Dr. Robson Stênio

Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

~~~Giro pelos blog’S—( Terça-feira — 13/10/2020—)~~

É hora de fiscalizar João

O candidato do PSB a prefeito do Recife, João Campos, já recebeu toda ajuda financeira legal prevista para gastos de campanha: R$ 7,5 milhões. O repasse foi efetuado diretamente pelo partido, extraído do chamado Fundo Eleitoral. De acordo com a Lei das Eleições, as despesas são calculadas no limite definido nas últimas eleições municipais, atualizadas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA.

Dessa forma, o limite de gastos foi atualizado em 13,9% para o pleito deste ano. Conforme a legislação, em caso de descumprimento dos limites fixados, a campanha pode ser condenada ao pagamento de multa de 100% e a responder por abuso do poder econômico. João não pode receber mais nenhum tipo de apoio financeiro declarado, o que afasta qualquer possibilidade de doação legal de empresa A ou B. Os empresários simpáticos ao projeto do socialista, portanto, podem tirar o cavalinho da chuva.

A não ser, evidentemente, que pratiquem o chamado caixa dois de campanha. Os adversários de João devem aumentar a fiscalização nas contas dele, a partir de agora. Qualquer doação além da registrada pelo PSB, de R$ 7,5 milhões, o que bateu o teto permitido, será considerada abuso de poder econômico, levando sua candidatura a ser impugnada. Caixa dois, prática secular no País, desnudada na operação Laja Jato, é crime. Qual o empresário irá correr tal risco?

Dos candidatos do PSB pelas capitais, João só perde em doações para Márcio França, de São Paulo, que recebeu mais de R$ 9 milhões. O partido ainda distribuiu, nos últimos dias, cerca de R$ 65 milhões com os mais diversos postulantes socialistas no País, incluindo também os que tentam uma vaga no parlamento municipal. Se o PSB, partido de pouca representação no Congresso, movimenta tamanha grana, imagine os maiores, como o MDB, PSL e PT?

Essa bagatela é dinheiro suado dos impostos pagos por todos nós, cidadãos brasileiros, para bancar campanhas de políticos, isso sem falar que todos os partidos ainda são financiados ao longo dos 12 meses do ano por outro fundo, o Fundo Partidário, responsável pelo pagamento das folhas de pessoal das legendas e de todas as despesas e logísticas.

Dinheiro que poderia muito bem ser investido em saúde, educação, segurança pública e na infraestrutura sucateada do País, como a malha viária. Pernambuco, por exemplo, é o Estado com as piores estradas do País, intransitáveis, sem nenhum planejamento do Governo para recuperá-las, o que tem elevado o índice de acidentes, inclusive com mortes, o que é mais grave.

Eternos candidatos – Levantamento do site Poder360 com mais de dois milhões de CPFs mostra que 29 dos atuais candidatos nas eleições de 2020 concorreram em todas as disputas eleitorais brasileiras desde 2000. São 11 pleitos consecutivos. A cada dois anos, essas pessoas se inscrevem no sistema do TSE e tentam conquistar uma vaga, nas disputas municipais ou gerais. Para o cientista político e professor da FGV (Fundação Getúlio Vargas), Sérgio Praça, essas pessoas podem ser rotuladas como candidatos profissionais. Entre os 29 candidatos, 17 conquistaram pelo menos uma vez o cargo pelo qual concorriam. Outros 11 ficaram de suplentes. Apenas um nunca foi eleito: o presidente do PRTB, Levy Fidelix.

Grana extra – O secretário especial da SAE (Secretaria de Assuntos Estratégicos) da Presidência da República, almirante Flávio Rocha, recebe R$ 20 mil a mais de remuneração mensal por ter sido indicado em julho para representar o governo em uma empresa ligada ao Banco do Brasil. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo de ontem. Rocha é cotado para assumir a Secretaria-Geral da Presidência, hoje ocupada pelo ministro Jorge Oliveira, indicado do presidente Jair Bolsonaro para uma cadeira no TCU (Tribunal de Contas da União). O almirante foi indicado pelo Banco do Brasil para uma vaga de membro titular do Conselho de Administração da Brasilseg, cuja razão social é BB Mapfre Participações.

Exército digital 1 – A pandemia da Covid-19 reduziu o volume de campanha na rua com material físico e levou os candidatos a prefeito a buscarem novas estratégias digitais para explorar o apoio dos seus “exércitos” de candidatos a vereador. Postulantes a cargos no Legislativo municipal formam a principal rede de apoio aos candidatos e funcionam como ligação com a base de eleitores, por isso, em geral, líderes comunitários ou pessoas identificadas com determinadas causas de apelo popular são escolhidas pelos partidos.

Exército digital 2 – Diante dos desafios impostos pelo novo coronavírus, neste ano, no entanto, outros atributos entraram na hora de escolher um candidato à Câmara Municipal: número de seguidores nas redes sociais, quantidade de grupos de WhatsApp de que faz parte e capacidade de engajamento nas redes sociais. Partidos políticos criaram santinhos com QR Code, para evitar o contato, arquivos digitais de material de propaganda para facilitar o disparo em listas de distribuição e até uma equipe de “mentoria” para uniformizar a atuação digital dos candidatos a vereador.

CURTAS

VIVA NORONHA! – Duzentos e quarenta turistas desembarcaram em Fernando de Noronha no primeiro final de semana após a flexibilização da entrada de visitantes, segundo a Administração da Ilha. Desde sábado passado, pode desembarcar quem teve cura clínica comprovada da Covid-19 e quem realizou exame e comprovou que não tem a doença. Quando a ilha foi reaberta apenas para quem teve Covid-19, quatro turistas fizeram a viagem no primeiro fim de semana. No sábado, foram dois voos com 172 turistas e, no domingo, mais 68 visitantes desembarcaram na ilha, de acordo com os dados da Administração.

LESSA NO PAREDÃO – No Paredão Eleitoral de hoje da Rádio Cultura, série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Caruaru, o convidado é o delegado Erick Lessa, postulante do PP. Na quinta, o candidato do PT, Marcelo Rodrigues, e na sexta, encerrando a maratona, a prefeita Raquel Lyra, que disputa a reeleição pelo PSDB. As sabatinas são promovidas em conjunto com o Caruaru no Face e este blog, mediadas pelo jornalista César Lucena e participação da jornalista Elaine Dias e este blogueiro. A transmissão pode ser acompanhada pela Rádio Cultura AM e FM, Facebook e YouTube da emissora, além do Caruaru no Face.

Perguntar não ofende: Quanto Marília, Mendonça e Patrícia já receberam de doação de seus partidos? 

Coluna do FinFa

A maior – Aconteceu na tarde/noite do último domingo (11),uma grande carreata  realizada na cidade de Iguaracy-PE. Uma multidão acompanhou de carro, moto, até a pé, a chapa Zeinha Torres e Dr.Pedro Alves, que saiu do Bairro Frei Damião, em frente a PE-292, circulando pelas principais ruas da cidade, até a concentração na Praça Antônio Rabelo. O ex-prefeito Albérico Rocha, fez questão de prestigiar o evento. “Nunca tinha visto uma carreta desta aqui em Iguaracy, uma coisa jamais vista, quando se trabalha pelo povo, existe a retribuição da população”, disse uma iguaraciense que estava participando.

Pesquisa –

O Instituto Opinião em parceria com o Portal MaisPB, divulgou ontem pesquisa de intenção de votos na cidade de Ouro Velho, no Sertão do Estado da Paraíba. NA estimulada, o candidato governista Dr. Augusto Valadares (DEM), teria 78,4%, contra 8,8% da candidata Irmã Paula (PSD), branco, nulo ou nenhum soma 4.4%, indecisos ou que ainda não sabem 8,4%. Na pesquisa espontânea, Dr. Augusto teria 69,6% contra 6,8% da Irmã Paula.

Frase – “O Pai disse assim: faça-se as árvores e o homem ganancioso disse ‘cortemos as árvores’”, logo após rogar em oração “Não deixai que nosso Brasil se perca nas chamas”.(Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, no seu sermão de ontem, dia de Nossa Senhora Aparecida, sobre as queimadas registradas no Pantanal, Amazônia e cerrado nas últimas semanas)

Ingazeira – A Secretaria Municipal de Ingazeira-PE, no seu Boletim Epidemiológico, confirma que não houve alteração no dia de ontem (12), a cidade Mãe do Pajeú, continua com 47 confirmados de Covid-19.

Perguntar não ofende – Teve um evento político neste final de semana em Afogados da Ingazeira, que tinha mais candidato a vereador do que moradores da comunidade?

COLUNA DO ITAMAR FRANÇA

Em PE, João Campos se apresenta como 'menino de Eduardo' e 'filho da esperança'JOVEM CACIQUE…

Na largada das eleições, os partidos estão privilegiando na distribuição de verbas candidatos veteranos e caciques locais. Quem foi eleito em 2018, 2016 ou 2014 recebeu quase cinco vezes a verba dos fundos eleitoral e partidário em relação aos que não foram eleitos nesses pleitos. O primeiro grupo recebeu uma média de R$ 232 mil e o segundo, R$ 49 mil até agora. Primeiro colocado entre os candidatos que mais receberam recursos, João Campos (PSB) recebeu R$ 7,5 milhões, 36% da verba distribuída pela legenda até agora. Deputado federal, Campos é o herdeiro político do pai, o ex-governador Eduardo Campos, e lidera a disputa para a prefeitura de Recife. Em segundo lugar, está um velho conhecido da política do Amazonas: Alfredo Nascimento (PL) já foi deputado federal, senador, ministro dos Transportes nos governos Lula e Dilma e agora tenta retornar à prefeitura de Manaus, que já comandou entre 1997 e 2004. Em 2018, ele disputou o Senado, mas ficou apenas em quarto lugar.

******************************************************

REJEIÇÃO

Por falar em João Campos, a rejeição do jovem candidato a prefeitura do Recife, segundo levantamentos técnicos de intenções de votos está ligada a falta de experiência administrativa e também ao fato de respingar uma berinha da rejeição do prefeito Geraldo Júlio (PSB) que está no seu segundo mandato. A rejeição de Campos, portanto, pode ser revertida com a veiculação do guia eleitoral, já que os candidatos apresentarão suas propostas. A verdade é que o jovem tem carisma de sobra, por isso, escapa um pouco da rejeição de Júlio e Câmara…

******************************************************

MOVIMENTAÇÃO NO FINAL DE SEMANA

Com base nas agendas dos candidatos, os candidatos que disputam o executivo municipal em Afogados da Ingazeira realizaram evento políticos neste final de semana. A coligação “O Trabalho Avança com uma Nova Liderança”, liderada pelo prefeito José Patriota que tem como candidato a sua sucessão p psicólogo Alessandro Palmeira, Sandrinho (PSB), inaugurou na manhã de sábado (10) seu comitê e realizou na oportunidade um adesivaço. A coligação “A Força do Povo Pela Mudança”, formada pelo Podemos, PTB, DEM, Republicanos, PSDB e PSL que tem como candidato a prefeito Zé Negão realizou um adesivaço também no sábado (10) em frente ao Aplausos Show. Já o candidato Capitão Sidney (PSC) cumpriu outras agendas.

******************************************************

IGUARACY

Em Iguaracy a oposção que tem o contador Rogério Lins (MDB) realizou no sábado (10) um adesivaço, denominado “Adesivaço 15”. Já o prefeito Zeinha Torres (PSB) que disputa a reeleição, realizou uma grande carreata movimentado as ruas da cidade. Com uma gestão bem avaliada, o socialista é o grande favorito do pleito eleitoral de 15 de novembro. Zeinha também deve fazer maioria na Câmara Municipal. Apesar de o atual gestor está no seu melhor momento político, a candidatura de Rogério Lins (MDB) é prova viva de que ainda existe a esperança…

******************************************************

CARREATA EM INAJÁ

A campanha de Leonardo Martins (PP), candidata à Prefeitura de Inajá realizou uma carreata que mobilizou cerca de 800 carros e motos, neste domingo(11). Ao lado do candidato a vice-prefeito, Lafrank Araújo, Leonardo afirmou que a carreata mostrou que Inajá já escolheu seus candidatos. “O povo de Inajá aposta na nossa gestão, que vai traze a construção de projetos importantes para a nossa cidade. Aproveito para agradecer a todos que fizeram parte desta festa da democracia. A carreata foi um sucesso e só podemos agradecer a todos que estiveram com a gente”, disse o progressista que já esteve a frente do município por um mandato.

******************************************************

A VOLTA DOS QUE JÁ FORAM…

Os ex-prefeitos Luciano Bonfim (Avante), Luciano Torres (PSB), Delson Lustosa (PODEMOS) e Dinca Brandino (MDB) de Triunfo, Ingazeira e Santa Terezinha respectivamente são fortes candidatos nesta eleição e podem voltar a governar seus municípios. O quarteto concorre o pleito apresentando novas propostas de governo. Os “Lucianos” têm em comum o favoritismo em seus respectivos municípios, isso porque já administraram e deixaram suas marcas de bons gestores. No caso de Delson também é forte em Santa Terezinha. Já Dinca Brandino (MDB) corre o risco de novamente as forças oposicionistas se unirem para não deixarem vingar seu projeto… Só a título de informação, em 2016, Nicinha de Dinca estava a frente nas pesquisas e tinha rudo para vencer o pleito, mas na reta final da campanha lideranças até então adversárias se uniram com intuito de fortalecer a reeleição do prefeito Sebastião Dias, hoje (Sem Partido).

******************************************************

VEREANÇA…

Por falar nisso, para o legislativo municipal de Afogados da Ingazeira se aguarda muitas surpresas. Podem retornar ao legislativo municipal, os ex-vereadores Erickson Torers (PSD), Zé Carlos Santos (PV), Nilson Macário (PV) e Vicentinho (PSB). No PSD o desafio de Torres é conseguir ficar entre os três mais votados da legenda. No PSB Vicentinho está nomeio das feras Renado Lima, Cícero Miguel, Raimundo do Foto e Rivelton. Já Zé Carlos e Nilson têm uma eleição mais fácil, isso porque estão em um partido com candidatos intermediários e mabos se apresentam como os nomes mais fortes. Se souberem fazer retornarão a Casa de Leis…

******************************************************

MILITARES NA DISPUTA

Os policiais militares que disputam cadeiras na Câmara Municipal de Afogados da Ingazeira já mostraram que não vieram para brincar… A campanha do Subtenente Argemiro (PSD) cresceu bastante ao pode de o militar está brigando pela primeira posição. Já O Subtenente Gleydson também tem ganhado densidade. A surpresa maior está no militar empresário, Edson do Cosmético (PSD) que vem num esforço daqueles para superar os demais concorrentes.

Coluna da Folha / Edmar Lyra

Jurídicos começam a protagonizar campanha eleitoral 

A disputa pela prefeitura do Recife, composta por onze candidatos, desde o início do guia eleitoral no último dia 9, começou a ter um protagonismo das equipes jurídicas dos candidatos. Sucessivas ações na justiça eleitoral já foram impetradas em poucos dias de campanha propriamente dita e alguns reveses já foram notados por candidatos.

O deputado federal João Campos (PSB) tem sua equipe composta pelos advogados André Coutinho e Leucio Lemos, a deputada federal Marília Arraes (PT) tem em sua equipe Walber Agra como expoente, o ex-ministro Mendonça Filho (DEM) conta com o apoio de Eduardo Porto e Paulo Pinto, a delegada Patrícia Domingos (Podemos) tem em sua equipe Delmiro Campos, Marcelo Cumaru, Maria Stephany dos Santos e Mario Guimarães, já Carlos Andrade Lima (PSL) tem Edgar Moury Fernandes, Natália Pimentel, Vadson Almeida e Flavio Almeida, e o Coronel Alberto Feitosa (PSC) conta com Luís Gallindo como chefe do seu departamento jurídico.

A equipe da Delegada Patrícia conseguiu que Marília Arraes fosse punida por propaganda irregular por conta de um caminhão adesivado com os dizeres: “Sou Bolsonaro e voto Marília”. Contra João Campos, a equipe da delegada também obteve uma vitória com a obrigação de ter que pintar o muro do comitê. A equipe da delegada também sofreu um revés, acionada pela equipe de João Campos, a Justiça Eleitoral suspendeu uma propaganda de Patrícia que ordenhava uma vaca e falava em tetinha atacando o PSB e o PT.

A equipe de Mendonça Filho também obteve uma vitória contra a de João Campos, onde apresentou um vídeo de Geraldo Julio elogiando o ex-ministro da Educação. O PSB tentou suspender a propaganda mas a justiça não acatou o pedido. Estes são pequenos exemplos de que a guerra eleitoral que já tomou as ruas também tomou conta da justiça e até o dia 15 de novembros novas ações devem ocorrer à medida que a eleição tome corpo e pegue fogo.

Reforço – Candidata a prefeita de Goiana, Olga Sena (PCdoB) recebeu um importante apoio para a sua postulação ao comando do município. A deputada Gleide Angelo (PSB) fez questão de participar de dois atos de campanha de Olga, uma carreata e uma reunião. Gleide acredita que a vitória de Olga será fundamental para reconstruir Goiana.

Transformação – O candidato a prefeito do Recife pelo PSL, Carlos Andrade Lima, promete fazer a transformação que iniciou no Brasil com a vitória de Jair Bolsonaro em 2018. Carlos é do mesmo partido por onde Bolsonaro se elegeu presidente.

Polarizando – Apesar do favoritismo da prefeita Raquel Lyra (PSDB), em Caruaru, o deputado Erick Lessa (PP) está consolidado como principal adversário da prefeita. Eles deverão fazer uma disputa extremamente polarizada até o próximo dia 15 de novembro.

Inocente quer saber – Como virão as próximas pesquisas para prefeito do Recife?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *