| | | Giro Pelos Blog’s ( 01/ABRIL/2024 ) /// Segunda-feira | | |

blog do FinFa

Panorama – Com o fechamento da janela partidária na próxima sexta-feira (05), a situação dos 11 vereadores de Afogados da Ingazeira, candidatos a reeleição, segundo este blogueiro apurou é o seguinte: No PSB: Vicentinho, Raimundo Lima, Reinaldo Lima, Cícero Miguel e Cesar Tenório; no MDB: Douglas Eletricista, Aguinaldo Rodrigues (Cancão) e Gal Mariano, Edson Henrique no PP, Toinho da Ponte e Erickson Torres, ainda não se posicionaram, quanto ao caminho que irão seguir. O presidente Rubinho do São João e o vereador Sargento Argemiro, não disputarão o pleito de outubro próximo.

Agenda – O prefeito de Ingazeira Luciano Torres, tem agenda nesta segunda-feira no Recife, encontra-se com o Presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara e em seguida com o Superintendente da Sudena Danilo Cabral. O Presidente da Câmara de Vereadores Argemiro Morais, acompanha o prefeito.

Frase – “Eu sou um soldado do prefeito Zeinha Torres”.(Secretário Municipal de Administração Marquinhos Melo, em conversa com este blogueiro, sobre a chapa para as eleições de outubro)

Pode mudar – Este blogueiro foi informado por uma fonte da cidade de Carnaíba, que poderá haver uma mudança no vice da chapa apoiada pelo prefeito Anchieta Patriota. O vereador Cícero Batista, vai se filiar ao MDB esta semana, não devendo ser candidato a vice . Os cotados para o seu lugar, seriam os petistas: a vereadora Izaquele da Itã ou o atual Secretário Municipal de Agricultura Anchieta Alves.Procede?

Assume partido – O advogado Décio Petrônio é o novo presidente do União Brasil em Afogados da Ingazeira. Ele assume o partido com a missão de fortalecer o palanque da oposição, que é liderado pelo pré-candidato a prefeito Danilo Simões. Danilo comemorou a adesão de um dos principais partidos políticos do Brasil ao seu grupo. “Não tenho dúvidas que sob a liderança do amigo Décio Petrônio, conseguiremos fazer com que o partido cresça no nosso município e incorpore nomes novos para política, contribuindo com o desenvolvimento da nossa terra” , afirmou Danilo.

Disse – “A bacia leiteira é um importante ativo da nossa agropecuária e da nossa economia. Quero dizer a todas as produtoras e produtores de Pernambuco que a nossa gestão está atenta às suas demandas. Com esse decreto, mostramos que o trabalho é sério, é de atenção, é de estímulo às nossas mulheres e aos nossos homens do campo. A bacia leiteira e o arranjo produtivo local de laticínios no Estado vão dar um salto em qualidade porque estamos juntos, lado a lado, fazendo as melhores escolhas para que isso se concretize”. (Governadora Raquel Lyra)

Divulga – A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Cultura, vai divulgar, nesta terça-feira (02/04), com 100 dias de antecedência, quais serão os artistas que vão estar na grade nacional do Polo Mestre Dominguinhos, durante a 32ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), de 11 a 28 de julho de 2024. O anúncio será a partir das 10h, em coletiva no Teatro Reinaldo de Oliveira do Sesc Garanhuns. Além das atrações também vão ser anunciados mais detalhes sobre o maior festival multicultural do Brasil.

Você sabia – Que a Prefeitura de São José do Egito através da Secretaria Municipal de Assistência Social, entregou no começo da manhã da última quinta-feira (28), 2.500 kits de desjejum, à famílias carentes, cada kit tem aproximadamente 10 kg de alimentos diversos e foi acompanhado de 1 kg de peixe. Tradicionalmente, essa entrega sempre é feita na semana santa. Com a ausência do prefeito Evandro Valadares, o vice-prefeito Eclériston Ramos, ao lado da secretária municipal de assistência Isabelle Valadares, além de secretários e vereadores da base governista, acompanharam a entrega junto com a equipe da assistência, com apoio de servidores de outras pastas.

Perguntar não ofende – O que o prefeito de Iguaracy Zeinha Torres, estava conversando com o vice-prefeito Dr. Pedro Alves e o Secretário Municipal de Administração, Marquinhos Melo?

A influência americana no golpe

Seis décadas marcaram, ontem, o golpe militar no Brasil, um dos períodos mais sombrios da história recente do País. O ano de 1964 representou uma interrupção na democracia, desde que o Brasil adotou o presidencialismo, quando se proclamou a República em 1889. O regime militar durou 21 anos, marcado pela tortura e morte aos opositores, censura à imprensa e aos artistas contestadores e restrição de direitos políticos.

Não há o que comemorar, só lamentar. A ditadura militar, encerrada em 1985, nos arrebatou diversos direitos que compõem aquilo que chamamos de Estado Democrático de Direito. A interrupção brusca da democracia e da liberdade no Brasil teve apoio dos Estados Unidos, que, no contexto da Guerra Fria, buscavam conter o avanço do comunismo e manter os países alinhados ao capitalismo.

Em 2014, o jornal El País publicou uma matéria sobre as gravações entre o ex-presidente norte americano, John F. Kennedy, e o embaixador norte americano no Brasil, Lincoln Gordon. Na gravação, cogita-se intervir militarmente e retirar João Goulart do governo brasileiro. No áudio, John F. Kennedy questiona: “Você vê a situação indo para onde deveria? Acha aconselhável que façamos uma intervenção militar?”

John Dinges, que atuou como jornalista correspondente na América Latina na década de 70, declarou em entrevista à Agência Brasil que havia um temor por parte dos Estados Unidos de uma nova revolução cubana, motivação que levou o governo americano a conspirar e incentivar os militares brasileiros a retirar João Goulart do poder.

A Operação Brother Sam foi um movimento de apoio aos golpistas promovido pelas Forças Armadas Americanas. Segundo André Voigt, “havia uma possibilidade muito concreta de que, caso houvesse algum tipo de resistência no momento do golpe, por parte do governo, haveria um apoio logístico ou militar ligado ao litoral brasileiro”.

No entanto, a operação não foi posta em prática, pois não houve resistência. Em uma notícia sobre a morte de Gordon (2009), a Folha de São Paulo declara que João Goulart foi deposto antes que o apoio norte americano chegasse no litoral. Além disso, Gordon continuaria negando seu envolvimento com o golpe, mesmo com evidências históricas apontando o contrário.

Jango temeu derramamento de sangue – Na madrugada entre os dias 31 de março e 1º de abril de 1964, os militares se mobilizaram no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, e destituíram o então presidente João Goulart. Este foi ao Rio Grande do Sul conversar com Brizola, que se reuniu com alguns generais para estabelecer uma possível resistência. “Brizola pergunta [a Jango]: ‘Cabe a você saber se nós vamos fazer uma resistência a esse golpe ou não’. Jango reagiu: “Não. Eu quero evitar derramamento de sangue. Prefiro me retirar, prefiro me exilar a causar mais derramamento de sangue’”, conta Voigt. Assim, Jango se exilou no Uruguai e a junta militar assumiu o governo. O general Castello Branco tomou posse no dia 15 de abril de 1964, tornando-se o primeiro governante desse período.

O dog e o abandono das escolas – Enquanto a governadora Raquel Lyra (PSDB) tenta passar pelas redes sociais a imagem de uma boazinha cuidadora de animais, fazendo carinho num dog que batizou de Frederico Magno, a educação continua em segundo plano, sem a mínima atenção da parte dela. Alunos surdos de uma escola estadual em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco, enviaram ao blog um vídeo denunciando que estão com dificuldades de levarem os estudos à frente por causa da falta de intérpretes de Libras, a língua brasileira de sinais. Vergonha!

Chaparral ainda indeciso – O deputado Cléber Chaparral disse, ontem, ao blog, que não tem a menor procedência os rumores de que estaria trocando o União Brasil pelo PSDB para disputar a Prefeitura de Surubim com o apoio da governadora Raquel Lyra. Confirmou, entretanto, que se for candidato, o que ainda não decidiu, será alinhado ao Palácio das Princesas, embora integre o grupo Coelho, de Petrolina. “No segundo turno, apoiei Raquel, não há novidade nenhuma nisso”, ironizou, adiantando que sua relação com a família Coelho, que também esteve com Raquel no segundo turno, mas hoje participa da gestão de João Campos, no Recife, não será abalada.

O mandacaru – Na política, muitas vezes os gestos valem mais do que as palavras. Exatos dez dias após bancar o lançamento da reeleição do prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro (PSDB), a governadora Raquel Lyra apareceu nas redes sociais ao lado de Toninho Rodrigues e do seu pai, o ex-prefeito Tony Gel, ambos do MDB, dando “uma forcinha” para o projeto do herdeiro de Tony de disputar a Prefeitura do município. Por ironia do destino, a foto foi postada no mesmo dia que o MDB anunciou apoio à reeleição do prefeito João Campos (PSB), no Recife. Aliados desapontados com a governadora dizem que ela é feito o mandacaru: não dá sombra nem encosto para ninguém”.

A largada de Armandinho – Alternativa da chamada terceira via em Caruaru, o empresário, músico e cantor Armandinho, da banda Fulô de Mandacaru, dá o start na sua pré-candidatura a prefeito da capital do Agreste, pelo Solidariedade, na próxima quarta-feira (3). O ato será realizado no teatro do Shopping Difusora, a partir das 19 horas, com a presença de Marília Arraes, vice-presidente nacional da legenda, e da deputada federal Maria Arraes. O evento promete arrastar representantes do mundo artístico e cultural do município. Cara nova na política de Caruaru, o desafio que se coloca pela frente para Armandinho é quebrar a polarização já existente hoje, faltando ainda sete meses para as eleições, entre o prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB) e o ex-prefeito José Queiroz (PDT).

CURTAS

BELO GESTO – O prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela (União Brasil) levou 1,5 mil alunos da rede municipal de ensino para conhecerem a encenação da Paixão de Cristo, em Nova Jerusalém. Para não ser acusado de proselitismo político em ano eleitoral, os ingressos foram doados pelo diretor-geral do espetáculo, Robinho Pacheco.

CAIU FORA – Em Arcoverde, o prefeito Wellington Maciel (MDB) perdeu mais um aliado para a ex-prefeita Madalena Britto, pré-candidata do PSB à sucessão municipal: o secretário de Administração, Tullyo Cavalcanti, entregou o cargo para tentar uma vaga na Câmara, mas na coligação de Madalena.

NOVOS PROMOTORES – A partir de maio, dez municípios ganham promotores. São eles: Jéssica Maria Xavier de Sá (São José do Belmonte), Joana Turton Lopes (Buíque), Carolina Gurgel( Afogados da Ingazeira), Higor Alexandre de Araújo (Belém de São Francisco), Bruno Santacatharina Carvalho de Lima( Cabrobó), André Jacinto de Almeida Neto (Mirandiba), Nycole Sofia Teixeira (Petrolândia), Pamela Guimarães Rocha(Bodocó), Ana Roberta Ferreira Favaro (Salgueiro) e Sofia Mendes Bezerra de Carvalho( Floresta).

Perguntar não ofende: A popularidade do Governo Lula cresce feito rabo de cavalo – para baixo?

Foto

Após a batalha do MDB ter se findado com a vitória do prefeito João Campos (PSB), uma outra começa nos bastidores de olho no apoio do todo poderoso União Brasil. Ter esse partido em seu palanque é mais que um reforço de peso, é a conquista de um tempo considerável de propaganda eleitoral gratuita e a ampliação das famosas inserções.

De um lado, o deputado federal Mendonça Filho assumiu a legenda no Recife por intervenção da nacional; do outro, os Coelhos sonham em levar o UB para o palanque de João Campos, mantendo a unidade do partido. Mendoncinha, em tese, hoje, tem mais proximidade ao Palácio, mas tudo pode acontecer.

Se ficar sem o União Brasil, o candidato de Raquel Lyra no Recife, que deve ser o secretário Daniel Coelho, fica apenas com o PSD e a federação do PSDB/Cidadania. É preciso vencer essa batalha para ir pra guerra eleitoral pelo menos de igual pra igual.

ESTOURO DE ACESSOS – A pesquisa Simplex/CBN na cidade de Quipapá foi um estouro de acessos e uma repercussão que parou a cidade. O prefeito Pité lidera todos os cenários. Foi um verdadeiro banho de gelo na oposição, que ainda não mostrou pra que veio.

MARCANDO TERRITÓRIO – Evitando aparições presenciais, aos poucos o prefeito João Campos vem marcando o território da Frente Popular em várias cidades do interior do estado. Nesse primeiro momento, João está apostando no envio de vídeos, mas, por sua popularidade, vai ser demandado, e muito, para fazer atos ao lado dos aliados, já de olho em 2026.

FRASE DO DIA: “Zé, você pode contar comigo e com o apoio do nosso partido. Você, que foi amigo do meu bisavô Miguel Arraes e meu pai Eduardo, terá o nosso apoio e dos partidos do nosso grupo”, disse João Campos durante vídeo enviado ao evento de Zé Martins, em João Alfredo.

JOÃO ALFREDO – O prefeito Zé Martins (PSB) fez um grande ato para lançar sua pré-candidatura à reeleição. Ele vai disputar mais uma vez pelo PSB. O presidente estadual da sigla, o deputado Sileno Guedes, esteve presente no ato. O prefeito João Campos enviou um vídeo e declarou apoio à reeleição do correligionário.

AMPLIANDO O PALANQUE – A pré-candidatura de Eduarda Gouveia (Podemos) à prefeitura de Carpina ganhou mais um reforço neste final de semana. O vereador Gaspar da Ambulância deixou o grupo Botafogo e anunciou apoio a Gouveia. Com essa adesão, ela passa a contar com 12 vereadores em seu palanque.

TRAGÉDIA – Pernambuco encerrou o domingo de Páscoa com a tragédia do ônibus desgovernado, em Jaboatão dos Guararapes, que matou cinco pessoas e deixou mais de 30 feridos. Lamentamos profundamente o ocorrido e ficaremos de olho na apuração feita pelas autoridades. Esse é um fato que não pode se repetir!

PINGA-FOGO: Quem levará a melhor na corrida pelo União Brasil?

Principais nomes na disputa em Caruaru, o prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB) e o seu principal adversário, Zé Queiroz (PDT), devem usar estratégias distintas na escolha da chapa para o Executivo municipal. Enquanto o tucano pretende adotar uma solução “caseira”, o pedetista tem uma série de pretendentes.

De acordo com aliados de Rodrigo, o gestor quer uma mulher como vice e deve buscar esse nome dentro do seu grupo político, podendo escolher uma de suas secretárias, o que seria uma aposta em alguém de fora dos clãs que já passaram pelo Palácio Jaime Nejaim.

Já Queiroz tem um leque de opções, mas só deve dar indicativos sobre quem será seu companheiro de chapa no período das convenções, para não dispersar a base e os apoios já recebidos. Ele tem como alternativa o também ex-deputado Delegado Lessa (Republicanos), Raffiê Dellon (UB) e Leo Bulhões, presidente municipal do PT.

Além de todos esses personagens já mencionados, existe ainda o presidente do MDB Caruaru, Tonynho Rodrigues, que no último sábado (30) se reuniu com Rodrigo Pinheiro. No momento, a chance de que ele seja vice do tucano é bastante remota, revelaram fontes, mas é algo que não está descartado, a depender da conjuntura política.

Afastamento – Por ser ordenador de despesas, o empresário Tonynho Rodrigues vai se desincompatibilizar da direção de Marketing da Empetur para tentar viabilizar seu nome em Caruaru. Ainda não se sabe em qual posição o emedebista deve jogar no pleito deste ano, mas a previsão é que siga com a pré-candidatura a prefeito até a convenção.

Largada – No último sábado (30), a deputada Débora Almeida (PSDB) reuniu dezenas de aliados para receber o presidente estadual do seu partido, o empresário Fred Loyo. O encontro, que contou com a presença do secretário de Agricultura, Cícero Moraes, e do presidente da Empetur, Eduardo Loyo, serviu para oficializar o nome de Zé Almeida para a disputa municipal.

Reta final – Encerra nesta sexta (5), às 23h59, o prazo para quem deseja mudar de partido e concorrer ao Executivo ou Legislativo municipal em 2024. Algumas legendas já realizaram atos de filiação, a exemplo do PSD em Olinda, MDB no Recife e PSDB em Caruaru, mas até a data final, surpresas são esperadas ao longo da semana.

Ditadura – Por autoria do deputado estadual Waldemar Borges (PSB), a Alepe realiza, nesta segunda (1º), uma reunião solene em homenagem aos que lutaram contra o golpe militar de 1964, que completou 60 anos ontem (31). “É preciso que as futuras gerações tenham conhecimento das atrocidades cometidas no Brasil”, disse o parlamentar.

Decisão – A Assembleia deve se posicionar nesta segunda (1º) sobre o pedido do líder do União Brasil na Casa, Romero Sales Filho, em relação à substituição de Romero Albuquerque por Socorro Pimentel na CCLJ. Como a solicitação foi feita na véspera do feriado, o jurídico da Alepe ainda não teve tempo para discutir a legalidade do ato.

Edmar Lyra Blog

A nova estrela do Republicanos 

O ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, indiscutivelmente fez do Republicanos um partido importante em Pernambuco, prestes a findar o prazo de filiação, tudo indica que o partido lançará um número significativo de candidatos a prefeito espalhados por todo o estado. A função de ministro fez de Silvio um importante player para 2026, podendo disputar o Senado Federal na chapa da Frente Popular. Além dele, a legenda tem mais outros quatro deputados: os federais Augusto Coutinho e Ossesio Silva e os estaduais Mário Ricardo e William Brigido.

Mas é outro quadro que deverá ter forte protagonismo no partido. Ele sequer está filiado à legenda, até porque precisa da janela de 2026 para executar essa filiação. Trata-se do presidente da Alepe, o deputado estadual Álvaro Porto. Mesmo não filiado ao Republicanos, Álvaro se tornou um dos maiores fiadores do partido, primeiro ao levar seus prefeitos, que não são poucos, para a legenda, e depois deverá ser um canal de filiação de deputados estaduais para o partido em 2026, pois a força da sua caneta deverá alavancar a bancada do Republicanos.

Em contas preliminares, a expectativa é que o partido possa ter pelo menos dez deputados estaduais em 2026, o que faria da legenda uma das maiores bancadas da Casa de Joaquim Nabuco. A cada dia que passa, Álvaro Porto torna-se um importante ator no estado e extremamente relevante para o projeto do Republicanos em Pernambuco.

Otimismo – O senador Fernando Dueire ficou bastante animado com o futuro do MDB para 2024. Na capital pernambucana, a expectativa da legenda, após formalizar aliança com o prefeito João Campos, é eleger quatro vereadores. Já no tocante a prefeituras, a expectativa seria dobrar de tamanho ou até mesmo triplicar. Atualmente são nove prefeitos na legenda, que deverá lançar cerca de cinquenta nomes.

Guia – A exibição de propaganda em horário eleitoral gratuito irá, neste ano, de 30 de agosto a 3 de outubro. A contagem é feita considerando os 35 dias anteriores à antevéspera do primeiro turno do pleito. A propaganda no horário eleitoral gratuito será veiculada nas emissoras de rádio, inclusive nas comunitárias, e de televisão que operam em VHF e UHF. Nas eleições deste ano, o tempo será dividido na proporção de 60% para o cargo de prefeito e 40% por cento para cargo de vereador.

Arrecadação – A partir de 15 de maio, será oficialmente permitido que pré-candidatos façam a arrecadação de recursos para campanha na modalidade de financiamento coletivo, desde que sem pedir voto e obedecendo as regras relativas à propaganda eleitoral na Internet. O Ministério Público Eleitoral fiscalizará o cumprimento dessas regras e pode propor ações à Justiça contra aqueles que fizerem propaganda eleitoral antecipada. Nesses casos, a peça irregular é retirada do ar e os responsáveis podem ser condenados ao pagamento de multa.

Inocente quer saber – João Campos fechará a janela partidária com seu favoritismo consolidado?