1-banner1500x363

14 HORAS TEM MARATONA ENEM

Clique no link abaixo e assista a aula de hoje (11/08). MARATONA ENEM COMEÇA ÀS 14 HORAS.

https://www.youtube.com/c/EstudoPlay   /  WWW.ESTUDOPLAY.COM.BR


Giro pelos Blog’S(24.o7.2019)

Onyx rifa aliado de Mendonça

Tão logo começaram as negociações para a formação do Ministério Bolsonaro, o ex-ministro Mendonça Filho (DEM) apareceu entre os especulados para voltar a comandar a pasta. Os argumentos seriam sustentados na excelente gestão do pernambucano, apontado como o melhor ministro de Temer.

Como todo partido tem suas divisões, o DEM não foge à regra. Do partido, que está na base de sustentação do Governo, o escolhido foi Onyx Lorenzoni, para a Casa Civil. Não eleito senador nas eleições passadas, Mendonça foi alçado à presidência do Instituto Liberdade e Cidadania do DEM, mas sua pedra no meio do caminho para sentar novamente na cadeira do MEC foi o próprio Onyx.

O chefe da Casa Civil já demitiu um aliado do ex-ministro numa diretoria do FNDE. Onyx não é adepto apenas do abraço de tamanduá, o chamado cumprimento falso. Dizem as más línguas que sua falsidade está até no tom da voz.

Boicote da família – Na chegada do presidente Bolsonaro, ontem, em Vitória da Conquista (BA), ocorreu um início de tumulto por parte de um pequeno grupo de militantes do PT, mas sem causar repercussão. O Governo comemorou o sucesso, mas faltaram 21 vereadores do município e nenhum dos familiares do cineasta Glauber Rocha, homenageado com seu nome no aeroporto, esteve presente.

Quem é? – Rifado da diretoria de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – Leonardo de Souza Leão é natural de Sanharó, seu pai, o ex-vereador Doutor Carlos Augusto, é médico renomado na região. Léo, como Mendonça o trata, também atuou no Ministério da Educação. É cão de guarda do ex-ministro.

Tributária – Secretários da Fazenda dos 26 Estados e do DF têm reunião na próxima semana em Brasília para esboçar uma proposta alternativa ao texto da reforma tributária que está em discussão no Congresso. O documento teve redação final do secretário estadual Décio Padilha. Um fórum será realizado depois para apreciação dos governadores. O consenso está difícil.

Falhou – A meteorologia, ontem, indicava tempo seco no sertão e ventos fortes de até 70 km por hora no Grande Recife. Nenhuma coisa nem outra se confirmou. Em Arcoverde, por exemplo, choveu torrencialmente durante todo o dia, assim como em outros municípios do Moxotó.

Roubou a cena – O que mais chamou a atenção, ontem, em Vitória da Conquista, foi a cena dos anões que o presidente Bolsonaro levantou pelos braços. Eles estavam na plateia na inauguração do aeroporto e, ao final do evento, foram levados pelos seguranças para os braços do capitão.

NOME PRÓPRIO – O PSD disputa em faixa própria a Prefeitura do Recife. Já tem até três nomes na mesa: André de Paula, o secretário de Turismo, Rodrigo Novaes, e o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio. Desconhecido, Lóssio teve quase 50 mil votos na capital candidato a governador.

Perguntar não ofende: Cadê a solidariedade do comando do DEM a Mendonça Filho?

Coluna Fogo Cruzado – 24 de julho de 2019

O deputado Felipe Carreras (PSB) tem até a próxima sexta-feira para apresentar defesa no processo em que acusado pelo seu partido de “traição” por ter votado a favor da reforma previdenciária. Ele chegou a dizer que não irá cumprir essa formalidade porque não cometeu crime algum. Seguiu o que mandou a sua consciência após ter chegado à conclusão de que essa reforma não é do interesse de Bolsonaro, e sim do país. O dilema do deputado pernambucano é semelhante ao dos outros 10 parlamentares do PSB que também disseram “sim” ao texto da reforma. Eles não admitem rever seus votos no segundo turno, dando margem a que possam ser expulsos por infidelidade partidária. O problema, no entanto, é o que fazer após a expulsão. Abrigar-se numa nova legenda em que não possam expressar livremente suas convicções, tendo que se submeter à vontade de um Carlos Siqueira (PSB) ou de um Carlos Lupi (PDT)? Aliás, esses dois presidentes, que são contrários à reforma, deveriam se espelhar no “mau exemplo” do PT, que não subscreveu o texto da Constituição de 1988 por considerá-lo inadequado ao interesse da nação, tampouco a Lei de Responsabilidade Fiscal por achá-la uma “imposição” do FMI. Hoje, contudo, está definitivamente comprovado que nossa “Constituição Cidadã” é uma das mais avançadas do mundo no capítulo dos direitos humanos e sociais, e que a LFR foi um dos maiores legados do governo FHC.

O coronel vai à luta

Conhecido na Mata Sul como “Coronel Pires Filho”, o militar acertou ontem com o deputado André de Paula sua filiação ao PSD para disputar a prefeitura de Palmares. Ele comandou por 2 anos o Batalhão PM da Mata Sul, que estava em último lugar, no Estado, quando assumiu, na redução dos índices de violência. Em apenas 11 meses deixou-o no 1º lugar.

Convocação geral

Hoje na reserva, o coronel Pires Filho afirma que só resolveu candidatar-se a prefeito porque recebeu apelo de “muita gente”, incluindo políticos, empresários, profissionais liberais, estudantes e clubes de serviço. Diz que os três últimos prefeitos de Palmares foram “um desastre”, incluindo o atual, Altair Júnior (MDB), que está inclusive atrasando a folha.

Convidado de honra

Gonzaga Patriota (PSB) é convidado de honra do prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), para a abertura, amanhã, da Exposição de Caprinos e Ovinos do município, que é uma das maiores do Nordeste. O deputado é natural de lá e antes de seguir carreira política trabalhou na Rede Ferroviária Federal e, como advogado, em Salgueiro e depois Petrolina.

Honradez inquestionável

O jornalista Alexandre Garcia registrou em vídeo (dia 21) os 79 anos de Marco Maciel, hoje com o Mal de Alzheimer, no DF. Disse que ele foi um dos mais completos políticos do país – secretário de estado, deputado estadual e federal, presidente da Câmara, governador, senador, ministro e vice-presidente da República, sem nunca ter-se metido em roubalheira.

Campanha de filiação

Está confirmada para a 2ª semana de agosto a campanha nacional de filiação a ser deflagrada pelo PSL. O presidente Luciano Bivar deve começar a campanha por Pernambuco, onde o partido tem apenas um deputado federal (ele próprio), um prefeito (Raimundo Pimentel, de Araripina) e nenhum deputado estadual. A meta é eleger pelo menos 20 prefeitos.

Cada qual na sua

Mais uma vez, os irmãos Carlos e Joaquim Lapa não irão marchar juntos na eleição de Carpina. Ambos já foram prefeitos mas hoje não se bicam mais. A tendência de Carlos é apoiar a reeleição do prefeito Manoel Botafogo (PDT), de quem foi adversário e depois se tornou aliado. Carlos e Manuel também têm interesse na eleição de Lagoa do Carro e de Tracunhaém.

Primeiro os meus

O esforço que o deputado Sebastião Oliveira (PR) faz no governo Bolsonaro em prol da conclusão das obras do Aeroporto de Serra Talhada, sua terra, só é comparável ao que fez em favor de seus prefeitos quando foi secretário dos Transportes nos governo de Eduardo Campos e Paulo Câmara. Alguns deputados do PSB afirmam que ele só agia em “causa própria”.