1-banner1500x363

Com erro da arbitragem, Afogados é derrotado pro Náutico e perde vaga na final

(O impedimento flagrante de Luiz Henrique mudou a história do jogo e eliminou a brava equipe sertaneja)

O Náutico está na final do Campeonato Pernambucano depois de mais uma arbitragem de Gilberto Castro Júnior, Bruno Vieira e Ricardo Nunes contestada pelo Afogados Futebol Clube.

Em jogo marcado por críticas à arbitragem, o Timbu venceu o Afogados por 2 a 0 na semifinal, dentro dos Aflitos, nesta quarta-feira, e espera o vencer de Sport e Salgueiro.

O primeiro gol, irregular, foi marcado por Luiz Henrique, quando o Afogados tinha melhor controle de jogo. O bandeira Ricardo Nunes errou feio. Jogadores reclamaram em vão. O gol mudou a história do jogo e o emocional dos jogadores do Afogados.

A confirmação do tento pelo árbitro Gilberto Castro Júnior revoltou os jogadores da equipe sertaneja – e rendeu gozações e críticas na web.

Assis foi o autor do segundo. Entre eles, Odilávio teve um gol legal mal anulado – e o zagueiro Márcio, do time sertanejo, foi expulso de forma contestada pelos visitantes.

Apesar da derrota, o time do Afogados foi aplaudido pelo torcedor do Afogados presente aos Aflitos.

A Coruja Sertaneja  está fora da final e espera o perdedor de Sport x Salgueiro, valendo terceiro lugar e vaga na Copa do Brasil. A equipe já está confirmada na Série D do ano que vem.

Já o Náutico, finalista, espera o vencedor de Sport x Salgueiro, que jogam no próximo domingo. Antes disso, no sábado, a equipe visita o Ceará pelas quartas da Copa do Nordeste (próximo sábado). O Presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, demonstrou descontentamento em uma mensagem de texto via WhattsApp à Diretoria do Afogados Futebol Clube e chegou a pedir desculpas pelo erro clamoroso que determinou a história do jogo.

“Vi o lance do primeiro gol do Náutico e sem dúvida se trata de um impedimento claro, fácil de ser marcado, um erro inconcebível que prejudicou um trabalho brilhante do Afogados. Só me cabe pedir desculpas à direção, a Pedro Manta e aos jogadores”.

Evandro disse ser decepcionante não só para ele mas para Murilo Falcão. “Todo esforço que fazemos para ter um campeonato imparcial para o clube intermediário ter chances iguais para ter oportunidade de ser campeão e a arbitragem não corresponde apesar de todo investimento e apoio que damos. Vou esfriar a cabeça para tentar terminar o campeonato”, concluiu.