ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Sertão do Pajeú ganha floresta bioeconômica de umbu na Serra do Giz em Afogados da Ingazeira

por Blog do Euflavio Nunes |

Mais de 700 mudas de spondias tuberosa, popularmente conhecida por umbu, serão entregues a agricultores e gestores do Sertão pernambucano durante evento pedagógico e científico em Ibimirim. O objetivo é criar uma floresta bioeconômica de umbu na Serra do Giz, em Afogados da Ingazeira. A planta nativa do semiárido do Nordeste é resistente a altas temperaturas e à escassez de água, com elevado potencial bioeconômico, pelas propriedades nutricionais e farmacológicas, mas ainda pouco utilizadas. O modelo já é utilizado no Sertão baiano, onde comunidades tradicionais já potencializam os usos da planta, beneficiando e até exportando a cerveja da fruta.

“A cidade foi escolhida porque o prefeito José Patriota acolheu a nossa proposta e logo sugeriu fazer nascer uma floresta de Umbu no município, na Serra do Giz, uma Área de Proteção Ambiental e de Refúgio da Vida Silvestre. E, neste local, ainda há comunidades tradicionais”, disse a meteorologista Francis Lacerda, pesquisadora do IPA e coordenadora da Rede Nacional de Pesquisados (Ecolume). Patriota informou que várias comunidades serão beneficiadas com a iniciativa e destacou que parceria tem o objetivo de promover o desenvolvimento do agricultor e do ecossistema. “Recebemos alegremente as mudas e apoiamos esta inciativa por fortalecer a Caatinga e valorizar o semiárido com a multiplicação do umbuzeiro, uma planta típica e referência histórica de nosso bioma”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *