ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Educação, saúde e meio ambiente pioram em seis meses de governo Bolsonaro

 Em levantamento feito pelo jornal Folha de S. Pauloaponta que em 87 indicadores nacionais, que vão da economia ao meio ambiente, a maioria regrediu nos primeiros seis meses de governo Jair Bolsonaro.

Bolsonaro propõe barbaridades na educaçãoDos 87 indicadores oficiais analisados, 44 pioraram, 15 permaneceram estáveis e 28 apresentaram alguma melhora. “Entre os indicadores que mais apresentam deterioração estão os de educação, saúde e meio ambiente”, destaca a reportagem. Na educação, só houve melhora em apenas 1 de 12 indicadores elencados na área de educação: o ministério ofereceu mais contratos do Fies, o programa de financiamento estudantil. No entanto, os cortes no orçamento leveram a queda no número de bolsas de pesquisa e esvaziamento de ações para a educação básica. Investimentos federais para bolsas de alfabetização e apoio à educação integral foram zerados.O corte de R$ 5,8 bilhões do orçamento, impactou desde educação infantil à pós-graduação.Na saúde, os dados apontam piora na oferta de assistência básica, área que representa a porta de entrada para o SUS.

“Um exemplo é a queda no número de médicos que atuam nas unidades básicas de saúde, locais que, no parâmetro ideal, deveriam resolver até 80% dos casos que chegam ao sistema. Antes em crescimento, o número de profissionais passou de 30 mil, segundo dados de junho do último ano, para 26 mil neste ano”, aponta a reportagem, destacando ainda a queda no número de agentes comunitários de saúde.

Segundo especialistas ouvidos pela Folha, o desmonte do programa Mais Médicos é a principal causa da piora dos índices.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *