Desenrola Brasil: governo prorroga programa pela segunda vez; novo prazo vai até 20 de maio

https://s2-oglobo.glbimg.com/yPuR0zbUHUtQjc0rQ7t3xqb0zPE=/0x0:888x465/888x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_da025474c0c44edd99332dddb09cabe8/internal_photos/bs/2023/d/R/NhVFdlTjG7Da1mWAwFhA/desenrola-inicial.webpO Globo   / Pela segunda vez, o governo vai prorrogar o Programa Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas de pessoas físicas inadimplentes. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda, a medida provisória com a extensão do programa está prevista para ser publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira.

Inicialmente, as renegociações acabariam em dezembro, mas tinham sido prorrogadas até o dia 31 deste mês. O aumento da procura após a unificação do Desenrola com os aplicativos de bancos, do Serasa Limpa Nome e o Caixa Tem justificou a prorrogação. Desde o início do mês, os débitos do Desenrola também podem ser renegociados nas agências dos Correios.

A prorrogação vale apenas para a Faixa 1 do Desenrola, destinada a pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no Cadastro Único para Programa Sociais (CadÚnico) do Governo Federal e a dívidas de até R$ 20 mil. As renegociações para essa categoria começaram em outubro.

Ampliação  Desde o início do ano, o governo tem facilitado a adesão do Desenrola. No fim de janeiro, as pessoas com perfil bronze no Portal Gov.br passaram a poder parcelar as dívidas. Na plataforma da Serasa já conseguem ser redirecionados para o www.desenrola.gov.br