Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Centenário de Rogaciano Leite contará em sua programação com a II Feira Literária do Pajeú

 Jornalista João Paulo Pereira dos Santos\Repórter do Sertão

No ano que vem será comemorado em Itapetim, no Sertão do Pajeú, o centenário de Rogaciano Bezerra Leite. Uma vasta programação será organizada pela Prefeitura através da Secretaria de Cultura e do Conselho Municipal de Turismo para celebrar a data de nascimento do poeta e jornalista que, se estivesse vivo, completaria cem anos em 1º de julho de 2020. Como parte da programação de comemoração do centenário de Rogaciano está a II Feira Literária do Pajeú, realizada pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). O evento acontecerá nos dias 23, 24 e 25 de julho do próximo ano em Itapetim, terra natal do poeta, que ficou conhecido em todo Brasil e fora dele pelo grande talento da literatura popular e erudita, com diversos poemas publicados, além do livro Carne e Alma, a sua maior e mais citada obra.

A confirmação de que Itapetim seria contemplada com a Feira Literária aconteceu na última terça-feira (29) em reunião realizada em Recife entre o prefeito de Itapetim, Adelmo Moura, o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Ailson Alves e o presidente da Cepe, Ricardo Leitão. O encontro também contou com a presença do professor itapetinense Marcos Nunes, um dos grandes incentivadores e defensores da cultura local. Filho do casal de agricultores Manoel Francisco Bezerra e de Maria Rita Serqueira Leite, Rogaciano nasceu no dia 1° de julho de 1920 no sítio Cacimba Nova, na zona rural de Itapetim. Conheça mais sobre a história do poeta clicando (aqui).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *