Dr. Robson Stênio

Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

~~~Giro pelos Blog’S–( Sábado 26.09.2020)~~

Bolsonaro fora da eleição

Com agenda marcada para Pernambuco na próxima quinta-feira, quando cumprirá uma agenda hídrica, inaugurando a Adutora do Pajeú, com uma visita pelo meio ao Ramal do Agreste, o presidente Bolsonaro mandou um recado, ontem, pelas redes sociais, aos que estão forçando a barra na identificação das suas candidaturas com o Palácio do Planalto. Afirmou que não deem crédito a quem aparecer em campanha informando que tem o seu apoio.

Com isso, o presidente quer dar um basta aos que insistem em explorar a sua imagem, principalmente agora quando sua popularidade volta aos patamares anteriores de popularidade, na campanha para prefeito, principalmente nas capitais. No caso do Recife, dois candidatos querem e trabalham o tempo todo pelo apoio do presidente: Alberto Feitosa, do PSC, e Marco Aurélio, do PRTB. Mendonça Filho, do DEM, trabalha também o eleitorado de centro direita.

É esse segmento que deu a Bolsonaro 44% das intenções de voto no Recife na eleição presidencial de primeiro turno em 2018 e 48% no segundo turno. Impossível imaginar que alguém que votou em Bolsonaro, considerado na época como um candidato conservador e de direita, possa votar num candidato de esquerda no Recife, que seriam as opções Marília Arraes, do PT, e João Campos, do PSB.

Bolsonaro decidiu, não se sabe lá por quais razões, ficar de fora da disputa municipal em primeiro turno. Há quem admita que esse envolvimento só venha a se dar de fato no segundo turno nas capitais. Um dos fatores que teriam convencido o presidente a não se comprometer com candidatos em primeiro estaria relacionado ao fato de não estar filiado a partido algum, tendo recentemente deixado o barco do PSL, por desentendimento com o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar.

Era de se esperar que Bolsonaro abrisse uma exceção para o Rio, sua principal base eleitoral, por onde conquistou todos os seus mandatos de deputado federal antes de virar presidente da República. Mas o tempo está mostrando, na prática, que não haverá exceção e que qualquer carimbo de Bolsonaro com as urnas municipais se dará apenas no segundo turno.

Adutora – Pela programação inicial, a aeronave do presidente pousará em Campina Grande. De lá, Bolsonaro segue de helicóptero para a estação de bombeamento da bacia do projeto de Transposição em Sertânia, de onde seguirá a água para a Adutora do Pajeú, região formada por 17 municípios, entre eles Afogados da Ingazeira, sede da Diocese Católica. A adutora deu uma alavancada no abastecimento de água de vários municípios. São José do Egito, berço da poesia e do repente nordestino, saiu do colapso de abastecimento de água depois da instalação da adutora.

Ramal do Agreste – Está na agenda do presidente, também, uma vistoria às obras do Ramal do Agreste, projeto orçado em mais de R$ 1 bilhão, que levará água para mais de 60 municípios pernambucanos entre o Agreste e Sertão, atingindo, inclusive, Caruaru, que sofre hoje colapso em seu abastecimento. Os efeitos do Ramal também serão sentidos no polo de confecções do Agreste, cujo coração é Santa Cruz do Capibaribe, onde o apresentador Ratinho, do SBT, está abrindo um shopping popular orçado em mais de R$ 30 milhões.

Protesto – Um ato com cruzes, caixões e carteiras escolares aconteceu na manhã de ontem, no Pátio da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, na Avenida Dantas Barreto, no Centro do Recife. A ação foi realizada em protesto contra o decreto que determina a volta às aulas presenciais no Estado, a partir de 6 de outubro, para alunos do 3º ano do ensino médio. A manifestação foi organizada pelo Sindicato dos Professores da Rede Municipal do Recife (Simpere). De acordo com participantes do ato, a retomada das atividades coloca em risco a saúde de alunos, parentes e professores. Em Pernambuco, os estudantes estão com as aulas presenciais suspensas desde março, como medida de prevenção à pandemia do novo coronavírus.

Emergência – Em Pernambuco, 114 dos 184 municípios estão em situação de emergência devido à estiagem prolongada. O decreto, válido por 180 dias, determina que as localidades afetadas pela falta de chuva recebam recursos e auxílios para lidar com o problema.  Em 11 de setembro, foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto de situação de emergência para 55 municípios pernambucanos. Posteriormente, no dia 19 do mesmo mês, essa lista aumentou, com a inclusão de outras 59 cidades. Segundo o secretário-executivo da Defesa Civil, coronel Lamartine Barbosa, os valores destinados para cada cidade variam de acordo com o planejamento e a necessidade do local.

CURTAS

REDE BOLSONARISTA – Investigado em dois inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre propagação de notícias falsas e financiamento de atos antidemocráticos, o empresário Otávio Fakhoury, apoiador de primeira hora do presidente Jair Bolsonaro, quer montar uma rede de comunicação conservadora de direita no Brasil. O projeto inclui o controle sobre emissoras de rádio e uma rede de TV. “Tenho em papel ainda o projeto de estação de rádio e de rede de televisão que é algo que eu não tinha estudado, mas me foi oferecida uma participação. Não foi adiante, mas sei que existem interessados. Está no meu radar”, disse ele.

APOIO DO BNDES – O projeto, segundo Fakhoury, alia suas posições políticas pessoais e interesses empresariais. Para ele, o Brasil não tem hoje um veículo de comunicação de direita fora da mídia alternativa. “O mercado hoje não tem isso. É vantajoso porque não vejo no mercado hoje uma rede de rádio ou televisão com viés de direita. Se algum anunciante quiser, não tem”, afirmou. Para viabilizar o projeto, Fakhoury conta com parcerias de empresários amigos e diz que, se necessário, vai buscar financiamento no sistema bancário, inclusive o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), controlado por Bolsonaro.

Perguntar não ofende: E o projeto Renda Brasil foi para as cucuias?

Coluna da Folha / Edmar Lyra

Patrícia x Mendonça: um jogo de vida ou morte 

A pesquisa Ipespe em parceria com a Folha de Pernambuco trouxe um elemento muito importante na disputa pela prefeitura do Recife. Além da disputa familiar entre João Campos e Marília Arraes, a Delegada Patrícia Domingos e Mendonça Filho prometem fazer uma disputa fratricida pela hegemonia da direita na capital pernambucana.

Apesar de um empate técnico entre Patrícia e Mendonça, a primeira com 14% e o segundo com 13%, existem nuances que apontam para um jogo de vida ou morte em novembro para os dois. Eles disputam uma mesma faixa de eleitorado, e se repetir o histórico de eleições anteriores, um deles tende a minguar muito até o dia 15 de novembro para que o outro tenha alguma chance de chegar ao segundo turno.

A favor de Patrícia pesam a sua baixa rejeição, apenas 26% e seu alto desconhecimento, 37%. Essa mistura permite avaliar que a delegada tem muita condição de crescer, mesmo sem ter uma grande estrutura. Seu caminho pode ser a classe média, público refratário ao PSB e ao PT, e mais afeito às redes sociais, que é onde a delegada pode se fortalecer, uma vez que terá um guia eleitoral pequeno.

Mendonça Filho por sua vez, tem ao seu favor o segundo maior guia eleitoral da disputa, ele terá que ser utilizado de forma competente para que o eleitor que rejeite o PT e o PSB o identifique como a melhor opção, porém com 92% de conhecimento do eleitorado, 57% de rejeição e apenas 13% de intenção de voto, Mendonça terá um desafio hercúleo nesta campanha para apresentar algum tipo de competitividade, uma vez que esses dados em conjunto apontam para uma desidratação no decorrer da campanha como aconteceu em 2012 com o próprio Mendonça e com Cadoca em 2008.

O fato é que o voto útil poderá ser fatal para Mendonça ou Patrícia na reta final da eleição, e a dúvida é se vai prevalecer a altíssima rejeição de Mendonça ou a pequena exposição de Patrícia para saber quem terá condições de chegar ao segundo turno.

Denunciado – A Lava Jato do Rio de Janeiro denunciou Frederick Wassef, ex-advogado da família Bolsonaro, pelos supostos crimes de peculato e lavagem. A denúncia foi na Operação E$quema S. Era na casa de Wassef, em Atibaia, que estava escondido o ex-assessor Queiroz.

Guia – A Justiça Eleitoral divulgou a tabela com a representatividade dos partidos na Câmara dos Deputados para a distribuição do tempo da propaganda eleitoral no rádio e na televisão. A Portaria TSE 722/2020 foi publicada nesta sexta-feira (25). PT, PSL e PP ficam com os maiores tempos. 60% do tempo irá para os candidatos a prefeito e 40% para os vereadores.

Vaga – O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, informou que se aposentará em 13 de outubro, três semanas antes do previsto. A saída do decano abre a primeira vaga no STF durante o governo de Jair Bolsonaro, a quem cabe indicar o substituto. O novo nome indicado dependerá também da aprovação da maioria absoluta do Senado.

Inocente quer saber – O segundo turno é fato consumado no Recife?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *