Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Poeta Valdir Teles é declarado Patrono do Repente e da Cantoria de Viola de PE

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz "Valdir Teles é declarado patrono do repente da cantoria de viola de Pernambuco. Casae ALEPE FOLHAdePERNAMBUCO deP HA Poesiapopular Também aprovado Comissão AdministraçaooPl 1282/2020, que declara opoeta Valdir Teles comoPatrono Repente da Cantoria de Pernambuco. Poesia popular oiaprovado na Comissão Administração oPLno /2020, declarao poeta Valdir ecm Patrono Repente Cantoria Viola Pernambuco"Em sua rede social Mariana Teles escreveu Dia que: ” chegando o dia dos pais. Muita saudade! Mas gostaria de registrar nosso agradecimento por duas homenagens que Painho recebeu recentemente. Essa semana, o Diário Oficial do Estado publicou a Lei Ordinária 1282/2020 de autoria dos deputados Waldemar Borges e Antonio Moraes,  que torna Valdir Teles Patrono da Poesia Popular em Pernambuco. A CCLJ, ainda essa semana, também aprovou a sua indicação para a Medalha do Mérito Cultural Gilberto Freyre, indicação do amigo querido de tantas lutas com Painho, Alvaro Porto.
Painho foi uma figura simples, avesso aos holofotes, mesmo tendo escrito e cantado sua história nos palcos. De hábitos e vida totalmente distante de vaidade. Sua vaidade era o aplauso do seu repente, estava na agenda cheia e na preferência quase unânime que desfrutava entre os colegas e apologistas. Mas duas homenagens como essas, são recebidas com muita gratidão e saudade, por revelarem a capacidade de fazer amigos, outro dom extraordinário de Painho e por alcançar todo segmento do repente e da poesia, trincheira de cultura tão invisível para as instituições e que padece da falta de olhar dos palácios e de atenção dos “protocolistas”. Minha gratidão especial ao Deputado Waldemar, Wal é uma figura querida de nossa família e todos os “fazedores de cultura” do Pajeú. Sou testemunha do quanto seu mandato é uma tribuna de todos nós. Temos muito orgulho do nosso voto. O Deputado Álvaro era a garantia certa de uma risada grande numa ligação com Valdir. Amigo de outras e longas datas, cresci vendo o tratamento amigo e presente de Valdir nas lutas de Alvaro e de Alvaro nas lutas de Valdir. Para além do campo político, recebemos com muita saudade e gratidão esses dois gestos.’Pontuou Mariana em seu Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *