Gordo Construções
ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Bolsonaro e Paulo Guedes propõem extinção de municípios; na lista: Ouro Velho, Prata, Amparo e Ingazeira

Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo GuedesNa Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do chamado Pacto Federativo, apresentada nesta terça-feira, 5, ao Congresso Nacional, Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, propõem a extinção de municípios como:  Ouro Velho, Prata, Amparo(Paraíba)  Ingazeira, Itacuruba. Na PEC, esses municípios  desapareceriam. Pela proposta, municípios com menos de 5.000 habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total serão incorporados pelo município vizinho. Além disso, serão criadas restrições para criação de novas cidades. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 1.254 municípios com menos de 5.000 habitantes, o que equivale a 22,5% do total de 5.570 municípios brasileiros. Na PB Confira quais são: Caturité, Congo, São João do Tigre,São João do Cariri, Prata,Caraúbas, Assunção, São José dos Cordeiros, São Sebastião do Umbuzeiro, Gurjão, Ouro Velho, São Domingos do Cariri, Santo André, Amparo , Zabelê, Riacho de Santo Antônio, Coxixola e Parari. Em PE no Sertão: Ingazeira e Itacuruba .

\\Segundo o catedrático( alerta Santos Mello), o plano de Bolsonaro e Guedes(PLANO DO MAL) anunciado ontem como “Plano mais Brasil” reúne um conjunto de medidas que na prática suspendem os direitos sociais e o arranjo federativo previstos na Constituição Federal de 1988.A despeito da festa da Globo, Folha, Bolsonaro e até de ‘setores da esquerda’ [juntos e shallow now?], foi da mesma forma que o AI-5 suspendeu os direitos políticos e interferiu diretamente no “pacto federativo”.“O plano Guedes suspende os direitos sociais e aniquila milhares de municípios.”De acordo om o professor da Unicamp, o plano Bolsonaro/Guedes ataca o funcionalismo público e possibilita a redução salarial de até 25%, qual seja, vem aí o maior arrocho da história deste País.Para saúde e educação, em perspectiva, a longo prazo, o pacote é uma tragédia porque “simplesmente extingue o PPA (Plano Plurianual) e acaba com vinculações, obrigação de gastos e fundos voltados para educação e saúde.”//

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *