Clínica Médica
Casa Bem
Hits
Dr. Robson Stênio

Auto Unidos
Miss Dourada

Dr. Fred Barros
Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Odonto Center
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
BMG Correspondente Antônio Filho
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Deixe Seu Like

~Giro pelos Blog’S ( Terça feira ~20/07/2021) ~~

Blog do FinFa

Unidos – Na noite de ontem (19), o ex-prefeito de Serra Talhada e pré-candidato a deputado, Luciano Duque, esteve participando do encontro com filiados do Partido dos Trabalhadores. “Desde o início da militância política pautei a minha atuação a partir da luta coletiva, dialogando e construindo junto com as pessoas cada pilar de sustentação de um projeto que transforme, verdadeiramente, a vida do nosso povo. Agradeço aos militantes do PT de Serra Talhada, em especial à Cleonice, presidenta municipal do partido, pelo acolhimento, pelo apoio, pela energia vitoriosa que nos transmite todas as vezes que nos encontramos e que somos chamados para enfrentar novos desafios. Agradeço também à prefeita Márcia Conrado, ao deputado federal Carlos Veras, aos vereadores do PT, Manoel Enfermeiro e Rosimério de Cuca, e às lideranças políticas, que estiveram junto conosco nesse momento que me deixou ainda mais animado”, disse Duque.

Reunidos – O prefeito de Flores, Marconi Santana, acompanhado do deputado federal, Danilo Cabral, tiveram ontem (19), uma reunião com o Secretário Executivo da Casa Civil, Eduardo Figueredo, onde trataram de ações para a capital do Carro de Boi. Segundo Marconi, foi solicitado a liberação da terceira parcela do FEM, para a construção da praça, às margens do rodovia estadual PE-320, no Bairro Vila Nova.

Contratou – Participando da LIVE que este blogueiro esta realizando com gestores de pernambucanos, o prefeito da cidade de Solidão-PE, Djalma Alves, respondendo sobre a situação da Guarda Municipal, foi enfático: “Irei sim resolver o problema da Guarda Municipal, contratei para iniciar o processo da guarda e do trânsito, os serviços do ex-comandante da Guarda da cidade de Tabira-PE, Flávio Marques, onde terei a plena certeza que vai resolver todas as demandas que nosso município está precisando”.

Disse – “Se já chegou a sua hora de receber a vacina, se informe na secretaria de saúde do seu município e auxilie parentes e amigos a fazerem o mesmo. Não deixe de se vacinar e incentive funcionários e clientes a fazer o mesmo. Todas as vacinas disponíveis evitam o agravamento da doença e salvam vidas.Não esqueça as medidas preventivas, use máscara e evite aglomerações”. (Governador Paulo Câmara, alertando com o retorno das atividades a partir das flexibilizações que teve início ontem)

Concluída – A Prefeitura de Petrolina, concluiu a pavimentação e sinalização da Avenida Barão de Contendas, no Bairro Jatobá. “Já são mais de 900 ruas atendidas pelo maior programa de pavimentação da nossa história, que segue transformando Petrolina naquilo que a gente sempre sonhou”, disse o prefeito Miguel Coelho.

Primeira etapa entregue – Investindo em energia de qualidade e preocupada com o meio ambiente a Diocese de Afogados da Ingazeira passou a ter um sistema próprio de energia fotovoltaico na última semana. A empresa responsável pela execução do projeto foi a Hidro Eletro, que tem sua sede em Afogados da Ingazeira e atua no ramo de energia elétrica há mais de 25 anos. O sistema tem potência total de 34,71 KWP, são 78 módulos de 445W, com capacidade média de geração de 4.500 KWH/mês. A primeira etapa da obra foi entregue e recebeu a visita do Bispo Diocesano, Dom Egídio.

Você sabia – Que já teve prefeito socialista que já avisou,  que caso o Senador Fernando Bezerra Coelho, volte para a Frente Popular de Pernambuco, ele não vota nele de forma alguma.

Recebeu – O deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB) enviou nesta segunda-feira (19) através de emenda R$ 300 Mil, para o município de Ouro Velho-PB. A emenda é fruto de um pedido do deputado estadual Wilson Filho, com a articulação da gestão e lideranças municipais de Ouro Velho.“Esta emenda é fruto de um pedido do deputado estadual Wilson Filho, agradecemos ao deputado federal por essa emenda e pelo deputado estadual Wildson Filho pela intermediação para nosso município. Esse recurso destinado, será usado na saúde de Ouro Velho”, disse o prefeito Augusto Valadares.

Vai se reunir –

O governador Paulo Câmara participa, na manhã desta terça-feira (20.07), de uma reunião com o comandante do Exército, general de Exército Paulo Sérgio Nogueira; o comandante militar do Nordeste, general Marco Antônio Freire Gomes; e mais três oficiais-generais do alto comando, para discutir os próximos passos da instalação da nova Escola de Sargentos do Exército em Pernambuco. Em abril deste ano, o Estado se colocou à disposição para receber o estabelecimento de ensino militar, que prevê um investimento de R$ 323 milhões e um impacto positivo inicial para aproximadamente 10 mil pessoas.

Perguntar não ofende – O partido Podemos vai se unificar ao Republicanos em Pernambuco?

O mundo político está voltado para Brasília nessas próximas semanas a espera do sistema que será adotado na eleição do próximo ano. Muitas articulações dependem dessa decisão do Congresso. Comandada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e por bancadas de vários partidos, os congressistas poderão fazer uma reforma eleitoral do atual modelo. A priori achavam-se que nada seria mudado, porém Lira entrou no jogo para aprovar o “distritão”, mesmo gerando muitas polêmicas e questionamentos.

Segundo alguns líderes partidários a ideia é concluir a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) ainda em julho e levar à plenário na segunda quinzena de agosto. Esta celeridade deve-se ao engajamento do presidente da Casa e sua gerência com alguns governadores e presidentes de partidos.

No modelo distritão, são eleitos simplesmente os candidatos mais votados, sem nenhum cálculo extra. Nesse sistema, em vez de priorizar o apoio a partidos, a tendência é de políticos que são mais conhecidos sejam beneficiados, já que eles tendem a conquistar mais votos do que um político estreante, por exemplo. A chance de reeleição da atual bancada cresce consideravelmente isso também serve para aqueles que já possuem mandatos e vão dar um voo mais alto.

Por fim, essa sinalização resolveria o problema de muitos deputados pernambucanos que comandam partidos como Augusto Coutinho (Solidariedade), Raul Henry (MDB), Ricardo Teobaldo (Podemos), Sebastião Oliveira (Avante), Daniel Coelho (Cidadania) que não terão de abandonar suas siglas para criar blocos. No distritão, também acaba aquela história de fazer uma calda robusta, na verdade, acaba literalmente com qualquer tipo de aventura.

EM PALÁCIO – No dia que anunciou publicamente seu voto nos deputados Henrique Filho (estadual) e André de Paula (federal), o prefeito de Tracunhaém, Irmão Aluisio foi recebido em Palácio pelo governador Paulo Câmara. O gestor levou uma série de demandas da cidade. Essa movimentação do prefeito foi antecipada por esta coluna há mais de um mês.

BALANÇO – Por falar em Irmão Aluísio (PL), ele reuniu a imprensa ontem para apresentar o balanço dos 200 dias no comando da Tracunhaém. O relatório das ações foi feito secretaria por secretaria. O gestor também falou muito da política local de olho em 22.

ANIMADO COM A POLÍTICA – Todos que estiveram com o governador ontem ficaram impressionados com o clima descontraído e leve que o chefe do executivo está fazendo política. Em 2014, Paulo Câmara foi apresentado como um grande técnico, hoje ele mescla sua tecnicidade com sua liderança política.

RÁPIDAS

NA ESTRADA – O deputado federal Fernando Filho cumpriu agenda extensa no Recife e Região Metropolitana. Na semana passada, ele fez um giro pelo Agreste e Sertão. Fernandinho vem preparando muito bem sua reeleição na Câmara Federal.

AGENDA – A deputada federal Renata Abreu desembarca amanhã em Recife para fazer um encontro sobre a PEC da reforma política, que tem a deputada como relatora, e a preparação do Podemos para as eleições 2022. Ele será recepcionada pelo presidente estadual da sigla, deputado Ricardo Teobaldo. Ela realizará uma coletiva de imprensa e almoça com lideranças.

CACHIMBO DA PAZ – Contra fotos não há argumentos, parece que a distância entre o PP e Eriberto Medeiros foi minimizada. As fotos do presidente da Alepe com Lula da Fonte na festa do aniversário deBarreiros refletiu o clima de harmonia que está entre eles. Parece que fumaram de vez o cachimbo da paz. Os dois ganham com isso!

PINGA-FOGO: Raquel Lyra já jogou a toalha para disputar o Governo?

Coluna da Folha’PE/Edmar Lyra

Definição partidária dos Coelho deverá sair somente em outubro 

A decisão do presidente estadual do MDB, deputado federal Raul Henry, de negar legenda ao prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, para disputar o governo de Pernambuco não necessariamente será um ponto final na filiação do senador e do prefeito ao partido.

Eles têm prazo até abril do próximo ano para decidir uma nova sigla em caso de não terem espaço para a disputa majoritária em 2022, mas o timing de outubro tem um motivo, é que eles aguardarão a definição da legislação eleitoral por parte do Congresso Nacional, e se a atual regra for mantida, o deputado federal Raul Henry não terá condições de montar chapa no MDB sem os Coelho e correrá o risco de ter que sair do partido para poder renovar o mandato.

Na avaliação de um observador político em reserva, o trunfo dos Coelho de poder disputar uma majoritária e lançar candidatos proporcionais será preponderante para a executiva nacional, que exigirá dos diretórios estaduais chapas competitivas para as eleições do próximo ano, e somente com a presença do grupo de Petrolina o partido terá condições de eleger representantes em Brasília.

Portanto, a carta enviada por Miguel Coelho foi interpretada como uma estratégia do grupo para pressionar o partido no âmbito nacional, que não pretende perder um senador, um prefeito e pelo menos dois deputados que deverão chegar à sigla caso seja definida a permanência do grupo no MDB.

Saúde – A Associação Nacional do Ministério Público de Contas (AMPCON) ajuizou ação para que o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheça o “estado de coisas inconstitucional na política pública de saúde brasileira”. O Ministério Público de Contas ressalta que “tal situação é decorrente de condutas do Estado e está sendo agravada pela pandemia da covid-19”. O relator será o ministro Alexandre de Moraes. Segundo a ação, o Brasil vivencia “uma severa e sistemática instabilidade de custeio no Sistema Único de Saúde (SUS) promovida pela União”.

Contas – Na verdade, os deputados federais André Ferreira, Fernando Rodolfo e Pastor Eurico obtiveram 350 mil votos juntos em 2018 e não 450 mil como afirmamos na coluna de ontem. Com esses números, eles elegeriam apenas dois parlamentares no PL, caso se disputem a reeleição pela sigla em 2022, e não três como publicamos.

Veto – Há forte expectativa para que o presidente Jair Bolsonaro vete o financiamento público de campanha no valor de R$ 5,7 bilhões. Para chegar nas cifras, os parlamentares tiraram recursos de áreas muito mais importantes para a sociedade. Em caso de veto, os parlamentares terão que votar a derrubada do veto, o que traria ainda mais desgaste para a Câmara.

Discussão – A deputada federal Renata Abreu, presidente nacional do Podemos, estará nesta quarta-feira na capital pernambucana para tratar de discussões sobre a PEC da reforma política, que tem a deputada como relatora. Ela será ciceroneada pelo presidente estadual do partido, o também deputado federal Ricardo Teobaldo.

Inocente quer saber – O presidente Jair Bolsonaro agirá corretamente se vetar o fundo eleitoral de quase R$ 6 bilhões?

Em busca da terceira via

Por Houldine Nascimento – interino

Diante do cenário atual, em que as pesquisas apontam real chance de disputa envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no segundo turno, os partidos mais ao centro lançam nomes na tentativa de testar potencial de voto. As eleições de 2022 ainda estão distantes, mas esse movimento vem se intensificando em legendas variadas.

É um processo ainda incipiente e bastante difuso. Desde a redemocratização, a evocada terceira via jamais conseguiu sair da teoria. No próximo ano, diversos atores políticos tentarão quebrar esse histórico. Alguns nomes surgiram nos últimos dias. Um deles é o da senadora Simone Tebet (MDB-MS), que tem obtido destaque pela participação consistente na CPI da Pandemia, mesmo sem integrar o colegiado. Presidente nacional do MDB, o deputado federal Baleia Rossi (SP) tenta viabilizar a correligionária na disputa.

Outro personagem exposto recentemente como pré-candidato é o comunicador José Luiz Datena (PSL). O presidente da sigla é o deputado federal pernambucano Luciano Bivar, que está trabalhando intensamente para que Datena vá adiante. A aposta é na sua popularidade construída há décadas no rádio e na TV, no que seria verdadeiramente um outsider. Em outras ocasiões, o apresentador ensaiou candidatar-se, mas sempre desistiu. Desta vez, está disposto.

Tanto MDB quanto PSL integram um grupo formado por nove partidos que têm dialogado de forma permanente para construir uma alternativa a Lula e Bolsonaro. Cidadania, DEM, Novo, Podemos, PSDB, PV e Solidariedade também compõem essa frente. Destes, o PSDB tradicionalmente lança presidenciáveis e hoje vivencia uma briga pública entre dois caciques: o deputado mineiro Aécio Neves e o governador paulista João Doria.

Os tucanos mais uma vez terão prévias para decidir quem será o candidato. Doria enfrenta resistência por ter um perfil considerado por seus pares como desagregador. Além disso, terá de vencer uma dura disputa interna com o governador gaúcho Eduardo Leite e, talvez, o senador cearense Tasso Jereissati.

O presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco, está perto de deixar o DEM e migrar para o PSD, liderado por Gilberto Kassab, que já anuncia aos quatro ventos a pré-candidatura do mineiro à Presidência. Na tentativa de evitar desgaste, Pacheco se ausentou da polêmica sessão que resultou na aprovação de projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022, com direito a um fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões.

Outros não estão dispostos a desistir do sonho, como é o caso de Ciro Gomes (PDT), ex-ministro e ex-governador do Ceará. O pedetista tem apostado em uma forte contraposição a Lula e Bolsonaro. Com a orientação do ex-marqueteiro petista João Santana, Ciro tem feito inserções diárias nas redes sociais, com vídeos e comentários que obtêm bom alcance. Opções não faltam ao eleitor.

Como costuma dizer o titular deste Blog, pesquisas são fotografias de momento. Pelo que se desenha, a tendência é que o PT ocupe uma das vagas em eventual segundo turno. Aos que desejam impedir o retorno da sigla ao poder, resta seguir desgastando Bolsonaro. Ambos possuem intenções de voto que impressionam. Se a retirada de um deles do páreo será possível ou não, o futuro dirá. Antes, é preciso combinar com o eleitorado.

PSDB pode desistir – O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, admitiu pela primeira vez que a legenda pode abrir mão da candidatura à Presidência da República. Ao ser perguntado pelo jornal O Globo sobre o tema, o líder tucano declarou que o partido poderia fazer isso em nome de uma unidade de centro. “Ninguém pode querer um apoio sem ter disposição de apoiar. O PSDB está aberto até o último momento nas convenções de construir essa unidade no campo distante da polarização entre o presidente Bolsonaro e o ex-presidente Lula”, assegurou.

Promessa de veto – O presidente Jair Bolsonaro indicou, ontem, que deve vetar o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões previsto para o próximo ano. Em entrevista à TV Brasil, o chefe do Executivo disse: “Posso adiantar para você que não será sancionada. Eu tenho que conviver em harmonia com o Legislativo. E nem tudo que eu apresento ao Legislativo é aprovado e nem tudo que o Legislativo aprova, vindo deles, eu tenho obrigação de aceitar para o lado de cá. Mas a tendência nossa é não sancionar isso daí em respeito ao trabalhador, ao contribuinte brasileiro.”

Como votaram pernambucanos – A proposta de aumento do fundão veio dentro da aprovação do projeto da LDO de 2022. Na Câmara, 11 deputados pernambucanos votaram a favor, nove contra e cinco não compareceram à sessão do Congresso realizada na última quinta-feira (15). A favor: André de Paula (PSD), Augusto Coutinho (SD), Eduardo da Fonte (PP), Fernando Filho (DEM), Fernando Monteiro (PP), Fernando Rodolfo (PL), Luciano Bivar (PSL), Ossesio Silva (Republicanos), Pastor Eurico (Patriota), Ricardo Teobaldo (Podemos) e Silvio Costa Filho (Republicanos).

Lista segue – Contra: Carlos Veras (PT), Danilo Cabral (PSB), Felipe Carreras (PSB), Gonzaga Patriota (PSB), Marília Arraes (PT), Milton Coelho (PSB), Tadeu Alencar (PSB), Raul Henry (MDB) e Renildo Calheiros (PCdoB). Entre os ausentes: Daniel Coelho (Cidadania), Sebastião Oliveira (Avante), André Ferreira (PSC), Túlio Gadêlha (PDT) e Wolney Queiroz (PDT). Ao todo, foram 278 votos favoráveis e 145 contrários na Câmara. Já no Senado, 40 a favor e 33 contra. Dos senadores pernambucanos, o voto pela aprovação foi de Fernando Bezerra Coelho (MDB), que é líder do governo na Casa Alta, enquanto Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB) votaram não.

Acesso a processos – Por meio de requerimento, o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), solicitou, ontem, ao presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), cópias dos 127 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Alçado à condição de novo desafeto presidêncial, Ramos disse à cúpula do PL: “Não sou mais um deputado independente. Sou um deputado de oposição.” Nas redes sociais, o parlamentar voltou a rebater Bolsonaro. “O presidente é um mentiroso contumaz”, afirmou.

CURTAS

DESMONTE – De volta ao cargo de prefeito em Arcoverde, Wellington Maciel (MDB) decidiu fechar o Posto Veterinário de São Cristovão. Já a unidade do bairro de São Geraldo está na iminência de encerrar as atividades. Ambos foram inaugurados na gestão interina de Siqueirinha (PSB) . Em reserva, uma fonte informou ao Blog que também há atraso de 19 dias nos salários dos trabalhadores da Saúde de Arcoverde.

ENCONTRO – O governador Paulo Câmara (PSB) discute, hoje, com o comandante do Exército Brasileiro, general Paulo Sérgio Nogueira, detalhes para instalação da Escola de Sargentos em Pernambuco. Em abril deste ano, o Estado se colocou à disposição para receber o estabelecimento de ensino, que prevê um investimento de R$ 323 milhões e um impacto positivo inicial para quase 10 mil pessoas.

 Perguntar não ofende: O Brasil vai, enfim, fugir de uma polarização em 2022?