Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Oposições desistem de anunciar chapa incompleta

Coluna Fogo Cruzado – 31 de maio de 2018

Vice das oposições deverá passar também pelo crivo da prefeita de Caruaru Raquel Lyra 

As oposições pernambucanas adiaram pela terceira vez o anúncio da chapa majoritária que irá disputar as próximas eleições. Alegou-se como causa o rescaldo da greve dos caminhoneiros, mas na verdade o motivo foi outro: a falta de entendimento interno para a escolha do vice e do segundo candidato a senador. Há consenso nos sete partidos que formam a frente oposicionista em torno do nome de Armando Monteiro para disputar o governo e do deputado Mendonça Filho para concorrer a uma das vagas no Senado. Mas ainda não se chegou a um acordo sobre o nome do vice e o segundo candidato a senador. Tudo que se sabe até agora é que o vice será do PSDB, indicado pelo deputado Bruno Araújo, que se nega a concorrer por não querer pôr seu mandato em risco e ter sido ministro do governo Temer, que é fortemente rejeitado em Pernambuco. Cogitou-se para esta vaga o vereador recifense André Régis. Mas não houve avanço dentro do partido, que passou a examinar o nome do ex-deputado Guilherme Coelho, que tem a vantagem de ser sertanejo de Petrolina e a desvantagem de morar em São Paulo. A vaga portanto está em aberto e deve passar também pelo crivo da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra. Quanto à segunda vaga de senador, continua a indecisão entre o deputado federal Sílvio Costa e o deputado estadual André Ferreira. Fora desses dois será uma surpresa.

Quem será o caruaruense?

O senador Armando Monteiro (PTB) prometeu que a chapa majoritária das oposições teria um representante de Caruaru, mas talvez essa promessa não seja cumprida por falta de nomes. O ex-governador João Lyra Neto (PSD) já decidiu que não disputará nenhum cargo nas próximas eleições e o suplente de senador Douglas Cintra está excluído por pertencer também ao PTB.

Caos geral – Difícil encontrar um setor da economia que não tenha sido afetado pela greve dos caminheiros, única categoria profissional que conseguiu parar o país. Até o Estaleiro Atlântico Sul foi obrigado a dar férias coletivas aos seus servidores por falta de insumos para trabalhar.

Boa solução – Louvável a ação do Exército ontem, em Suape, garantindo a entrada de veículos para o transporte de combustíveis, embora tenha chegado com atraso. Se a Constituição prevê que o monopólio da força pertence ao Estado, ela já deveria ter sido usada há muito tempo.

Sem João! – João Paulo seria um nome forte para vice de Paulo Câmara (Raul Henry não será mais candidato) se não tivesse a cara do PT. Ele se filiou ao PCdoB para facilitar sua ida à chapa da Frente Popular, mas 90% dos recifenses não sabem que ele trocou de partido.

Pelo Recife – Jarbas Vasconcelos (MDB) iniciou pelo Recife sua campanha para senador, devendo visitar neste mês de junho todos os mercados públicos da capital. Só a partir de agosto viajará com Paulo Câmara para visitar as bases do interior, das quais está afastado há 12 anos.

Para Audálio – Morreu ontem aos 89 anos o jornalista Audálio Dantas, que presidiu o Sindicato dos Jornalistas de SP entre 1975 e 1978. Ele tornou-se celebridade nacional ao protestar com patriotismo e bravura contra o assassinato, mediante tortura, do jornalista Vladimir Herzog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *