Clínica Médica
Casa Bem
Hits
Dr. Robson Stênio

Auto Unidos
Dr. Fred Barros
Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Odonto Center
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
BMG Correspondente Antônio Filho
Clínica Santa Lúcia
ADRIANTUR
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Deixe Seu Like

Homicídio em Tabira reacende alerta do medo na população

Homem é executado com vários tiros próximo de Açougue em Tabira

A morte de Ricardo Olegário,  com dois tiros, sendo um na cabeça e outro no tórax na manhã da ultima sexta-feira (10) em Tabira,  reacendeu o medo de nova onda de crimes.

Ricardo foi morto com características de execução no Mercado Público, no centro. A morte violenta registrada na manhã de sexta(10) em Tabira, foi por volta das 10hrs da manhã e a Polícia Militar soube do fato através de populares que acionaram o efetivo informando que a vítima Ricardo Olegário havia sido alvejado por disparos de arma de fogo, dentro do Mercado Público. Quando o policiamento chegou ao local encontrou a vítima caída e já sem sinais vitais.  De acordo com populares que não souberam precisar as características do homicida, o assassino se aproximou pelas costas da vítima e efetuou seis (6) disparos de arma de fogo, tipo revólver calibre 38 e logo em seguida, empreendeu fuga na garupa de uma motocicleta que o esperava próximo ao local do fato.  O efetivo do 23º BPM seguiu em diligências no intuito de localizar o autor do homicídio, porém, os suspeitos tomaram destino ignorado. O Instituto de Criminalístiva (I.C) foi contactado e após a perícia inicial, relatou que os disparos atingiram o tórax e o pescoço da vítima.  De acordo com que o Blog do Pereira apurou, a vítima tinha passagens pela polícia e também pelo Sistema Carcerário. A ocorrência está registrada na delegacia de Tabira. O caso não acontece nem uma semana depois da soltura de seis presos na Operação Prólogo, que investigou a presença de um grupo de extermínio na cidade. Não se pode dizer que há ligação entre um fato e outro.

O juiz William Fredi acatou alegação de que “a liberdade dos acusados em nada embaraçará a persecução penal, porquanto suas supostas participações na atividade criminosa, caso realmente existentes, tiveram caráter secundário. Isto é, não teriam atuado na prática direta dos supostos crimes, mas corroborado de maneira indireta”.

O que também chamou a atenção é que esse entendimento foi corroborado pelo Ministério Público.

Tabira apareceu em levantamento entre as 14 cidades em Pernambuco que registraram recorde histórico de assassinatos no ano de 2020. No Sertão, chamaram a atenção no levantamento o número de homicídios em Custódia, com 18 registros, Tabira com 13 homicídios e São José do Egito com 10 mortes.