Gordo Construções
ProntoMaisLab

Sertão Online
Supermercado Queiroz
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Eduardo da Fonte

Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

EM STª TEREZINHA COMPESA AFIRMA QUE POPULAÇÃO TERÁ ÁGUA NAS TORNEIRAS EM BREVE.

O Coordenador Regional da Compesa, Washington Jordão confirmou a retomada no abastecimento via tubulação na cidade de Santa Terezinha. A afirmação aconteceu em uma entrevista à uma emissora de Rádio Cidade FM de Tabira.

Ele afirmou também que a Barragem do Cascudo teve boa recuperação com as chuvas que caíram, retomando parte de sua capacidade que será usada para que a comunidade saia dos carros pipa.

Após estiagem de mais 5 anos e há 2 anos sem água nas torneiras (desde o janeiro de 2016), a população terezinhense vive no lata D’água na cabeça.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) espera chuvas na média histórica consideráveis para a região.
Só este ano já choveu cerca de 300 mm em Santa Terezinha até o dia 30 de março.
Em 2017, Santa  Terezinha choveu durante todo o ano 684,5 mm. As Barragens de Zé Antão e do Tigre também estão  recebendo água. Em áreas rurais as chuvas continuam melhores do que na Zona Urbana, onde açudes estão  sagrando, como exemplo o Açude do Sítio Alves.
As duas Barragens de Santa Terezinha, Cascudo (Zé Antão) e a Barragem do Tigre  JÁ tem a quantidade suficiente para levar água a cidade. A COMPESA está monitorando e na expectativa ainda maior,está população de sair do lata d’água na cabeça.
A imagem pode conter: céu, nuvem, atividades ao ar livre, natureza e águaA imagem pode conter: nuvem, céu, atividades ao ar livre, natureza e água
Barragem do Cascudo Tigre,foto reprodução do Vídeo de Edvan Farias.Imagens (31.03.2018),falta cerca de 1 metro para sangrar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *