Gordo Construções
ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Giro pelos Blog’S(o7.10.2019)

*blog Inaldo Sampaio Coluna*

Dentre os bons programas do governo anterior que o governador Paulo Câmara fez questão de preservar, destaca-se o “Todos por Pernambuco” concebido na primeira gestão do governador Eduardo Campos. O modelo é simples, prático e objetivo. Dividiu-se o Estado em 12 regiões administrativas e cada uma delas vira sede de um seminário regional. Convida-se para o evento as lideranças políticas e sociais daquela região e todas têm o direito de fazer críticas e propor soluções. As reivindicações são sistematizadas pela Secretaria do Planejamento e Gestão a fim de serem introduzidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Como os pedidos são inúmeros e os recursos estaduais são cada vez mais escassos, é óbvio que menos de 5% dessas reivindicações cabem no orçamento do Governo do Estado, donde se conclui que ao final do seminário haverá mais gente insatisfeita com o governo do que o contrário. Em todo caso, ouvir o que o povo pensa e deseja dos seus governantes é sempre melhor do que virar-lhes as costas. É isto o que tenta fazer Paulo Câmara, inspirado em Arraes e em Eduardo Campos.

À disposição

Elias Gomes (PSDB) transferiu seu domicílio eleitoral de Jaboatão dos Guararapes para o Cabo de Santo Agostinho para ser uma “opção a mais” das oposições contra o prefeito Lula Cabral (PSB), afastado da prefeitura por decisão judicial. Se for convocado pelo conjunto das oposições, topa a parada. Mas não vai brigar para ser candidato.

Novo abrigo

Após um divórcio conflituoso com o PSOL, o ex-deputado Edilson Silva filia-se hoje às 18h ao PCdoB. O ato acontecerá na casa de eventos Jardim Aurora, localizada à Rua dos Palmares, 1306, em Santo Amaro. Silva teve passagem brilhante pela Assembleia Legislativa (2115-2018) como presidente da Comissão de Direitos Humanos.

Paciente grave

O senador Otto Alencar (PSD-BA), em artigo para a “Folha de São Paulo”, definiu o rio São Francisco como um “paciente grave”. Ele diz que o maior sintoma da morte de um rio é quando o mar invade suas águas. Isso já ocorre na foz, em Brejo Grande (SE), diz ele, “onde o São Francisco não tem mais força para entrar no Oceano Atlântico”.

Líder empresarial

Morreu ontem no Recife aos 88 anos de idade e foi sepultado ontem mesmo no cemitério Morada da Paz, em Paulista, o líder empresarial Newton Gibson, irmão do ex-deputado Nilson Gilson. Newton foi vice-presidente da Confederação Nacional do Transporte e do Conselho Regional Nordeste II do SEST/SNAT.

Cine teatro

Assim que assumiu a prefeitura de Camaragibe em decorrência do afastamento do prefeito Demóstenes Meira (PTB), a vice Nadegi Queiroz prometeu aos conterrâneos que só precisava de 6 meses para reabrir o Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro, na Vila da fábrica. Dito e feito. O cine foi devolvido à população totalmente restaurado.

Nomes de peso

Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, está em busca de “nomes de peso” para disputar as prefeituras das capitais no próximo ano. A questão de SP, que era a mais complicada, já está resolvida. O candidato será o ex-vereador Andrea Matarazzo (ex-PSDB). Kassab quer André de Paula no Recife, mas ele não parece muito interessado.

Só um mágico

Natural que após a aprovação da reforma da previdência, o próximo passo do Congresso seja a reforma tributária. Mas como conciliar a proposta do governo (que ainda não foi enviada ao Congresso) com a dos secretários da Fazenda e a do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), que já está na Câmara há várias meses? Só um mágico conciliaria!

Bolsonaro quer Gilson no Recife

À frente da Embratur numa missão que vem cumprindo bem-sucedida, por escolha pessoal e missão delegada pelo presidente Bolsonaro, o pernambucano Gilson Neto foi aconselhado, pelo próprio chefe, a transferir o seu domicilio eleitoral de Gravatá para Recife, com direito a uma conversa reservada: o senhor da República quer vê-lo candidato a prefeito da capital.

Pode vir a ser o nome da sua plena confiança para testar, eleitoralmente, no Recife, onde, a princípio, só teria Luciano Bivar, presidente do PSL, como alternativa. Empresário múltiplo – criador de gado guzerá para reprodução de filhotes no Mato Grosso, maior produtor de coco do Nordeste numa fazenda em Alagoas, dono de duas emissoras de rádio (Gravatá e Maragogi) e proprietário da banda Brucelose, Gilson Neto é, hoje, no staff de Bolsonaro, um dos que têm mais voz ativa e influência sobre o presidente, com chances de virar ministro do Turismo.

Aumento do Turismo – A ideia de isentar os Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália de visto de turismo e negócios, ideia dada por Gilson Neto a Bolsonaro, já produziu aumento de 52% de turistas estrangeiros no País, segundo o presidente da Embratur. O levantamento não é propaganda fantasiosa do Governo, mas da Associação Brasileira de Hotéis (ABH). A Embratur divulga o Brasil no exterior.

Topa – Numa entrevista gravada para o Frente a Frente, que irá ao ar hoje, às 18 horas, pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, Gilson Neto fala da origem da sua relação com Bolsonaro, do seu trabalho na Embratur, dos seus negócios empresariais e admite, pela primeira vez, que pode entrar no páreo pela Prefeitura do Recife.

Frente – Pré-candidato a prefeito do Recife pelo PDT, o deputado Túlio Gadelha postou nas redes sociais uma foto ao lado do líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (AP), uma das principais lideranças nacionais do Rede, e o presidente estadual do partido, Roberto Leandro, comemorando a construção da Frente Democrática e Popular do Recife. Candidatíssimo!

Candeeiro – Do prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB), ao se posicionar contra a privatização da Chesf: “O Luz para Todos vai se acabar nos rincões do Nordeste e o aumento da energia vai levar os mais pobres a voltar a usar candeeiro, o que deixou de existir em nossa região”.

Festa – Contas aprovadas viraram objeto de comemoração, uma exceção à regra. É o caso do prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), que teve suas contas de 2017 passadas a limpo pelo TCE. Trata-se do ano seguinte à herança maldita recebida pelo ex-prefeito Alexandre Arraes.

REINO ANIMAL – No Congresso, acontece de tudo: na última quinta-feira, na sessão pela passagem do Dia Mundial dos Animais, o deputado Fred Costa (Patriota-MG) surpreendeu a segurança da Câmara e os colegas adentrando ao plenário com o seu cão-guia, da raça labrador.

Perguntar não ofende: O ministro do Turismo se sustenta depois de ser indiciado no esquema do laranjal do PSL?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *