1-banner1500x363

14 HORAS TEM MARATONA ENEM

Clique no link abaixo e assista a aula de hoje (11/08). MARATONA ENEM COMEÇA ÀS 14 HORAS.

https://www.youtube.com/c/EstudoPlay   /  WWW.ESTUDOPLAY.COM.BR


Giro pelos Blog’S (25.o7.2019)

Há muito, o Recife não registrava vítimas nos morros provocadas por chuvas. O dilúvio que caiu, ontem, na cidade, matou três pessoas e mais dez na Região Metropolitana, totalizando 13 até o início da noite de ontem. Quando prefeito do Recife, Roberto Magalhães dizia que quando chovia forte perdia o sono, temendo o desmoronamento de casas nos morros e a morte de gente tragada pela correnteza.

João Paulo chegou a propagar que foi o gestor que mais investiu nos morros, construindo também escadarias. Geraldo Júlio não tem sido diferente. Sua propaganda é centrada nessa direção. Recife é uma cidade pobre e cercada de favelas com morros quase inatingíveis.

São mais de 200 mil moradores em áreas de risco que, mesmo sabendo dos graves problemas que enfrentam, jogam o lixo indiscriminadamente nos canais e nas encostas. Traduzindo: as mortes não apenas por falhas dos gestores, mas pela falta de educação.

Um mar aberto – Choveu tanto em Olinda que muita gente, para sair das suas casas, teve que recorrer a barcos e canoas para alcançar terra firme. A Prefeitura contratou um barco a motor com a intenção de retirar as famílias ilhadas. Muita gente gravou vídeos nos quais a Marim dos Caetés mais parecia um mar aberto ou um oceano. Mas não se sabe ainda o número de desabrigados.

O amor é lindo – A deputada Tábata Amaral (SP), ameaçada de expulsão do PDT por ter votado a favor da reforma da Previdência, assumiu que pagou R$ 23 mil ao namorado Daniel Alejandro, durante a campanha, referente a serviços de análises estratégicas. “Daniel recusou diversas oportunidades de emprego para trabalhar na minha campanha. Não tem nada de imoral”, afirmou.

Bregão – Cantor mais chegado a um breguinha dor de cotovelo, o deputado Sebastião Oliveira (PR) aproveitou o recesso parlamentar para gravar mais uma composição de sua autoria, lançada em avant-première, ontem, no Frente a Frente. Os ouvintes gostaram muito. Quando estiver em palanque, Sebá, como é mais conhecido, será pressionado a dar uma canjinha.

E agora? – Considerado o líder do grupo dos hackers presos, Walter Delgatti Neto confirmou, ontem, à Polícia Federal, ter sido responsável pela invasão dos celulares do ministro da Justiça, Sérgio Moro, do procurador Deltan Dallagonol, da Lava Jato, e outras autoridades, além de jornalistas.

Buraqueira – As estradas sertanejas viraram um tormento para quem trafega pela região, principalmente no Pajeú. O trecho que liga Sertânia a Pernambuquinho, já na divisa com a Paraíba, virou uma cratera. Não tem quem consiga passar por ali sem danificar o automóvel.

CIDADANIA – Viro, hoje, cidadão de Taquaritinga do Norte, a Dália do Agreste, a 214 km do Recife. A proposição foi do ex-vereador Jânio Arruda (PSD), ligado ao grupo político do deputado André de Paula, líder do partido na Câmara. A sessão está marcada para às 19 horas.

Perguntar não ofende: Quando voltaremos a ver a luz do sol no Recife?

Coluna Fogo Cruzado – 25 de julho de 2019

Anteontem, durante passagem pela Bahia para inaugurar o novo aeroporto de Vitória da Conquista, o presidente Bolsonaro valeu-se de frases de efeito para tentar encobrir a repercussão negativa de uma observação que fez sobre o Nordeste e os nordestinos na última sexta-feira, em Brasília, antes de um café da manhã com jornalistas estrangeiros. “Eu amo o Nordeste! A minha filha, Laura, de apenas 8 anos, tem sangue de cabra da peste”, bradou o presidente. Nada mais falso. O presidente deve detestar esta região, onde foi derrotado em todos os estados na eleição de 2018. Dizer simplesmente que é casado com a filha de um cearense de Crateús não suaviza as besteiras que disse sobre os governadores Flávio Dino (MA) e João Azevedo (PB). O “Eu amo o Nordeste” dito na Bahia é uma bobagem só comparável à foto com chapéu de couro tirada por outros candidatos a presidente, ou comendo buchada de que geralmente não gostam, só para darem a falsa ideia de que se identificam com a região. Amor ao Nordeste o presidente provará que tem se concluir a Transnordestina, a transposição do São Francisco e sua revitalização, já que o rio é poluído diariamente por 500 cidades que se ergueram às suas margens, de Minas Gerais até Sergipe. Se o presidente fizer isto nos próximos dois ou três anos, os nordestinos ficarão gratos.

Vai lá, Paulo Negão!

Esta já foi a quarta vez que Bolsonaro fez questão de dizer que sua mulher, Michelle, embora nascida em Ceilândia, na periferia de Brasília, é filha de Vicente de Paula Guimarães, o “Paulo Negão”, natural de Crateús (CE), que fica a 360 km de Fortaleza. O presidente diz isto para negar que não gosta do Nordeste, mas poucos nordestinos creem no que ele diz.

Os dois Felipes

O governador Renato Casagrande (ES), secretário-geral do PSB, decidiu entrar em campo para impedir a expulsão dos 11 deputados do partido que votaram a favor da reforma previdenciária. Todos são de muito boa qualidade, diz ele, especialmente os dois Felipes: Carreras (PE) e Rigoni (ES). Este último submeteu-se a 17 cirurgias para curar-se da cegueira.

Pena capital, não!

Casagrande até admite que o PSB aplique algum tipo de penalidade aos deputados que desobedeceram à orientação do partido no sentido de votar contra a reforma da previdência, mas não aceita que seja a expulsão. Todos, aliás, deverão repetir seus votos a favor da reforma, no segundo turno da votação da matéria, prevista para o dia 6 de agosto próximo.

À Câmara Federal

Floresta, no Sertão de Itaparica, vai tentar retomar em 2022 a tradição de mandar um filho da terra para a Câmara Federal. A “bola da vez” é o deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD), secretário de Turismo do governo Paulo Câmara. Um tio dele, Manoel Novaes, elegeu-se 11 vezes deputado federal pelo Estado da Bahia e foi o autor da lei que criou a Codevasf.

Fim de carreira

Não se forma um quadro político do dia para a noite e os exemplos de Pernambuco estão aí para quem quiser ver: Marco Maciel, Joaquim Francisco, Gustavo Krause, Eduardo Campos, Fernando Bezerra Coelho, etc. Pena que do ponto de vista nacional estejam “bichados” nomes dos quais ainda muito se esperava: Aécio, Marconi Perillo e Beto Richa, todos tucanos.

Católico e evangélico

Bolsonaro sempre se declarou “católico”, mas desde a eleição presidencial não recusa cultos evangélicos. Se chamar ele vai. Já foi a cultos promovidos por Edir Macedo, Silas Malafaia, Valdemiro Santiago e Robson Rodovalho, embora apenas para ser visto e tirar fotografias ao lado de pastores. Esse público será decisivo para levá-lo ao segundo turno em 2022.

Miopia política

Por iniciativa do vereador Tony Moura (MDB), a Câmara de Macaparana aprovou um projeto de lei batizando a sede da prefeitura com o nome da ex-prefeita Anita Moraes, avó do deputado Antonio Moraes (PP). Mas o prefeito Maviael Cavalcanti (DEM) não sanciona o projeto, nem deixa botar a placa com o nome dela, a menos que passem por cima do cadáver dele.