Gordo Construções
ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

VEREADORES | Sessão de Tuparetama teve posse de Evaldo e briga entre Arlã e Plécio

 

(Evaldo de Vada e Danilo Augusto, Evaldo teve posse ofuscada pela briga)

A sessão desta segunda-feira, 14/10 da Câmara de Vereadores de Tuparetama foi marcada por bate-boca entre vereadores e pela posse do suplente Evaldo de Vada (PSD)  que assume mais uma vez a vaga deixada pela parlamentar licenciada Priscilla Filó (PSL). A vereadora tirou licença maternidade e ficará afastada do legislativo durante quatro meses. Evaldo atua principalmente no distrito Santa Rita, onde reside, e integra a bancada de oposição.Já o momento de discussão acirrada que quase terminou em pancadaria se deu entre os vereadores Arlã Markson, da base aliada do governo municipal e Plécio Galvão, da bancada de oposição. Conhecido pelo seu tom provocativo, o vereador Arlã acabou tirando a paciência do vereador Plécio (aniversariando no dia de hoje), que o interrompeu em alguns momentos. O tom crescente do bate-boca chegou ao extremo quando Plécio respondeu a determinada provocação de Arlã chamando-o de velhaco e Arlã devolveu chamando-o de ladrão. Plécio partiu para cima do colega vereador, sendo contido pelo presidente da casa, Danilo Augusto.

A sessão foi interrompida pelo presidente Danilo Augusto e foi retomada em seguida, quando os ânimos se acalmaram. No entanto os vereadores da situação preferiram abandonar a sessão, em solidariedade a Arlã. Na continuidade da sessão os vereadores condenaram a fala de Arlã e o vereador Plécio pediu desculpas à população pelo ocorrido, utilizando também seu tempo de fala para responder às acusações recebidas.

O ex-prefeito Dêva Pessoa esteve presente à sessão para prestigiar a posse de Evaldo e preferiu deixar o recinto antes do encerramento da sessão. Dêva comentou em sua rede social: “Plécio já passou por tanta coisa na vida, que não pode e não será  um vereador a denegrir sua imagem com palavras de baixo calão. Que ele continue com sua luta, firme aos seus princípios, na luta pelos seus propósitos. Que as agressões sofridas injustamente possam se transformar em coragem para continuar na lida. Mais perverso foi o mundo e não conseguiu lhe vencer. Firme na luta Pressão!!!! Conte conosco sempre”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *