Casa Shopping Center
Dr. Diego Aragão
O Centenário
Costa Lira
Informatic Center

Dr. Roberto Calumbí

Dr. Gilson Brito

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Centro Clinico
Verónica Alexandre
Deixe Seu Like

MINISTÉRIO PÚBLICO FECHA 7 FÁBRICAS DE ÁGUA MINERAL E PRENDE 4 PESSOAS NA PB

Sete fábricas de água mineral foram interditadas por irregularidades e contaminações e quatro pessoas foram presas em flagrante nessa terça-feira (6), durante a ‘Operação Poseidon’, realizada na Paraíba. A operação foi coordenada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Secretaria da Receita Estadual (SER-PB) e Secretaria de Segurança e Defesa Social.

A ação que é pioneira no país prendeu proprietários das empresas e responsáveis técnicos, que passarão por audiência de custódia. Eles vão responder por crime de adulteração de produto (água). Nas empresas inspecionadas, foram identificadas irregularidades nos equipamentos, ausência de adição de sais e problemas de higiene. Em alguns locais, foram encontrados sapos e pererecas contaminando a água.  A Anvisa inspecionou 11 fábricas e sete delas foram interditadas, entre elas está uma da cidade de Sousa, uma em Riacho dos Cavalos, uma em Conceição e uma em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. Ainda foram interditada uma fábrica em Areia, uma em Lagoa Seca e uma em Monteiro.  Das 7 fábricas fechadas pela Vigilância Sanitária, cinco forneciam água a hospitais e órgãos públicos: a de Areia, a de Monteiro, a Riacho dos Cavalos, a de Conceição e a de Sousa. Problemas de higiene nos ambientes de produção. Em alguns lugares, a água estava contaminada por sapos e pererecas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *