Dr. Robson Stênio

Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

Eleição presidencial já está com 15 pré-candidatos

Coluna Fogo Cruzado – 24 de março de 2018

A eleição presidencial deste ano está muito parecida com a de 1989, a primeira após o encerramento do regime militar, pelo menos em número de candidatos. Até ontem 15 pré-candidatos já estavam em campanha. Em 1989 foram 23, entre eles o pernambucano Roberto Freire que disputou pelo PCB. Este ano já se apresentaram 15, a saber: Lula (PT), Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes (PDT), Álvaro Dias (Podemos), Fernando Collor (PTC), Valéria Monteiro (PMN), Rodrigo Maia (DEM), João Almoêdo (Novo), Guilherme Boulos (PSC), Paulo Rabello de Castro (PSC), Manoela D’Ávilla (PCdoB), João Vicente Goulart (PPL), José Maria Eymael (PSDC) e Levy Fidélix (PRTB). Esse número poderá chegar a 18 se o presidente Michel disputar a reeleição e o ministro Henrique Meirelles resolver concorrer. Como o Congresso Nacional, demagogicamente, encurtou o tempo para a realização da campanha eleitoral, fazendo com que a maioria deles tenha alguns segundos para dar o seu recado, a exemplo do Prona com o seu “meu nome é Enéas”.

Estrela solitária – Até agora, o PSDB tem um único candidato novo à Câmara Federal que é o vereador recifense André Régis, que vai brigar internamente com Bruno Araújo e Betinho Gomes.

É federal – O deputado Sílvio Costa (Avante) nega a informação de que o deputado federal Adalberto Cavalcanti (Avante) estaria examinando a hipótese de abdicar da reeleição para disputar um mandato de deputado estadual.

De casa – É voz corrente em Caruaru que a prefeita Raquel Lyra (PSDB) vai apoiar a candidatura do marido, Fernando Lucena, para deputado estadual pelo PSDB.

A concorrência – Lucena terá concorrentes fortes em Caruaru, que só gosta de votar nos candidatos da terra: Tony Gel (MDB), Laura Gomes (PSB), José Queiroz (PDT) e Érick Lessa (PR).

O desinteresse – A deputada Socorro Pimentel e seu marido, Raimundo, prefeito de Araripina, ambos eleitos pelo PSL, perderam o interesse pelo partido depois que o presidente Luciano Bivar o levou para a Frente Popular. Ambos vão para o MDB.

Na ponta da língua – O deputado João Fernando Coutinho, que trocou o PSB pelo PROS, sabe de cor e salteado a relação das obras que o governador Paulo Câmara prometeu fazer na Mata Sul e ainda hoje não as tirou do papel.

Boa cotação – O deputado estadual Lucas Ramos (PSB), que vai concorrer à reeleição em vez de mandato na Câmara Federal, está presente em todas as regiões do Estado. Entrou inclusive em Gravatá por meio do prefeito Joaquim Neto (PSDB).

Pólo de atração – Depois que Guilherme Uchoa se filiou ao PSC, o partido passou a ser procurado por muitos políticos interessados em disputar mandato de deputado estadual. Só Uchoa e o ex-deputado Manoel Ferreira deverão obter perto de 200 mil votos.

Orelha em pé – Tadeu Alencar (PSB) ficou de orelha em pé depois que João Campos (PSB) circulou pela feira livre de São José do Egito, como gostava de fazer o seu bisavô, Miguel Arraes, ao lado de líderes do PSB. Tadeu é apoiado lá pelo prefeito Evandro Valadares (PSB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *