Miss Dourada

Gordo Construções
AC- Assessoria Contábil e Tributária
Dr. Fred Barros
Odonto Center
Sertão Online
Supermercado Queiroz
PASC – Mais Saúde
Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Jailson Pneus
Restaurante Império Gourmet SJE
BMG Correspondente Antônio Filho
F. e P. Droga Center
Clínica Santa Lúcia
Casa Shopping Center
ADRIANTUR
Costa Lira
Informatic Center
Eduardo da Fonte
Farmácia Boa Saúde
Centro Clinico
Eletro Móveis
Deixe Seu Like

EM STª TEREZINHA COMPESA AFIRMA QUE POPULAÇÃO TERÁ ÁGUA NAS TORNEIRAS EM BREVE.

O Coordenador Regional da Compesa, Washington Jordão confirmou a retomada no abastecimento via tubulação na cidade de Santa Terezinha. A afirmação aconteceu em uma entrevista à uma emissora de Rádio Cidade FM de Tabira.

Ele afirmou também que a Barragem do Cascudo teve boa recuperação com as chuvas que caíram, retomando parte de sua capacidade que será usada para que a comunidade saia dos carros pipa.

Após estiagem de mais 5 anos e há 2 anos sem água nas torneiras (desde o janeiro de 2016), a população terezinhense vive no lata D’água na cabeça.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) espera chuvas na média histórica consideráveis para a região.
Só este ano já choveu cerca de 300 mm em Santa Terezinha até o dia 30 de março.
Em 2017, Santa  Terezinha choveu durante todo o ano 684,5 mm. As Barragens de Zé Antão e do Tigre também estão  recebendo água. Em áreas rurais as chuvas continuam melhores do que na Zona Urbana, onde açudes estão  sagrando, como exemplo o Açude do Sítio Alves.
As duas Barragens de Santa Terezinha, Cascudo (Zé Antão) e a Barragem do Tigre  JÁ tem a quantidade suficiente para levar água a cidade. A COMPESA está monitorando e na expectativa ainda maior,está população de sair do lata d’água na cabeça.
A imagem pode conter: céu, nuvem, atividades ao ar livre, natureza e águaA imagem pode conter: nuvem, céu, atividades ao ar livre, natureza e água
Barragem do Cascudo Tigre,foto reprodução do Vídeo de Edvan Farias.Imagens (31.03.2018),falta cerca de 1 metro para sangrar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *