros assuntos.

Além do treinamento dos novos profissionais, o governo promoveu a aquisição de sistemas de inspeção de bagagens por raios-X, portais detectores de metal, banquetas de inspeção, detectores de metal manual, scanners corporais e coletes balísticos. Todos esses equipamentos serão usados para dar maior segurança aos agentes e evitar a entrada de materiais ilícitos nas unidades prisionais do Estado.

Os agentes ficarão subordinados à Secretaria de Direitos Humanos, dirigida pelo secretário Pedro Eurico.

Governador lamenta morte de ex-assessor de Miguel Arraes

O governador Paulo Câmara divulgou hoje (10) uma nota de pesar pelo falecimento de Almeri Bezerra de Melo, que foi presidente da Febem no segundo governo de Miguel Arraes, que foi seu companheiro de exílio na Argélia.

Confira:

“É sempre um grande pesar o desaparecimento de pessoas que dedicaram suas vidas ao trabalho em favor do povo. Almeri Bezerra de Melo foi uma dessas pessoas. Parceiro de inestimáveis guerreiros, como Dom Hélder Câmara, Herbert de Souza (Betinho) e Cândido Mendes, destacou-se como formador de lideranças católicas e, desde os anos 50, sua história se confunde com a da própria Ação Católica, entidade à qual dedicou a maior parte da sua vida. Também atuou com grande empenho junto ao Movimento de Educação de Base e ao Movimento de Cultura Popular, assessorando o mestre Paulo Freire. Forçado ao exílio em 1964, conviveu de perto, na Argélia, com o ex-governador Miguel Arraes, de quem se tornaria auxiliar no segundo governo. Neste momento de dor, quero me solidarizar com seus familiares e amigos”.

Mais 14 venezuelanos são abrigados no Recife

Um grupo de 14 venezuelanos desembarcou na Base Aérea do Recife nesta sexta-feira (10) após terem fugido da ditadura do presidente Nicolas Maduro

Eles vieram de Pacaraima (RR), na fronteira entre os dois países e se instalaram em casas alugadas pelo Cáritas nos bairros da Boa Vista, Encruzilhada e Campo Grande.

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude acompanha o atendimento das demandas apresentadas por eles e realiza as articulações com órgãos estaduais para garantia dos seus direitos com apoio do Comitê Interinstitucional para Migrantes, Refugiados e Apátridas. Agora são 87 venezuelanos morando no Recife, 112 em Igarassu e 31 em Carpina, num total de 230 imigrantes.

A Cáritas Brasileira é uma entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário. Sua atuação se dá junto aos excluídos, em defesa da vida e na participação da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural.

Bancada de Pernambuco vai se reunir na próxima segunda com reitores das universidades federais

Na próxima segunda-feira (13) a bancada federal pernambucana, composta por 25 deputados, vai se reunir com os reitores das universidades e institutos federais do Estado para discutir os cortes orçamentários anunciados pelo MEC.

A iniciativa foi do deputado Danilo Cabral (PSB), que é coordenador das Frentes Parlamentares em Defesa das Universidades e dos Institutos Federais. No total, poderão ser cortados R$ 140 milhões das universidades e dos institutos federais em Pernambuco. Segundo os reitores, se o corte for considerado de maneira fragmentada, existem rubricas cujo bloqueio de recursos chega a 43%.

PSB reafirma sua posição contrária à reforma da previdência

A bancada do PSB na Câmara Federal, liderada por Tadeu Alencar (PE), reafirmou nesta sexta-feira (10) sua posição contrária à reforma da Previdência. Na véspera, o governador Paulo Câmara esteve com o presidente Bolsonaro e, pelo menos da boca para fora, externou seu apoio à reforma.

“Entendemos a necessidade de ajustes no sistema previdenciário do País, mas não da forma como está colocado, que faz recair os impactos sobre os que ganham menos. O discurso é de combate a privilégios, mas o objetivo é apenas fiscal, atingindo diretamente os mais pobres”, disse o líder da bancada.

Desde a chegada da PEC 6/2019 ao Congresso, o Partido Socialista Brasileiro tem demonstrado suas preocupações em relação ao que é defendido na matéria, principalmente no que tange aos direitos dos mais pobres. No final de abril, o partido fechou questão contra o texto da reforma.

MDB divulga nota de solidariedade a Michel Temer

O MDB divulgou nesta sexta-feira (10) uma nota de solidariedade ao ex-presidente Michel Temer, que está preso na superintendência da Polícia Federal em São Paulo desde a última quinta-feira (9).

O partido considerou a prisão um “despropósito”, mas, mesmo assim, continua acreditando na Justiça brasileira e espera que “os excessos sejam contidos e que a verdade prevaleça no andamento das investigações”.

O partido já foi presidido por Michel Temer e está sob comando do ex-senador Romero Jucá. Temer é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

Seus advogados ajuizaram um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça, o processo foi encaminhado ao ministro Antonio Saldanha, que só deve se pronunciar na próxima terça-feira.

Presidente da comissão da reforma da previdência diz que maior adversário dela é o governo

O deputado Marcelo Ramos (PR-AM), presidente da comissão especial que analisa a reforma da Previdência disse nesta sexta-feira na Fundação Getúlio Vargas que o governo precisa “ser mais claro” sobre os objetivos das alterações no sistema previdenciário.

“Falta dizer que não é verdade que a reforma é só para combater privilégios. Ela é para fazer ajuste fiscal e pede sacrifícios de pessoas de renda média e baixa. Mas ela é necessária para gerar empregos para quem não tem renda nenhuma”, disse ele.
Reconheceu que o governo tem sido “inábil” na relação com o Congresso e que o maior inimigo da reforma, hoje, é o próprio governo.

O grito nordestino

Os governadores do Nordeste tiveram um encontro com Bolsonaro, na última quinta-feira, mais amplo e participativo do que esperavam. Trataram de vários assuntos, começando com a queixa do bloqueio de 30% no orçamento das universidades e dos institutos federais. Pediram a prorrogação e ampliação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb)

Eles disseram que apoiam a reforma da Previdência desde que sejam feitas alterações na proposta enviada ao Congresso Nacional, em temas como aposentadoria rural e benefício de prestação continuada (BPC). “Foi importante reiterar estes pontos de divergentes, ao ponto em que colocamos que aceitamos o diálogo”, disse o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

“A posição da região Nordeste, firme, é de que também defendemos a necessidade de mudanças para o equilíbrio na Previdência”, acrescentou o governador do Piauí, Wellington Dias. Acrescentou que os governadores colocaram como prioridade a prorrogação do Fundeb, mas também mostraram a “posição firme” contrária ao bloqueio no orçamento. “Na educação, nós colocamos como prioridade um cronograma para a renovação do Fundeb”, disse.

“A posição firme dos governadores do Nordeste no sentido de pedir que pudesse haver uma revisão em relação ao corte nas universidades”, acrescentou. “Fizemos um apelo ao presidente no sentido de rever o corte que foi anunciado junto as universidades federais e aos institutos federais. Fizemos este apelo levando em consideração o papel e a presença fundamental que têm estas universidades e institutos federais em todo o Brasil”, afirmou a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

“Foi importante reiterar estes pontos de divergentes, ao ponto em que colocamos que aceitamos o diálogo”, disse o governador do Maranhão, Flávio Dino. Já o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), disse que as mudanças poderão ampliar os votos favoráveis à reforma. Ele reforçou a posição de que as mudanças previdenciárias alcancem servidores estaduais e municipais.

Corte federal – A bancada federal bancada federal vai discutir com os reitores das universidades e institutos federais do Estado, na próxima segunda-feira, às 15h, na Universidade Federal Rural (UFRPE), o corte de 30% do orçamento decretado pelo Governo. As instituições de ensino vão apresentar o impacto do contingenciamento na continuidade de suas atividades de ensino, pesquisas, extensão e administração, além de articular estratégias para pressionar o governo a recompor o orçamento. No total, foram cortados R$ 140 milhões das universidades e dos institutos federais em Pernambuco. Segundo os reitores, se o corte for considerado de maneira fragmentada, existem bloqueios de recursos que chegam a 43%.

Pisou na bola – O deputado Túlio Gadelha (PDT) cometeu uma mancada contribuindo para a derrota do ministro Sérgio Moro na comissão especial que decidiu pela volta do Coaf ao Ministério da Economia. Voto favorável a permanência do órgão no Ministério da Justiça, Gadelha se ausentou da votação e foi substituído pelo suplente da comissão Subtenente Gonzaga, do PDT mineiro. Já o também pernambucano Daniel Coelho, líder do Cidadania na Câmara, não só votou com Moro como fez coro aos protestos da bancada contrária à mudança.(Comentário de Magno Martins, o blog não concorda, Gadelha fez o correto)

Debate com prefeitos – O presidente da Amupe, José Patriota (PSB), prefeito de Afogados da Ingazeira, disse, ontem, no Frente a Frente, que 20 deputados federais já confirmaram presença no encontro na sede da instituição na próxima segunda-feira. Eles vão ouvir as queixas dos prefeitos sobre a falência dos municípios, começando pela pauta da Marcha em Brasília, que está emperrada. Entra em discussão também o chamado Pacto Federativo, temática de um movimento no Congresso que vem ganhando corpo sob a coordenação do deputado pernambucano Silvio Costa Filho (PRB).

Moro ameaçado – Contrariado com várias medidas que tem de tomar por imposição do próprio presidente, o ministro Sergio Moro chegou a pensar em desistir, mas mantém-se no cargo por um projeto maior: uma vaga no STF. Quando Jair Bolsonaro chamou Sergio Moro à sua casa no Rio de Janeiro, no final de outubro, para convidá-lo oficialmente para ser o superministro da Justiça e Segurança Pública, o então juiz federal responsável pela Operação Lava Jato deixou claro ao recém-eleito presidente da República que acalentava o sonho de ser ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). “Mas não tenho vaga para o STF e sim para o Ministério da Justiça”, enfatizou o presidente.

Mais transparência – O deputado federal Fernando Rodolfo (PR) lançou, ontem, em Caruaru, o aplicativo Fernando Rodolfo, que permite ao usuário do Sistema Androide acompanhar de perto o trabalho do parlamentar na Câmara dos Deputados e em todo o Estado. O aplicativo, inclusive, possibilita o usuário/eleitor colaborar com o mandato de forma democrática e transparente, respondendo enquetes sobre os projetos de lei e também fazendo críticas e/ou sugestões para o mandato. “Nós temos a grata alegria de anunciar e presentear o nosso eleitor com o aplicativo, através do qual assumi o compromisso de ser transparente em tudo que diz respeito ao meu mandato”, disse.

Divisão socialista – O diretório nacional do PSB fechou questão contra a reforma da Previdência. Num primeiro momento a bancada bateu continência para o presidente Carlos Siqueira, mas a situação mudou. Há uma divisão nítida entre os deputados socialistas. Pelo menos 13 deles já se manifestam serem favoráveis, entre eles Júlio Delgado, de Minas, e o pernambucano Felipe Carreras. Pelo andar da carruagem na comissão especial muita gente ainda vai desobedecer a orientação da executiva. Resta saber se Siqueira terá disposição para fazer a degola partidária.

FECHAMENTO – Com o anúncio de ‘contingenciamento’ de 30% das verbas nas instituições federais de ensino anunciado pelo Ministério da Educação (MEC), o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) diz que as atividades podem ser encerradas em setembro. Em Pernambuco, a instituição tem 16 unidades e oferece 283 cursos técnicos, de graduação e pós-graduação a cerca de 27 mil alunos.

COUNTRY – O presidente do Country Clube, ex-vereador José Neves, garante que, em nenhum momento, agiu com estilo coronolesco ao adotar novas regras para visitantes. “O que fiz foi organizar e disciplinar mediante a apresentação de documentos na entrada”, afirma, adiantando que, ao contrário das restrições apontadas, ampliou de uma para duas vezes a oportunidade do visitante usar as dependências da instituição.

BOLSAS – Estão abertas, até quarta-feira, as inscrições para o Projeto Alavanca, que oferece bolsas de R$ 3 mil para professores da rede municipal de Jaboatão dos Guararapes, durante um semestre. A iniciativa é custeada pela ONG Somos Professores, por meio de financiamento coletivo, e pretende contemplar 15 projetos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na internet.

Perguntar não ofende: Quanto Bolsonaro irá liberar para o Estado na sua visita do dia 23 ?

Prefeito de Nova York volta a detonar Bolsonaro

: <p>cipriani hall wall street prefeito de nova york bill de blasio homenagem Câmara Bolsonaro</p>

“Se você quer vir em nossa cidade e se gabar de ser ‘homofóbico com orgulho’ e de destruir nosso meio ambiente, os nova-iorquinos vão denunciar essas porcarias. Se levantar-se contra sua ideologia destrutiva é ser radical, então somos radicais com orgulho”, escreveu o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, ao responder as críticas de Jair Bolsonaro.

Le Monde critica a ‘Pátria Armada Brasil’ de Bolsonaro

Isac Nóbrega/PR | Reuters: <p>bolsonaro armas</p>

O Le Monde repercutiu o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que facilita o porte de armas; segundo o jornal francês, Bolsonaro ignorou “a opinião do Congresso” e assinou decreto “considerado aberrante pela oposição, que flexibiliza as regras para compra de armas de fogo e seu porte na rua”.

Corte de Bolsonaro na Educação ameaça pesquisa de vacina contra zika

REUTERS/Carlos Jasso: <p>Pesquisador trabalha nos resultados de teste para impedir disseminação do Zika vírus, em laboratório da Cidade do Panamá. REUTERS/Carlos Jasso</p>

Entre as 3.474 bolsas da Capes suspensas pelo governo de Jair Bolsonaro, está a do estudante de doutorado da UFRJ Túlio Macedo Lima, que desenvolve pesquisa sobre vacina contra o vírus zika.

Rejeição impulsionada

Startup Arquimedes, que faz análise política nas redes, diz que avaliação do governo caiu de 48 para 39 pontos

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

O novo aumento da avaliação negativa do governo de Jair Bolsonaro, revelado na sexta-feira (10) pela pesquisa XP Ipespe, já havia sido detectado por especialistas que estudam o comportamento das pessoas nas redes sociais.

A startup Arquimedes, que faz análise política com base nas redes e criou um índice de sentimento em relação ao governo, verificou que a base de apoio do presidente se mantém estável. Houve, no entanto, uma migração lenta, a partir de abril, de internautas que antes se posicionavam de forma neutra em relação à administração de Bolsonaro.

AO QUADRADO

Dois episódios teriam impulsionado o aumento da rejeição do governo nas redes, segundo os analistas da Arquimedes: a crise entre Olavo de Carvalho, guru de Bolsonaro, e os militares e os cortes anunciados na educação.

O ISA (Índice de Sentimento Arquimedes), criado pela startup, caiu de 48 pontos positivos, em janeiro, para 39 em maio. A queda se deu principalmente pela migração de internautas neutros para o grupo dos negativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *