Clínica Médica
Dr. Robson Stênio

Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Gigantes do varejo vendem até 765% mais em dezembro, apesar da pandemia

Gigantes do varejo vendem até 765% mais em dezembro, apesar da pandemia

A venda online de produtos passou por um avanço expressivo durante a pandemia do coronavírus, já que muitas pessoas tiveram de adaptar seus hábitos de consumo em meio às políticas de isolamento social. Mas os números surpreenderam e o valor das vendas em 2020 superou —  e muito — o de 2019.

Segundo dados da Tatix, empresa de Full Commerce que faz gestão de algumas das principais lojas do país, como Pernambucanas, Avon, Payot, Usaflex, Red Bull, Freixenet, Linea, Softys, entre outras gigantes do setor, só em dezembro, o aumento no faturamento pelas vendas online foi de 765%.

Maquiagens, espumantes e smartphones, assim como aconteceu em 2019, se mantiveram no topo da lista de desejos dos consumidores neste ano, além de destaque para dois novos itens mais vendidos: calçados e chocolates.  Entre os principais desejos dos consumidores, maquiagens tiveram um crescimento de 604,77% nas vendas de um ano para o outro. Os smartphones também saltaram no rol de itens mais procurados, com aumento de 597,82% em relação ao ano anterior. Já calçados destacam-se com crescimento de 224,05% na mesma comparação. De acordo com a empresa, predomina a forma de pagamento por meio de cartão e boleto bancário. O balanço, que traz dados de vendas referentes ao período de 1 a 25 de dezembro de 2020, aponta que mais de 2 milhões de novos usuários acessaram os sites geridos pela Tatix, se comparado a 2019, um aumento de 150%. Já o ticket médio teve um aumento de 63% na mesma comparação. Em relação à média de novembro, quando quando ocorre a Black Friday, uma das datas mais importantes para o comércio eletrônico mundial, o avanço foi de 15%.  /Com informações da CNN Brasil/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *