ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Até Escolas privadas de elite aderem à greve pela Educação

Os estudantes começaram a semana mobilizados e em preparação para o Dia Nacional em Defesa da Educação, na quarta-feira (15), quando serão realizadas manifestações em todas as capitais do país e inúmeras cidades onde há universidades públicas. Segundo a presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias, a expectativa é de que – além dos próprios estudantes, professores, pais e trabalhadores das instituições de ensino – a sociedade como um todo apoie e participe dos atos.

REDE PARTICULAR NA GREVE: A greve nacional em defesa de Educação ganhou a adesão de pais, professores e alunos de escolas privadas de elite e classe média em todo país. Colégios, escolas e faculdades como o Santa Cruz (SP), Anglo (SP), Waldorf (SP), Escola Ágora (SP), Politeia (SP), PUC (SP, RJ e BH), Escola de Sociologia e Política (SP), Andrews (Rio), São Vicente (Rio), Santo Ignácio (foto-Rio), Escola Parque (Rio), Escola da Travessa (Rio), Escola Amanayé (Florianopólis), Escola Internacional Sociesc (Florianopólis), entre outras das regiões norte e nordeste.

A iniciativa foi de pais de alunos das escolas privadas paulistas Equipe, Waldorf, São Domingos e Ítaca. Em poucas horas o rastilho atingiu as universidades públicas paulistas (USP, Unicamp e Unesp) a PUC-MG e mais escolas de vários estados. Em São Paulo, o ato público será às 14 horas, na avenida Paulista. Os interessados em aderir ao movimento devem clicar em http://chng.it/VPmN45XN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *