Gordo Construções
ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

CULTURA | Começa nessa sexta (1) o ‘2º FESTIVAL CHAMA VIOLETA’ em INGAZEIRA-PE

Nenhuma descrição de foto disponível.

O chama violeta é um festival de artes que acontece entre o dia 1º e 3 de novembro na comunidade rural Minadouro, município de Ingazeira no alto sertão do Pajeú pernambucano. O festival integra ações do projeto permanente na comunidade: NO MEU TERREIRO TEM ARTE, atuante desde outubro de 2015. O projeto é uma iniciativa independente da artista e  produtora Odília Nunes. Nesta segunda edição a comunidade irá receber oficinas de cinema, oficinas criativas para as crianças além de uma extensa programação artística durante os três dias de evento. Palestra sobre inclusão, espetáculos de dança, teatro e circo, cinema, música, poesia, cultura popular e rodas de conversa, ocuparão os terreiros das casas, transformando a comunidade numa mina de arte e cultura. Este ano para realização da II edição do festival, Odília Nunes promoveu uma Vaquinha virtual juntando 15.000,00 para arcar com a logística de passagens, alimentação e produção. Todos os artistas participam de forma voluntária no projeto. Espetáculos de Recife, Caruaru, Petrolina, Arcoverde, Salvador, Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás fazem parte da programação.

Festival 'Chama Violeta no Sertão' — Foto: DivulgaçãoNo Meu Terreiro Tem Arte

NO MEU TERREIRO TEM ARTE propõe uma combinação de ações que envolvem a artista Odília Nunes, grupos e artistas que recebe em sua casa no Sítio Minadouro e a comunidade. O mote do projeto são as apresentações de espetáculos gratuitos realizadas nos terreiros (quintais) das casas da comunidade e a realização de oficinas criativas na escola municipal local.

Nos últimos três anos, os terreiros do Minadouro receberam espetáculos teatrais, narração de histórias, espetáculos de dança, serenata musical, exposição fotográfica, saída de palhaços, espetáculos circenses, shows de música. A escola municipal recebeu oficinas de música, dança, teatro e conscientização ambiental.

Nenhuma descrição de foto disponível. O projeto é independente, não tem qualquer incentivo público ou privado, e conta com a amizade e a generosidade dos seus parceiros.

Nenhuma descrição de foto disponível. A contrapartida da realizadora é hospedagem solidária, alimentação e a possibilidade de troca com um público tão especial. O projeto tem tentado oferecer espetáculos uma vez por mês nos terreiros de Odília e de seus vizinhos.

A cada apresentação uma nova família recebe a brincadeira ou, em caso de chuva, a igrejinha da comunidade. A estadia de cada grupo participante do projeto é aproveitada ao máximo, com a promoção de apresentações, oficinas e debates para a comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *