ProntoMaisLab
Sertão Online
Supermercado Queiroz

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Giro pelos Blog’S (13.o6.2019)

Estados ficam em maus lençóis

O relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), cedeu às pressões dos deputados do Centrão e fez uma maldade com os governadores, deixando Estados e Municípios fora do texto a ser votado na comissão e depois no plenário da Câmara.

Para tentar suavizar o castigo, o relator disse que Estados e Municípios ainda tinham uma brecha, através da apresentação de emendas quando o texto vier a ser apreciado e votado pelos 513 deputados. Se isso não ocorrer, caberão às assembleias legislativas o desafio de fazer o que o Congresso se omitiu.

Custo acreditar, porém, que deputados estaduais tenham coragem cívica para mexer em direitos dos aposentados em ano pré-eleitoral. Do jeito que está, as despesas dos Estados com inativos tendem a ficar administráveis no futuro. Só no ano passado, Pernambuco desembolsou mais de R$ 3 bilhões para cobrir a folha dos inativos.

Olho em 2022 – Em entrevista ao Frente a Frente de ontem, direto de Brasília, a deputada Marília Arraes confirmou que assumiu a vice-liderança do PT na Câmara e que não passa pela sua cabeça entrar na disputa pela Prefeitura do Recife, em 2020. Parece estar mais inclinada e estimulada com o projeto majoritário de 2022, quando tentaria costurar sua candidatura a governadora.

Fórum – O Governo Bolsonaro enviou proposta à Comissão de Orçamento do Congresso garantindo R$ 80 milhões para a construção da sede do Fórum Trabalhista do Recife. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), chegou a segurar o projeto de lei do Executivo, mas depois remeteu à Comissão. Silvio Costa Filho (PRB) é cotado para relator da matéria.

Trégua – O senador Jarbas Vasconcelos (MDB) rompeu o silêncio, ontem, ocupando a tribuna da Casa para propor uma trégua entre Governo e Congresso nas reformas que o País precisa. Citou a reforma fiscal para adequar os setores econômicos e defendeu em seguida um plano nacional para educação. “Não sou nem azul nem encarnado”, ressaltou, com bom humor.

Empréstimo – O plenário do Senado fez a leitura, ontem, do pedido do líder do Governo, Fernando Bezerra (MDB), para remeter à Comissão de Economia o pedido de empréstimo do Governo de Pernambuco ao BID no valor de U$ 37 milhões. O relator será o cearense Cid Gomes.

Pau no PSB – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, deu um chega para lá, ontem, nos governadores que pressionaram aliados para os Estados serem incluídos na reforma da Previdência. Ele se queixou do PSB, cuja bancada fechou questão contra, mas não citou Paulo Câmara.

PETROLINA – Vereador da bancada do PSL na Câmara de Petrolina, Gabriel Menezes teve uma longa conversa, ontem, em Brasília, com o deputado Sebastião Oliveira (PL). Saiu do encontro com a promessa de que terá o apoio de Sebá, como é mais conhecido, ao seu projeto de disputar a Prefeitura.

Perguntar não ofende: O que Túlio Gadêlha está fazendo em Brasília como deputado federal?

Coluna Fogo Cruzado –

Nenhum político do PSB de Pernambuco tem se revelado mais “antiBolsonaro” que o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, provável candidato do partido à sucessão de Paulo Câmara nas eleições de 2022. Ele não perde oportunidade para alfinetar o presidente da República mesmo quando não é chamado a opinar sobre temas do governo federal. Arranja sempre um jeito de dizer que Bolsonaro foi eleito em 2018 “prometendo emprego para todo mundo”, o que obviamente não é verdade, pois candidato a presidente, mesmo tendo um parafuso solto, não seria louco para fazer esse tipo de promessa. O que Geraldo Júlio aparentemente está desejando é ocupar em Pernambuco o espaço do “antiBolsonarismo”, sabendo-se que aqui no Estado ele obteve apenas 30% dos votos válidos, ante 70% do candidato do PT, Fernando Haddad. Quer fazer contraponto ao senador Fernando Bezerra, líder do governo no Senado, que deverá ser o principal candidato da oposição ao Palácio do Campo das Princesas. Porém, como 2020 é uma preliminar de 2022, o prefeito do Recife prega desde já a unidade dos partidos da Frente Popular. Não é algo difícil de se obter, desde que ofereça a vaga de vice de João Campos ao PT. O PCdoB já teve sua vez, inclusive no governo Paulo Câmara.

Troca de espaços

Em algumas áreas do PT, dá-se como certa uma aliança com o PSB, no Recife, em 2020, envolvendo a sucessão em Petrolina. Por esse suposto acordo, o PT indicaria o vice de João Campos (PSB), na capital, em troca da cabeça de chapa, em Petrolina, para o ex-deputado Odacy Amorim, que está na presidência do IPA mas não pensa 24h por dia no retorno à prefeitura.

Rompimento político

O prefeito de Carpina, Manoel Botafogo (PDT), anunciou ontem o seu rompimento com o ex-presidente regional do PSB, Milton Coelho, chefe de gabinete do governador Paulo Câmara. Botafogo ficou furioso porque Coelho teria dito que pretende formar uma grande frente de oposição naquele município, para enfrentá-lo, tendo como cabeça de chapa o ex-prefeito Joaquim Lapa.

Coelho de outra linhagem

Botafogo chegou a dizer que não reconhece Milton Coelho como liderança política em Pernambuco e que na chefia de gabinete de Paulo Câmara ele estaria se comportando como “desagregador”. Disse também que os “Coelho” que têm liderança em Pernambuco são os de Petrolina e que Milton Coelho, nascido em Codó (MA), não passaria de um “Coelho peba”.

Luta pela irrigação

Representante de Ouricuri na Assembleia Legislativa, o deputado Antonio Fernando (PSC), voltou animado de uma reunião que houve em Brasília entre os Ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Nacional para debater o “Canal do Sertão”, que levaria água do São Francisco para irrigar o Araripe. Essa era uma das bandeiras do ex-deputado Osvaldo Coelho.

Audiência pública

A Assembleia Legislativa fará audiência pública na próxima segunda-feira (17) para debater a duplicação da BR-423 que liga Garanhuns a São Caetano. A sugestão foi do deputado Sivaldo Albino, que vai disputar a prefeitura da “Suíça Pernambucana” pelo PSB. Essa duplicação foi prometida pelo ex-presidente Lula ao prefeito Luiz Carlos Oliveira, mas nunca saiu do papel.

A omissão de Raquel

Candidato, “por dentro da lista tríplice” ao cargo de procurador geral da República, o pernambucano José Robalinho Cavalcanti estranha o “silêncio” da atual procuradora, Raquel Dodge, sobre os diálogos entre o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sérgio Moro. Robalinho considera estranho que ela não tenha aberto a boca até agora para defender a instituição.

Despesa previdenciária

Ninguém da bancada do governo na Alepe contestou esta informação da deputada Priscila Krause (DEM) sobre a previdência estadual: nos 4 primeiros meses deste ano, Pernambuco gastou 170 milhões a mais com a sua folha de aposentados e pensionistas do que em igual período de 2018. Significa que sem a reforma da previdência, o déficit este ano chegará aos 3 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *