Clínica Médica
Dr. Robson Stênio

Auto Unidos
Miss Dourada

Dr. Fred Barros
Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
BMG Correspondente Antônio Filho
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Deixe Seu Like

Pagamos um preço alto pelo Des-Governo

Desgoverno: 17 retrocessos de Jair Bolsonaro em um ano de mandato | Partido  dos Trabalhadores“O maior produtor de insumos para fabricação de vacina é a China, a quem Bolsonaro e família rotineiramente se referem como comunistas vagabundos comedores de cachorro e disseminadores de doença.

Outro país que produz insumos em menor quantidade com quem poderíamos negociar é a França, cuja primeira-dama Jair chamou de baranga, usando perfil oficial em rede social.

Em cúpula internacional o Brasil fez questão de se opor ao bloco liderado pela Índia, que pleiteava a quebra da patente do imunizante em favor das nações mais pobres; ainda assim, a Índia conseguiu produzir vacina em larga escala e o Brasil não.

Oxigênio quem produz é nosso vizinho, a Venezuela, a quem Bolsonaro já chamou de cidadãos de segunda categoria e que poderíamos  invadi-los a qualquer momento; até simulação militar na fronteira houve.

A Argentina do Alberto, a quem Bolsonaro declarou oposição antes mesmo de se eleger, cometendo mais um crime de responsabilidade ao sair de sua posição de neutralidade, agredindo o princípio internacional da autodeterminação dos povos, também está produzindo vacinas e declarou que enviará a todos os países da América do Sul, menos ao Brasil.

Trump, por quem Bolsonaro é tarado e a quem dedicou todo seu esforço “diplomático”, a esta hora está ocupado arrumando meios de não ser preso. Se esse esforço diplomático ao menos tivesse sido dedicado aos EUA e não ao Trump, talvez pudéssemos contar com a boa vontade do governo americano, mas como Bolsonaro chamou a Joe Biden de usurpador e o acusou de ter fraudado a eleição, nem isso temos.

Essa é a nossa diplomacia, baseada em insultar e debochar da cultura e das opções ideológicas das outras nações.

Esse é o nosso presidente, dá-lhe capitão.”

Texto do promotor Mauro Vaz Júnior (OAB Pará)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *